Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Matinhos

Homem é preso por espancar e matar esposa afogada em piscina

BRUTAL ASSASSINATO ACONTECEU NA TERÇA-FEIRA

Agora Litoral
No balneário Inajá, em Matinhos, um homem foi preso na tarde de terça-feira, dia 1º, depois de matar a esposa, Caroline Farias Inocêncio, de 25 anos. Helio Cardoso Rodrigues, de 23 anos, teria agredido a vítima, antes de jogá-la na piscina, onde ela acabou morrendo por afogamento. O casal era morador na Vila São Jorge, em Paranaguá.

Conforme a ocorrência, por volta das 16 horas, a Central de Operações da PM foi informada que na Rua Vania, número 129, um indivíduo tinha assassinado sua esposa. De imediato uma equipe policial foi averiguar e encontrou populares agredindo o suspeito em via pública. O pai da vítima foi encontrado no local e confirmou que Helio havia assassinado sua filha.

O rapaz foi retirado do local pelo risco de linchamento e encaminhado até o hospital municipal de Matinhos, em decorrência dos ferimentos provocados pelas agressões.

Ao ser abordado pelos policiais, Hélio teria confessado que havia espancado Caroline e, na sequência a jogou na piscina com a intenção de afogá-la. Ele disse também que, depois, deixou a mulher ao lado da piscina e permaneceu no local. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado para socorrer Caroline, mas ela já estava em óbito.

Helio confessou assassinato

Encaminhado à delegacia, Helio foi autuado pelo crime de feminicídio e ficou recolhido no setor de carceragem local à disposição da Justiça. Segundo o que foi apurado pela polícia, ele já tinha histórico de violência doméstica e já esteve preso por roubo.

Exames no Instituto Médico Legal (IML) de Paranaguá apontaram que a causa da morte de Caroline foi afogamento.

Caroline foi morta na piscina pelo marido
Etiquetas

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios