Ligue-se a nós

Polícia

Suspeito de envolvimento em homicídios morre em confronto com a PM em Pontal

Troca de tiros foi na madrugada de hoje no balneário Canoas

Publicado

no

Um rapaz de 20 anos morreu baleado ao entrar em confronto com a Polícia Militar, na madrugada desta terça-feira (23/11), no balneário Canoas, em Pontal do Paraná. O jovem, que já tinha histórico criminal, estava armado com uma pistola calibre 9mm com seletor de rajadas.

De acordo com o relatório policial, tudo começou ainda na noite de segunda-feira, 22, quando policiais militares das Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE) receberam denúncias, na cidade de Curitiba, de que Gabriel Alves Pacheco, suspeito de envolvimento em alguns homicídios na região, estaria se escondendo em uma casa no balneário Canoas.

De imediato, os militares foram até o endereço da denúncia e, ao chegarem, flagraram Gabriel na sacada de uma casa, com uma arma em punho. Na tentativa de abordagem, os policiais, que estavam munidos de escudo balístico, foram recebidos com uma rajada de tiros.

Na sequência, houve o revide e Gabriel acabou alvejado, sendo encontrada com ele uma pistola marca Glock, calibre 9mm, com seletor de rajadas. Imediatamente foi acionado o SAMU, mas ele não resistiu, entrando em óbito no local.

Na casa, os policiais ainda encontraram uma adolescente de 17 anos, que foi acompanhada pelo Conselho Tutelar. Porções de maconha, balança de precisão, três carregadores e munições para a pistola também foram apreendidas no local do confronto.

A Polícia Científica foi chamada para analisar o local do confronto e, em seguida, o corpo de Gabriel recolhido ao IML de Paranaguá. Tudo que foi apreendido foi entregue na Delegacia de Polícia Civil, no balneário Ipanema, para que fossem tomadas as providências necessárias.Gabriel (Foto redes sociais)

HISTÓRICO CRIMINAL
Segundo o que foi apurado pela PM, Gabriel Alves Pacheco tinha histórico criminal por porte ilegal de arma de fogo, roubo e receptação e já tinha entrado em confronto com policiais militares em outra situação, na cidade de Curitiba.

Clique para comentar

Deixe seu comentário!

Polícia

IML identifica corpo encontrado no balneário Albatroz em Matinhos

Rapaz de 19 anos é o 29º assassinado na cidade este ano

Publicado

no

Por

O Instituto Médico Legal (IML) de Paranaguá identificou, pelas impressões digitais, o corpo encontrado na madrugada desta quarta-feira (1/12) na Avenida do Canal, no balneário Albatroz, em Matinhos, no Litoral do Paraná.

Pablo Henrique Roldão da Silva, de 19 anos, teria sido assassinado com três tiros no peito na noite de terça-feira (30/11). Moradores ouviram os tiros e chamaram a Polícia Militar, mas, a princípio, nenhum corpo foi encontrado.

Os policiais não desistiram e começaram a procurar pelas proximidades, encontrando o corpo do rapaz caído próximo de onde os populares informaram ter escutado os estampidos de arma de fogo.

TATUAGEM
No momento em que foi encontrado, o corpo não possuía nenhuma identificação. Apenas foi observado que a vítima estampava uma tatuagem do “Tio Patinhas” no antebraço esquerdo.

A perícia no cadáver, realizada pela equipe de Criminalística da Polícia Civil, recolheu também porções de maconha e cocaína e uma quantia em dinheiro no bolso da bermuda que a vítima usava.

Após a identificação, familiares de Pablo Henrique, que residem na cidade de Siqueira Campos, no interior do Paraná, foram comunicados e reconheceram o corpo do rapaz na sede do IML.

Pablo Henrique Roldão da Silva é a 29ª vítima de homicídio na cidade de Matinhos em 2021. A cidade, assim como Paranaguá, enfrenta uma crescente onda de violência.

Continuar Lendo

Polícia

Homem é encontrado morto com tiro no peito em Matinhos

Corpo foi achado na madrugada desta quarta-feira (1º) em Albatroz

Publicado

no

Por

Um homem que não portava documentos foi encontrado morto, no início da madrugada desta quarta-feira (1º/12), no balneário Albatroz, na cidade de Matinhos. O achado foi realizado por equipes da Polícia Militar e SAMU, acionadas ainda na noite de terça-feira (30/11) para averiguar informações de moradores sobre uma vítima de disparos de arma de fogo.

Na chegada ao endereço informado, policiais militares e socorristas não encontraram ninguém e tiveram que fazer uma busca pela região, seguindo informações de populares, que teriam ouvido pelo menos três disparos de arma de fogo. Durante a procura, as equipes acabaram encontrando a vítima caída na Avenida do Canal, com um ferimento de arma de fogo no peito.

Os socorristas do SAMU confirmaram que o homem estava em óbito e o local foi isolado para as análises da Polícia Científica, que verificou que a vítima não portava do documentos, mas que em seu bolso havia porções de maconha e cocaína, além de uma nota de R$ 20.

Uma equipe da Polícia Civil também foi ao local e, durante as diligências, ninguém na região soube informar quem seria o homem ou passar informações que pudessem levar aos autores do homicídio. Na sequência o corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Paranaguá para exames complementares.

CARACTERÍSTICAS
Trata-se um homem de pele branca, magro, aparentando ter entre 25 e 30 anos, trajando bermuda e calçando chinelos.

VEJA TAMBÉM

Identificado homem morto a tiros nesta terça-feira no Porto dos Padres

Continuar Lendo

Polícia

Assaltantes invadem casa e rendem idoso em Matinhos

Bandidos levaram dinheiro, cartões bancários, telefone celular e o carro da vítima

Publicado

no

Por

Na noite de sábado (27/11), dois ladrões invadiram uma casa na Rua Paranaguá, balneário Albatroz, na cidade de Matinhos. Os criminosos, que estavam portando faca e revólver, renderam o morador no local, de 60 anos, para a prática do delito.

O homem relatou que, por volta das 23h30, os bandidos entraram na casa anunciando o roubo, vindo a subtrair dinheiro, cartões bancários, além de telefone celular. Na fuga, a dupla ainda levou o carro da vítima, um automóvel Fiat Punto, que foi visto trafegando em direção ao município de Pontal do Paraná.

Na madrugada de domingo (28), por volta das 3h30, o veículo foi localizado abandonado na Rua Alvorada do Sul, balneário Caravela I. Equipes da PM foram ao local e realizaram diligências pela região, mas não houve êxito na localizado dos autores do delito.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.