Ligue-se a nós

Paraná

Associação Batista de Ação Social doa mil máscaras de TNT à Defesa Civil

Publicado

no

As máscaras serão usadas nas ações diárias do órgão

Voluntários da Associação Batista de Ação Social de Curitiba (Abasc) entregaram mil máscaras de TNT à Coordenação Estadual de Defesa Civil, nesta sexta-feira (3).

As máscaras serão usadas nas ações diárias do órgão, responsável por grande parte da logística de distribuição de donativos no Paraná. A doação ocorreu por meio de uma articulação da recém-criada Superintendência Geral de Ação Solidária.

A produção da máscaras já entrou na rotina de 150 costureiras e cerca de 30 motoristas voluntários da rede que envolve a Abasc, a Primeira Igreja Batista de Curitiba e a empresa de confecção da Celymar Aparecida Henrique, uma das idealizadoras da ideia.

Até o momento, já foram produzidas 3,6 mil máscaras para diversas entidades, incluindo o Hemobanco da Capital.

“Existe essa corrente global de solidariedade, principalmente em relação aos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Começamos um projeto inicial pensando em seis mil máscaras, mas ele vai se expandir nos próximos dias. A ideia é inspirar mais pessoas e empresas que possam ajudar”, afirma Celymar.

As máscaras são feitas pelas costureiras e recolhidas por motoristas voluntários, principalmente jovens ligados ao grupo religioso. Os cortes ficam a cargo de uma empresa parceira. A confecção dela, localizada no bairro Fanny, é a central de organização e distribuição. Uma universidade ajuda no processo de qualidade dos EPIs.
DEFESA CIVIL ESTADUAL
Além dessa doação, a Defesa Civil recebeu 7,5 mil luvas de proteção em látex e 298 máscaras de proteção facial do Instituto de Pesos e Medidas do Paraná (Ipem). Os itens fundamentais ajudam os servidores nos trabalhos que o órgão desenvolve em todo o Estado.

Nas últimas semanas, por exemplo, caminhões da Defesa Civil ajudaram a distribuir 200 mil litros de álcool 70% para os 399 municípios. Os agentes também têm se empenhado para ajudar na distribuição de merendas, donativos para entidades sociais e na higienização de quartos de hotéis que ficarão à disposição da Secretaria da Saúde para alojar profissionais da área.

COMO FAZER DOAÇÕES
A Superintendência de Ação Solidária e a Defesa Civil estão arrecadando doações para serem distribuídas entre entidades sociais e órgãos da área da saúde. No site http://www.coronavirus.pr.gov.br também é possível encontrar mais informações, na aba “Doações”.

São priorizados produtos de higiene e esterilização, como sabão em barra, sabonete, álcool 70% líquido ou em gel, insumos como máscaras, luvas e aventais. Os produtos podem ser entregues nos quartéis da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

Deixe seu comentário!

Paraná

Municípios devem intensificar vacinação contra a gripe

Campanha termina em 5 de junho e só 75% do público-alvo foi vacinado.

Publicado

no

Por

A campanha de imunização termina em 5 de junho e até esta quinta-feira (28) a cobertura vacinal no Estado é de 75%. Uma das recomendações é abrir unidades de saúde no sábado (30) exclusivamente para a vacinação de crianças.

A poucos dias do final da campanha nacional de vacinação contra a gripe, a Secretaria de Estado da Saúde alerta os municípios para que promovam estratégias de chamamento do público-alvo que ainda não recebeu a dose.

“Recomendamos que os municípios realizem ações de vacinação e de busca ativa pelo público elencado para receber a dose, prevalecendo sempre as regras vigentes neste momento de distanciamento social e de segurança por conta da Covid-19”, ressalta o secretário Estadual da Saúde, Beto Preto.

Ele destaca que a vacina não imuniza contra o coronavírus, mas protege contra a Influenza, que é o vírus da gripe. “Nosso objetivo com a campanha, que foi até antecipada neste ano, é proteger o maior número de pessoas, evitando quadros mais graves de gripe e a ida a unidades de saúde e hospitais, ambientes com alto risco de transmissão da Covid-19”, complementou.

GRUPOS
O público estabelecido para esta fase da campanha abrange gestantes, puérperas, crianças de 6 meses a menores de 6 anos e adultos de 55 a 59 anos.

“A cobertura vacinal destes grupos ainda está muito abaixo do preconizado. Distribuímos 4,054 milhões de doses para um público estimado em 3,8 milhões de pessoas mas, nosso levantamento de hoje, com 75% de cobertura vacinal, indica que milhares ainda precisam ser imunizadas”, avalia a diretora da Divisão de Atenção e Vigilância em Saúde, Maria Goretti David Lopes.

“Por isso nossa orientação para novas estratégias de vacinação nesta reta final de campanha”, acrescentou a diretora.

Grupos vacinados anteriormente, como idosos, trabalhadores da área da saúde e povos indígenas, superaram a meta, com cobertura acima de 90%.

ORIENTAÇÃO
Entre as estratégias a serem adotadas pelas secretarias municipais de Saúde, a Divisão de Vigilância do Programa de Imunização da secretaria estadual sugere a abertura das unidades neste sábado (30) para imunizar exclusivamente as crianças, o que facilitaria para os pais levarem os filhos, além do sistema de drive thru (tipo de serviço que permite o acesso sem sair de seus carros) na primeira semana de junho, para as gestantes, puérperas e adultos de 55 a 59 anos

A secretaria estadual reforça ainda aos municípios a importância de notificar e registrar as doses aplicadas junto ao Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde. O registro é obrigatório e deve ser feito assim que a dose for aplicada, como forma de consolidar a ação e confirmar a cobertura vacinal do Estado.

Da AEN
Continuar Lendo

Paraná

PRF recupera carro elétrico roubado em Curitiba

Ladrões não sabiam que o veículo era elétrico e pararam em posto de combustíveis para abastecer.

Publicado

no

Por

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), na noite desta terça-feira (26), recuperou um veículo roubado em Curitiba (PR) e prendeu quatro pessoas.

Por volta das 23 horas, agentes da PRF, ao pararem a viatura para abastecer, foram informados pelo frentista do posto que um veículo JAC iEV40, que acabara de sair, havia parado para abastecer. Os dois ocupantes não sabiam que se tratava de um veículo elétrico.

Estranhando a situação a equipe iniciou as buscas pelo carro e, em Garuva (SC), localizou o veículo parado em outro posto de combustíveis, vazio e trancado, ostentando placas que remetiam a um Nissan Versa. Próximo dali, um VW Gol deixava o local com quatro ocupantes.

Os policiais abordaram o Gol e descobriram os dois homens ocupantes do carro elétrico, que estavam sendo resgatados pelos comparsas.

Três envolvidos, sendo dois homens e uma mulher, foram presos, além de um menor, que foi apreendido.

A quadrilha foi encaminhada, junto com os dois carros para a Polícia Civil em Garuva, para o registro dos crimes de roubo e formação de quadrilha.
No site da marca, este carro está sendo oferecido a partir de R$ 189.990.

Com informações da PRF
Continuar Lendo

Paraná

Membro de grupo satânico é preso por matar jovem com skate e espada samurai

Crime ocorreu em abril no bairro Campo Comprido em Curitiba.

Publicado

no

Por

Foto: Divulgação Polícia Civil

Três jovens que fazem parte de um grupo satânico em Curitiba são investigados pelo assassinato de Daniel Rodrigues da Veiga, de 21 anos, ocorrido em abril deste ano.

Nesta terça-feira (26), a Polícia Civil do Paraná prendeu um deles, de 21 anos. A prisão e apreensão dos outros dois, de 21 e 17 anos, deverá ocorrer nos próximos dias.

ENTENDA O CASO
Segundo a Polícia Civil, a vítima foi morta no dia 19 de abril no Parque Guairacá, bairro Campo Comprido após uma discussão com os três suspeitos.

Daniel, que era lutador de Kung Fu, foi agredido inúmeras vezes na cabeça com os skates dos assassinos e teve o pescoço degolado com sua própria espada katana, que costumava levar consigo.

Na sequência, os criminosos jogaram Daniel, juntamente com a espada, no Rio Barigui e fugiram do local. O corpo só foi encontrado cinco dias depois. A arma não foi localizada.
GRUPO SATÂNICO
Ainda conforme a polícia, o grupo satânico do qual fazem parte os três rapazes “cultua a liberdade e práticas satânicas”.
Durante o cumprimentos dos mandados de busca e apreensão nas residências dos três envolvidos, todas no bairro Campo Comprido, a polícia encontrou um dos skates que ainda apresentava manchas de sangue da vítima, além de armas brancas.
“Eles criaram esse grupo e, inclusive, tatuaram no corpo símbolos desse grupo, que segundo eles é anarquista e satanista. É um grupo que não deu para entender a filosofia exata, mas segundo eles, eles fazem aquilo que dá na telha, aquilo que querem”, explica o delegado.

Os outros envolvidos também assumiram o assassinato, foram qualificados e aguardam a expedição de seus respectivos mandados de prisão e apreensão.

À polícia, o jovem que foi preso confessou o crime, não se mostrou arrependido e relatou que manteve o skate guardado com as manchas de sangue como forma de troféu.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.