Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
PUBLICIDADE
Paranaguá

Identificado malabarista morto com facada

JEAN CRISTOFER ERA CONHECIDO SÓ POR “PALHAÇO”

Agora Litoral
Foi identificado oficialmente o malabarista de rua morto com uma facada no coração, no início da noite de terça-feira (12), em Paranaguá, no Litoral do Paraná.

Jean Cristofer Moreira, de 33 anos, conhecido por “Palhaço”, levou uma punhalada mortal do irmão da sua namorada, na esquina do Hospital Regional do Litoral. Alonso Machado Junior, de 37 anos, foi preso em flagrante.

O desentendimento entre os dois teria começado logo após Jean e a namorada terem discutido e ele ter agredido a moça. Alonso foi tirar satisfações e acabou dando uma facada no coração do cunhado.

Logo após a facada – e enquanto Jean era atendido pelos socorristas do SAMU – Alonso foi preso em flagrante pela Polícia Militar e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil. Em vídeo gravado por populares, o autor do homicídio tentava explicar o ocorrido.

Na 1ª Subdivisão Policial, foi verificado que Alonso possui extensa ficha criminal, já tendo inclusive cumprido pena no sistema penitenciário do Paraná. Morador em Matinhos, Alonso também era procurado por uma acusação de estupro.

Alonso possui extensa ficha criminal

Jean Cristofer Moreira, o “Palhaço”, natural de Ponta Grossa-PR, volta e meia também aparecia no noticiário policial, a maioria das vezes por acusações de furto – em Curitiba e Paranaguá.

GCM intensificará fiscalização

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Paranaguá já vem realizando um cadastro, juntamente com a Secretaria Municipal de Assistência Social, dos moradores em situação de rua na cidade.

De acordo com a comandante da GCM, Márcia Garcia, nas abordagens os Guardas Municipais verificam a documentação dessas pessoas, questionam o que elas fazem em Paranaguá e se existe alguma pendência com a Justiça.

Desde que o trabalho foi iniciado, vários homens e mulheres procurados já foram encaminhados à 1ª Subdivisão Policial. “É o mínimo que se pode fazer para garantir mais segurança à população”, diz a comandante da GCM.

Márcia Garcia, comandante da GCM

NOTÍCIA RELACIONADA

Briga entre malabaristas acaba em morte

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios