Juliano mentiu o nome ao ser preso e complicou o primo

Juliano da Silva Quadros, de 31 anos, que mentiu o nome ao ser preso por roubo, no fim de semana, tinha mandado de prisão expedido contra ele. A informação é do delegado Nilson Santos Diniz, que é o responsável pelo caso.

O delegado disse, na tarde desta quinta-feira (9), que Juliano estava sendo procurado pela Justiça e que, ao ser preso, ele se passou por um primo para esconder os antecedentes criminais. “Quando foi apresentado na 1.ª Subdivisão Policial, o Juliano forneceu o nome falso, porque ele tinha conhecimento que havia um mandado de prisão em seu desfavor. Então, esse flagrante foi feito inteiro com o nome do primo dele, mas assim que descobrimos que se tratava de uma qualificação errônea, foi sanada a irregularidade no auto de prisão em flagrante e ao mesmo tempo foi expedido um alvará de soltura para ele, considerando o nome falso. Então, nós cumprimos o alvará de soltura e cumprimos também o mandado de prisão que existia em desfavor do Juliano”, explicou.

O delegado deixou claro que Juliano de qualquer forma ficou preso na 1.ª Subdivisão Policial, e que, agora, está sendo cuidado do reparo no prontuário para que não se prejudique o seu primo, que não tinha nada a ver com o cometimento dos crimes praticados por ele. Diniz informou ainda que Juliano vai também responder pelo crime de falsa identidade. “Eu já determinei a instauração do procedimento por ele ter fornecido os dados qualificativos falsos”, concluiu.

PRISÃO
Juliano foi preso na tarde do último sábado (4), acusado de praticar furto em um supermercado na Rua João Eugênio, área central de Paranaguá. Ao ser descoberto, ele teria ameaçado e agredido um dos seguranças do estabelecimento.

A Polícia Militar foi acionada por volta das 15 horas e ao chegar encontrou o suspeito detido. Ao se identificar, Juliano deu o nome de Leandro Teodoro de Carvalho, que é seu primo.

Conduzido à delegacia, em decorrência da maneira que agiu ao ser abordado, Juliano foi autuado com o nome falso pelo crime de roubo e ficou recolhido no setor de carceragem local à disposição da Justiça.

NOTÍCIA RELACIONADA

Homem é flagrado furtando em supermercado e ameaça segurança

>> Deixe sua opinião