Ligue-se a nós

Polícia

VÍDEO: PM descobre laboratório de ecstasy em Morretes

MAIS DE 3,5 KG DE METANFETAMINA FORAM APREENDIDOS

Publicado

no

Agora Litoral
Policiais militares do Serviço de Inteligência do 9.º Batalhão descobriram um laboratório de drogas sintéticas que estava instalado na área rural de Morretes. A ação policial ocorreu na manhã de sexta-feira (7), e resultou na prisão de três adultos e apreensão de um adolescente, além de uma arma de fogo e entorpecentes.

De acordo com o relatório policial, por volta das 10h30, os militares foram até a localidade do Rodeio, na Estrada do Anhaia, próximo ao Parque Estadual do Pau Oco, com o objetivo de observar uma chácara onde, conforme denúncias, haveria um laboratório para refino de drogas.

Assim que iniciaram as diligências nas imediações do imóvel, os militares visualizaram que no interior de uma construção, tipo armazém, havia um indivíduo utilizando equipamentos de proteção individual para manuseio de produtos químicos, como máscara de filtro químico e luvas de borracha, de uso comum em laboratórios.

De imediato foi realizada a abordagem e o suspeito, de 31 anos, tentou fugir, mas foi contido no local. Em seguida, saíram do interior da casa principal mais dois suspeitos que correram em direção à estrada, sendo também abordados e verificado que se tratava de um rapaz de 27 anos e outro de 17. No interior da moradia ainda foi identificado um homem de 55 anos, que se apresentou como caseiro da propriedade.

Durante as buscas no interior da residência foi localizada uma pistola calibre 9mm, com 16 munições, a qual estava escondida dentro de um forno a lenha. Em um dos quartos foram encontradas buchas de maconha e uma bucha com material de cor marrom, similar à droga sintética.
Na edificação anexa, local da primeira abordagem e detenção do suspeito, foram encontrados vários objetos e substâncias químicas comuns à fabricação de drogas sintéticas, que acabaram apreendidas. Na abordagem, um dos suspeitos disse que as substâncias eram para a fabricação da droga sintética ecstasy, demonstrando inclusive os procedimentos de preparação da substância entorpecente.
Em seguida, foram acionadas as equipes da Delegacia de Polícia Civil de Morretes e da Delegacia da Polícia Federal de Paranaguá, a qual enviou peritos para coleta e análise do material apreendido, sendo confirmado, após análise laboratorial, tratar-se de metanfetamina (droga sintética estimulante). Um total de 3,545 quilos do produto foi apreendido, bem como todos os utensílios para fabricação da droga sintética.

Segundo o que foi apurado pela PM, estima-se que cada grama da droga seria comercializada por R$ 50,00. Todos os envolvidos foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil de Morretes para as providências necessárias.

VEJA VÍDEO DO LABORATÓRIO

Deixe seu comentário!

Polícia

Dupla é presa após assaltar frutaria com réplica de pistola em Paranaguá

Ladrões tentaram fugir de bicicleta, mas não foram longe.

Publicado

no

Por

Ladrões foram presos pela GCM

Dois rapazes foram presos pela Guarda Civil Municipal (GCM), na noite desta terça-feira (18), acusados de assaltar uma frutaria na Avenida Roque Vernalha, na cidade de Paranaguá. Com os suspeitos foi recuperado dinheiro e apreendida uma réplica de pistola.

Leonardo José Lucas Santos, de 20 anos, morador no Jardim Guaratuba, e Matheus das Chagas de Abreu, de 23, com endereço no Porto dos Padres, foram abordados pela equipe da viatura L03 da GCM, logo após o assalto.

Os agentes estavam em patrulhamento pela região da Vila Paranaguá, por volta das 19h45, quando populares abordaram a viatura informando sobre o roubo no ponto comercial, praticado por dois indivíduos em uma bicicleta, que fugiram em direção ao Jardim Araçá.

Imediatamente os guardas civis foram atrás dos suspeitos e encontraram Leonardo e Matheus, que se encaixavam nas descrições repassadas por testemunhas.

Os rapazes tentaram fugir quando perceberam a aproximação da viatura e acabaram caindo da bicicleta, sendo abordados na sequência.

Na averiguação, foi encontrado o dinheiro levado no assalto, além de um telefone celular e o simulacro de pistola usada no delito.
Em seguida, os suspeitos foram encaminhados ao plantão da 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá, para a elaboração do flagrante pelo crime de roubo agravado.

Continuar Lendo

Polícia

Embriagado, pai agride e ameaça filha com espingarda em Matinhos

Caso de violência doméstica foi registrado na noite de domingo

Publicado

no

Por

Uma situação de violência doméstica foi atendida pela Polícia Militar, no início da noite de domingo (16), na cidade de Matinhos, no Litoral do Paraná, e resultou na apreensão de uma espingarda e na prisão de dois homens.

Os PMs atuantes na Operação Maior foram chamados até a Rua Novo Horizonte, Vila Nova.

Conforme informações do Copom (Centro de Operações Policiais Militares), a solicitante estava sendo gravemente agredida e ameaçada, com uma arma de fogo, pelo próprio pai, que estava embriagado.

No local, os militares entraram em contato com a mulher, a qual informou ter sido agredida com socos e cintadas, além de ameaçada sob a mira de uma arma. O agressor negou o ocorrido.

Durante as diligências e averiguação, os policiais localizaram a arma, uma espingarda de pressão adaptada para munição calibre 22, escondida no automóvel do inquilino do agressor, que tentou ajudá-lo escondendo o artefato. Houve ainda a apreensão de uma réplica de pistola.
PRISÃO
Diante dos fatos, os dois homens, agressor e inquilino, de 49 e 41 anos, receberam voz de prisão e foram encaminhados à delegacia de polícia de Matinhos para que fossem tomadas as devidas providências.

Continuar Lendo

Polícia

Identificado corpo que apareceu boiando no domingo em rio de Paranaguá

Causa da morte ainda será esclarecida após exames complementares

Publicado

no

Por

Rafael da Silva dos Santos

Familiares identificaram, na manhã desta segunda-feira (17), o cadáver que apareceu boiando no rio Emboguaçu, em Paranaguá.

Trata-se de Rafael da Silva dos Santos, de 36 anos.

O corpo dele havia sido encontrado por populares, na região da Vila Santa Helena, no início da noite de domingo (16).

Ainda não se sabe a causa da morte de Rafael, mas fotos divulgadas em redes sociais mostram o corpo dele amarrado com cordas.
Informações de conhecidos dão conta que Rafael vivia em um mocó e seria usuário de drogas.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.