Ligue-se a nós

Notícias

Espetáculo “Natal em Paranaguá” terá projeção mapeada 3D e Coral Natalino

Será de 17 a 19 deste mês na Praça Mário Roque

Publicado

no

Projeção é feita na fachada do MAE

Na próxima semana, de 17 a 19 de dezembro (terça, quarta e quinta), a partir das 20 horas, a cidade de Paranaguá recebe a terceira edição do “Natal em Paranaguá”, uma série de espetáculos natalinos na Praça Mario Roque, no Centro Histórico.

A fachada imponente do Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE), se transforma em uma grande tela com projeção mapeada, em que será apresentado o espetáculo “Um Sonho de Natal” – cujo o tema central é o “sonho”, o sonho que todos temos quando dormimos e os sonhos no sentido do desejo.

O show de luzes conta a história de um menino que encontra o verdadeiro sentido do espírito de Natal ao adormecer e entrar em um mundo imaginário. Antes, o coral de vozes da UNATI, apresentará algumas das principais interpretações natalinas, com a regência da Maestrina Priscila Zinco das Nezes e arranjos especiais da Maestrina Marinez Costa.

No início da apresentação, a projeção destaca a beleza da fachada do MAE e, aos poucos, vai conduzindo o público a viajar pelo “Mundo dos Sonhos”, guiado pela singela visão de um menino.

Ao acordar pelo tilintar de sinos, o menino encontra uma fada, que lhe apresenta a entrada para um “trem mágico”, e que o leva ao mundo dos sonhos. Mas, para conseguir o ingresso, ele deverá pensar em coisas boas.

Ao chegar no lugar mágico, o garoto descobre que tem poderes ilimitados, bastando somente imaginar e se concentrar para que as coisas aconteçam, como um mundo de Dinossauros, acrobatas voadores, bandas de músicas instrumentais e muita magia.

Ao ser despertado do “mundo mágico” pela sua mãe, o pequeno descobre que já é noite de Natal, conta sua experiência e explica sobre o verdadeiro espírito de Natal, observando que gostaria de ver um dia o Papai Noel. Ao final, surge para o garoto o verdadeiro Papai Noel, que dança e acena para o público presente na praça.

Todas as músicas da apresentação são combinadas com os efeitos e as animações, com artistas e projeção mapeada 3D.

O “Natal em Paranaguá” é apresentado pela Cattalini Terminais Marítimos, pelo Terminal de Contêineres de Paranaguá – TCP, e pelo Grupo Fertipar e pela Copel Pura Energia – Paraná – Governo do Estado. Também conta com o apoio da Pasa Operações Portuárias, em parceria com o MAE – Museu de Arqueologia e Etnologia de Paranaguá e SECULTUR – Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.

Esse é um presente de Natal das empresas para toda a população parnananguara. Também será oferecido ônibus especiais, em pontos da cidade, para que a população possa assistir ao espetáculo na praça. Todo o show contará com intérprete de libras e audiodescrição. Leve suas cangas e cadeiras de praia.

Projeto socioeducacional durante o ano de 2020 – Fazem parte do projeto “Natal em Paranaguá”, junto com as empresas apoiadoras, durante o ano letivo de 2020, em parceria com escolas públicas, três oficinas de arte-educação para os alunos. A ideia é incentivar os estudantes parnanguaras ao apreço com a cultura e a formação de plateia na cidade.

Serviço:
Natal em Paranaguá
Espetáculo “Um Sonho de Natal” e Coral Natalino de Vozes da UNATI
*Projeção Mapeada na fachada do Museu de Arqueologia e Etnologia de Paranaguá
*Show de coral especial com músicas natalinas pela Vozes da UNATI
Data: 17, 18 e 19 de dezembro
Local: Praça Mario Roque (General Carneiro – Centro Histórico)
Horário: Coral Natalino (20h) | Projeção Mapeada (20h30).
Entrada: Gratuita
Classificação: Livre
Apresentação: Cattalini, TCP e Fertipar e Copel Pura Energia – Paraná – Governo do Estado
Apoio: Pasa
Parceiro: MAE e SECULTUR.
Apresentação com intérprete de libras e audiodescrição.

Notícias

Portos do Paraná firma parceria inédita com Fundación Valenciaport

Proposta é única no Brasil e deve modernizar os portos de Paranaguá e Antonina

Publicado

no

Por

A empresa pública Portos do Paraná firmou uma colaboração técnica inédita com a Fundación Valenciaport, um centro de pesquisa, inovação e formação do setor logístico portuário, com sede no porto de Valência, na Espanha, e atuação em portos da Europa, América Latina, Ásia e Oriente Médio.

O objetivo é modernizar os portos paranaenses, com grandes projetos na área de tecnologia, inovação e qualificação humana.

A proposta é única no Brasil e deve modernizar os portos de Paranaguá e Antonina, com estratégias que são referência nos mais importantes e eficientes portos do mundo. “Ter a fundação ao nosso lado, ajudando a compor projetos estratégicos, vai transformar nossos portos para o futuro”, afirma o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia.

“Trata-se de uma instituição renomada e o Paraná quer trazer esse conhecimento para se manter na vanguarda entre os portos brasileiros. Temos certeza que será um dos marcos históricos em cooperação de trabalho internacional”, destaca Garcia.

PROJETOS – A colaboração prevê a construção do Port Community System, uma plataforma de troca de dados da comunidade portuária. O PCS conecta múltiplos sistemas usados por diferentes organizações envolvidas na atividade, integrando as informações de toda cadeia logística.

“A intenção é acompanhar e auxiliar os portos paranaenses na execução da sua transformação digital. Esta parceria teve origem em uma série de conversas, sobre o que os portos do Paraná planejavam para o futuro e o que a Fundación previa para a América Latina. O encontro de ideias permitiu discutir um trabalho conjunto que será inédito em um porto brasileiro”, informa o diretor Internacional da Fundacíon Valenciaport, Miguel Garín Alemany.

NOVO MODELO – O Port Collaborative Decision Making (PortCDM) propõe um novo modelo de gerenciamento das operações marítimas, em tempo real, entre todos os agentes envolvidos nas operações de chegada e saída de navios. Além disso, a parceria discute questões de segurança digital e tecnologia de proteção de dados.

“O porto de Paranaguá foi escolhido como piloto e será o primeiro da América Latina a desenvolver uma plataforma nestes moldes. Junto com o porto de Valência, estará entre os primeiros do mundo na aplicação deste conceito. O PortCDM é uma inovação incrível e o Paraná será referência para portos de todos os países”, avalia o diretor do Projeto da Fundación Valenciaport, Jonas Mendes Constante.

CAPACITAÇÃO – Os projetos serão completamente bilíngues e preveem, ainda, a capacitação e treinamento das equipes e funcionários da empresa pública paranaense na construção de um “smart port”, usando automação e tecnologias inovadoras para melhorar a performance.

“Quanto mais competitivos forem nossos recursos humanos, mais competitivos são nossos portos. Então teremos um programa de formação em gestão estratégica de portos, gestão de talentos, gestão comercial e marketing portuário, além de gestão da eficiência energética e Meio Ambiente”, explica Ana Rumbeu Daviu, diretora de Formação e responsável pelos treinamentos.

CRONOGRAMA – As ações em parceria já começam a ser desenvolvidas, em conjunto, nesta semana. O cronograma será executado ao longo de 12 meses e a expectativa é que os portos do Paraná ganhem destaque no cenário europeu, com atração de novos investimentos e aumento nas movimentações.

Da Agência Estadual de Notícias
Continuar Lendo

Notícias

Mais três mortes pela Covid-19 são confirmadas pelo Regional

Dois pacientes residiam em Paranaguá e uma em Pinhais.

Publicado

no

Por

Mais três óbitos em consequência da Covid-19 foram confirmados pelo Hospital Regional do Litoral. Em boletim divulgado nesta terça-feira (11), a instituição informou o falecimento de três pacientes pela infecção provocada pelo novo coronavírus.

Os pacientes que faleceram residiam em Paranaguá e Pinhais. Os óbitos ocorreram na segunda-feira e nesta terça-feira.

Na segunda-feira (10), um paciente do sexo masculino, residente em Paranaguá, e uma paciente do sexo feminino, moradora em Pinhais; e nesta terça-feira (11), outro morador em Paranaguá faleceu no Hospital Regional.

O Regional não divulgou a idade dos falecidos nem o bairro em que moram.

Hoje, 15 pacientes estão internados na chamada “Ala Covid”: 9 confirmados com a doença e 6 em investigação, aguardando o resultado de exames.

Continuar Lendo

Notícias

Mais três óbitos pela Covid-19 são confirmados pelo Hospital Regional

Mortes ocorreram na sexta e no sábado e foram confirmadas hoje.

Publicado

no

Por

O Hospital Regional do Litoral divulgou, na manhã desta segunda-feira (10), mais três óbitos em consequência da Covid-19. Os óbitos ocorreram na sexta (7) e no sábado (8).

As três mortes confirmadas são de uma mulher, moradora de Paranaguá, ocorrida na sexta-feira (7); de um homem, residente em Matinhos, também na sexta-feira; e de uma mulher, moradora em Antonina, no sábado (8).

A idade das vítimas não foi divulgada pela direção do hospital.

Com mais esses óbitos, o Litoral do Paraná soma 92 mortes de moradores da região em decorrência da infecção provocada pelo novo coronavírus.

São 57 em Paranaguá (mais 4 de residentes em outras cidades e contabilizadas nos municípios de origem), 10 em Pontal do Paraná, 9 em Matinhos, 7 em Guaratuba, 5 em Antonina, 3 em Guaraqueçaba e 1 em Morretes.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.