Uma ocorrência pouco comum foi registrada pela Polícia Militar na segunda-feira (8) em Paranaguá. Um homem reconheceu o seu carro, que havia sido furtado horas antes, sendo dirigido por um vizinho seu. O fato ocorreu na vila São Jorge e resultou na prisão do condutor do veículo.

De acordo com o registrado na Delegacia de Polícia Civil, por volta das 9 horas de segunda-feira, a vítima, de 30 anos, acionou a Polícia Militar após ter encontrado o próprio carro, que havia sido furtado algumas horas antes. O automóvel, um Corsa, de cor preta, foi localizado na vila São Jorge e era conduzido por Robson dos Santos Pinheiro, de 35 anos, que reside próximo ao endereço da vítima, na Rua Antonio dos Santos Filho, Parque São João.

PERSEGUIÇÃO E FUGA
O dono do Corsa trafegava em outro veículo pela vila São Jorge quando cruzou com o Corsa furtado e reconheceu o motorista. Tentou abordar o automóvel, mas o motorista fugiu em direção ao Parque São João e abandonou o carro no meio da rua, fugindo a pé. As equipes da Polícia Militar cercaram a região e localizaram o suspeito dentro da própria casa.

Ao ser chamado no portão, Robson saiu pulando muros e correndo por quintais de casas vizinhas, mas não foi muito longe. Os PMs o encontraram escondido embaixo de uma cama, em uma residência em que havia invadido. Robson dos Santos Pinheiro reagiu à prisão, foi algemado e encaminhado para a 1ª Subdivisão Policial.

TORNOZELEIRA
No momento em que os policiais militares registravam a ocorrência na 1ª SDP, o pai de Robson apareceu na unidade policial e entregou uma tornozeleira eletrônica que seria do seu filho. Ao verificar o sistema da Secretaria de Segurança Pública, os policiais constataram que Robson estava em liberdade condicional. Ele ficou detido à disposição da Justiça e o Corsa devolvido ao seu proprietário.

>> Deixe sua opinião