Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Notícias

Empresário parnanguara escapa de atentado em Balneário Camboriú

MOTORISTA DELE LEVOU CINCO TIROS

Agora Litoral
O empresário parnanguara Luka Bonzato saiu ileso de um atentado a tiros na madrugada de sábado (6) em Balneário Camboriú, Santa Catarina. O carro dele, uma Mercedes de luxo, que era dirigido por um Policial Militar de folga, foi atingido por cerca de 14 disparos. Luka, que estava no banco do passageiro, não se feriu. O PM foi alvejado por cinco tiros – dois na perna, dois no braço e um no ombro.

Segundo informações, mesmo ferido o policial militar reagiu e disparou onze tiros contra a Renault Duster, de onde partiram os disparos contra o carro de Luka Bonzato. Contudo, nenhum dos tiros disparados pelo PM acertou os ocupantes do veículo, com placas de Curitiba. O carro foi abandonado logo após o atentado.
Motivação
O comando da Polícia Militar de Santa Catarina informou que solicitou à Polícia do Paraná informações dos negócios de Luka Bonzato em Santa Catarina para tentar chegar à motivação do atentado feito contra o carro em que ele estava.

Luka Bonzato (foto redes sociais)

O policial militar, que não teve o nome divulgado e está na corporação há três anos, foi hospitalizado após os disparos e liberado na manhã desta segunda-feira (8). A PM catarinense abriu inquérito para investigar o caso.

Da mesma forma, a Polícia Civil investiga a relação do PM com Luka Bonzato, neto do falecido Joel Moreira Bonzato, que coordenou o jogo do bicho por mais de 40 anos em Paranaguá.

Padrasto de Luka foi executado em 2018

Há pouco mais de um ano, em maio de 2018, o padrasto de Luka Bonzato, Emerson Pereira, foi executado, junto com um irmão, em Piraquara. O Agora Litoral registrou a ocorrência.

Irmãos de Paranaguá executados a tiros dentro de uma van em Piraquara

Etiquetas

Artigos relacionados

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios