Ligue-se a nós

Notícias

Policiais do Paraná receberão bonificação por apreensão de armas ilegais

Bonificação pode chegar a R$ 1.500 por arma

Publicado

no

Imagem ilustrativa

O Governo do Paraná vai oferecer uma bonificação em dinheiro a policiais civis e militares que apreenderem armas de fogo ilegais no Estado. A medida foi autorizada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, em decreto para regulamentar a lei 14.171/03, que instituiu o bônus.

De acordo com as informações divulgadas no site da PCPR, os valores da bonificação vão variar de acordo com o potencial da arma apreendida. Para armas de fogo de uso permitido, de porte (armas curtas como revólveres e pistolas) ou portáteis (armas longas, como espingardas e carabinas), o valor do bônus será de R$ 500. Armas de porte de uso restrito darão direito a bônus de R$ 1 mil, enquanto as portáteis de uso restrito a R$ 1.500.

Foi informado também que a partir de 2021, haverá uma gratificação para os três batalhões da Polícia Militar e as três delegacias da Polícia Civil que mais apreenderem armas. No final do ano, cada um terá direito a um prêmio adicional de R$ 50 mil, que será vinculado ao seu fundo rotativo.

Ainda esta semana, a Secretaria da Segurança Pública irá publicar resolução detalhando os critérios, documentação e trâmite para pagamento do benefício. O pagamento ao policial deverá ser feito diretamente na folha salarial.
PRÁTICA
A prática de pagamento de bônus por apreensão de armas irregulares já é adotada em diversos estados, como Amazonas, Espírito Santo e Piauí. “A medida vai melhorar o combate ao crime e o cumprimento de metas e certamente vai ajudar a diminuir ainda mais os índices de criminalidade no Paraná”, afirma o secretário da Segurança Pública, Rômulo Marinho.

O secretário lembra que no primeiro semestre deste ano houve redução de 20% no número de homicídios no Paraná no comparativo com o mesmo período do ano passado.

O balanço da Secretaria de Estado da Segurança Pública também indica queda no número de roubos (-18%), roubo a veículos (-27,4%), roubo a residências (-26,3%), roubo em ambientes públicos (-14,7%) e roubo a comércios (-25,3%) em relação ao primeiro semestre de 2018.

Notícias

Mais dois óbitos pela Covid-19 são confirmados no Litoral

Idosos, de Paranaguá e Matinhos, estavam internados.

Publicado

no

Por

O Litoral do Paraná teve confirmados neste sábado (8) mais dois óbitos em consequência da Covid-19.

As mortes ocorreram no Hospital Paranaguá e no Hospital Regional do Litoral.

O óbito ocorrido no Hospital Paranaguá é de um idoso de 90 anos, morador em Paranaguá. O outro idoso, de 74 anos, que faleceu no Hospital Regional, residia em Matinhos.

Com mais essas duas mortes o Litoral soma 90 óbitos (mais quatro de moradores em outras cidades e que foram contabilizados nos municípios de origem).

Paranaguá registra 57 óbitos, Pontal do Paraná 10, Matinhos 9, Guaratuba 6, Antonina 4, Guaraqueçaba 3 e Morretes 1.

Continuar Lendo

Notícias

Mega-Sena sorteia R$ 6,5 milhões neste sábado

Concurso 2.287 será sorteado no Espaço Loterias Caixa, em SP.

Publicado

no

Por

A Mega-Sena pode pagar um prêmio estimado em R$ 6,5 milhões neste sábado (8), para quem acertar as seis dezenas do concurso 2.287.

O sorteio será realizado a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, na cidade de São Paulo.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa em todo o país ou pela internet.

O volante, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

Continuar Lendo

Notícias

COVID-19: Litoral tem 168 novos casos e mais um óbito confirmado

Cidades litorâneas somam 3773 casos e 88 mortes pela infecção.

Publicado

no

Por

O Litoral do Paraná teve confirmados 168 novos casos e mais um óbito pela Covid-19. Os números estão no informe epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), divulgado nesta sexta-feira (7).

Os novos casos confirmados nesta sexta-feira são em Paranaguá (104); Morretes (24); Matinhos (19); Guaratuba (14); e Pontal do Paraná (6).

O óbito divulgado no boletim da Sesa é de morador na cidade de Antonina.

Com esses novos dados, o Litoral do Paraná soma 3.773 confirmações da doença provocada pelo novo coronavírus: 2.507 em Paranaguá; 326 em Guaratuba; 294 em Pontal do Paraná; 249 em Morretes; 229 em Matinhos; 152 em Antonina; e 16 em Guaraqueçaba.

ÓBITOS – O total de óbitos de moradores na região é de 88 (mais quatro ocorridos aqui e transferidos para as cidades de origem).

Paranaguá tem 56 óbitos, Pontal do Paraná 10, Matinhos 8, Guaratuba 6, Antonina 4, Guaraqueçaba 3 e Morretes 1.

RECUPERADOS – De acordo com as prefeituras, 2.550 pacientes já se recuperaram: 1.809 em Paranaguá, 212 em Guaratuba, 191 em Morretes, 146 em Matinhos, 98 em Antonina, 89 em Pontal do Paraná e 5 em Guaraqueçaba.

Paraná tem aumento de 1.615 diagnósticos positivos e 45 mortes

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou também 1.615 novas confirmações e 45 mortes pela infecção causada pelo novo coronavírus. O Paraná acumula 87.915 diagnósticos positivos e 2.244 mil mortes em decorrência da doença.

INTERNADOS – 1.099 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados nesta sexta-feira (7): 839 estão em leitos SUS (401 em U.T.I. e 438 em leitos clínicos-enfermaria) e 260 em leitos da rede particular (102 em U.T.I. e 158 em leitos clínicos-enfermaria).

Há outros 1.013 pacientes internados: 481 em leitos U.T.I. e 532 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A secretaria estadual informou ainda a morte de 45 pacientes. Todos estavam internados. São 23 mulheres e 22 homens, com idades que variam de 18 a 93 anos. Quatro óbitos ocorreram em julho e os outros 41 pacientes faleceram entre os dias 1º e 7 de agosto.

Os pacientes residiam em: Curitiba (13), Almirante Tamandaré (3), Colombo (3), Pinhais (3), São José dos Pinhais (3), Ivaiporã (2), Piraquara (2) e um caso confirmado em cada município a seguir: Antonina, Arapongas, Bandeirantes, Cambará, Campina Grande do Sul, Chopinzinho, Coronel Vivida, Foz do Iguaçu, Itambé, Londrina, Maringá, Ouro Verde do Oeste, Palmeira, Piraí do Sul, Rio Branco do Sul e Santa Mariana.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Sesa registra 984 casos de residentes de fora. Destes, 26 foram a óbito.

VEJA A ÍNTEGRA DO BOLETIM DA SESA
Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.