Fêmeas do Aedes aegypti transmitem doenças como dengue e zika por meio da picada em seres humanos

Agora Litoral
O Laboratório Central (Lacen) confirmou nesta segunda-feira (16) o primeiro caso de morte por dengue no estado em 2018. A paciente, de 83 anos, moradora de Foz do Iguaçu, no oeste, estava internada desde o dia 22 de março e morreu no dia 27.

De acordo com o departamento de Vigilância Epidemiológica do Município, a idosa tinha diabetes e era hipertensa, condições que podem ser agravadas com a dengue.

O último boletim da dengue indica que no Paraná foram 587 confirmações da doença entre o dia 1º agosto de 2017 e 10 de abril de 2018. Os municípios com o maior número de casos são Maringá (148), Foz do Iguaçu (73), e Cambé (27).

CAMPANHA DE VACINAÇÃO
Em Paranaguá e outros municípios, as equipes estão tendo dificuldades para atingir a meta estabelecida para a terceira dose da vacina.

NOTÍCIA RELACIONADA

Vacinação contra a dengue está bem abaixo do esperado em Paranaguá

>> Deixe sua opinião