Ligue-se a nós

Polícia

Homem é preso em Morretes acusado de abusar da enteada de 14 anos

Crime ocorria há quatro anos e a mãe dela sabia, disse a menor

Publicado

no

Um homem acusado de abusar sexualmente da enteada de 14 anos foi preso pela Polícia Militar, na tarde de segunda-feira (15/11), na região do Rio Sagrado, área rural de Morretes, no Litoral do Paraná. A ação ocorreu após denúncia feita por uma moradora da região.

Por volta das 17 horas do feriado, uma equipe de Rádio Patrulha foi chamada no local, que é de difícil acesso. Na chegada, os militares presenciaram a tentativa de fuga do homem acusado, que foi abordado em um carro e acabou confessando ter “andado” com a vítima, alegando que a menor seria usuária de entorpecentes.

O detido, de 48 anos, natural de Itararé, São Paulo, acabou encaminhado para a Delegacia de Morretes pelo crime de estupro de vulnerável, sendo autuado em flagrante e recolhido ao setor de carceragem.

MÃE SABIA DOS ABUSOS
De acordo com a ocorrência, durante a averiguação a menor relatou que vinha sendo abusada há mais de quatro anos pelo padrasto, mas que não tinha meios para denunciar. A jovem contou que os abusos haviam cessado quando a irmã assumiu sua guarda e que a mãe sabia dos fatos, mas nada fez a respeito.

Segundo a menor, no dia 11 de novembro, sua mãe pediu que ela fosse levada para Itaporanga, em São Paulo, para visitá-la e, em seguida, junto com o padrasto, deslocaram-se para o município de Morretes, onde o suspeito teria ficado sozinho com a enteada, visto que a mãe dela havia retornado para a cidade paulista.

A adolescente contou também que, desde então, encontrava-se em situação de risco e que ainda teria sido forçada a tomar medicamentos, que a fizeram perder os sentidos. Diante da situação, o Conselho Tutelar foi acionado para acompanhar a jovem.

Clique para comentar

Deixe seu comentário!

Polícia

PM recupera celular e prende suspeito por receptação em Matinhos

Foi na tarde de domingo, no bairro Bom Retiro

Publicado

no

Por

Na tarde de domingo (16/01), policiais militares recuperaram, na cidade de Matinhos, um telefone celular que tinha sido tomado em um assalto à mão armada. O aparelho foi encontrado com Douglas Hermes Gantzel Junior, de 44 anos, que acabou preso em flagrante pelo crime de receptação. Na ação ainda houve a apreensão de uma porção de maconha e balança de precisão.

Conforme a ocorrência, por volta das 17 horas, uma equipe da Rocam (Rondas Ostensivas Com o Apoio de Motocicletas) foi acionada para se deslocar até a Rua Cinira da Silva Mesquita, bairro Bom Retiro, em apoio ao Serviço Reservado do 9º Batalhão, o qual havia rastreado um aparelho celular roubado na semana passada.

No local foi abordado Douglas, que confessou que teria adquirido um aparelho Iphone, bloqueado por senha, pelo valor R$ 3 mil. Na sequência, os policiais confirmaram que se tratava do telefone roubado e, com o apoio de uma equipe do Canil do Batalhão de Choque, ainda foram localizadas balança de precisão, além de porções e três cigarros artesanais de maconha, totalizando 55 gramas do entorpecente, que estavam na cozinha do imóvel.

Durante as diligências, os policiais também encontraram uma ave silvestre (arara), que era mantida em cativeiro sem autorização de órgão ambiental, sendo apreendida por uma equipe do Batalhão de Polícia Ambiental – Força Verde (BPAmb-FV).

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão para Douglas, que assumiu a receptação do aparelho celular, posse da droga e do animal silvestre. Ele acabou encaminhado ao plantão da Delegacia Cidadã de Matinhos, para que fossem tomadas as devidas providências.

O ROUBO
Conforme foi apurado pela PM, o telefone celular tinha sido roubado no dia 11 de janeiro. A vítima, que reside em Paranaguá, registrou um boletim de ocorrência, informando que trabalha com venda de celulares e que tinha negociado um aparelho Iphone por uma rede social e que ficou de entregar em Matinhos.

O homem contou que ao chegar no endereço marcado, um homem entrou no carro e rendeu ele, sua esposa e o filho com uma arma de fogo. O bandido acabou fugindo, levando três aparelhos celulares.

Continuar Lendo

Polícia

Suspeito é preso após assaltar farmácia no Centro Histórico de Paranaguá

Com ele foi encontrada uma sacola contendo barras de chocolate que tinham sido subtraídas do estabelecimento.

Publicado

no

Por

Luiz Fernando Cassilha Alves (Arquivo AL)

Policiais militares prenderam, na noite de domingo (16/01), no Centro Histórico de Paranaguá, Luiz Fernando Cassilha Alves, de 29 anos, pelo crime de roubo. Com ele foi encontrada uma sacola contendo produtos subtraídos de uma farmácia na Rua Faria Sobrinho.

De acordo com a ocorrência, por volta das 20h20, uma equipe da PM estava em patrulhamento pela Rua João Régis, quando avistou Luiz Fernando, que se encaixava na descrição do autor do assalto à farmácia, ocorrido momentos antes.

De imediato foi realizada a abordagem e com o suspeito encontrada uma sacola contendo barras de chocolate que tinham sido subtraídas durante o roubo ao estabelecimento.

O ROUBO
O suspeito foi reconhecido pelas vítimas, que relataram que ele entrou no estabelecimento simulando estar portando uma arma e fugiu levando as mercadorias.

Na sequência, o abordado confessou a autoria do delito e acabou encaminhado para o plantão da Delegacia Cidadã de Paranaguá, onde foi autuado em flagrante e, posteriormente, recolhido à Cadeia Pública, à disposição da Justiça.

Segundo o que foi apurado pela polícia, Luiz Fernando já esteve preso por roubo e furto qualificado e estava sendo monitoramento por tornozeleira eletrônica desde o dia 10 de dezembro do ano passado.

ANTECEDENTES CRIMINAIS
Luiz Fernando Cassilha Alves já foi manchete no Agora Litoral. À época ele foi preso após arrombar uma casa no Vale do Sol. Veja:

Rapaz é preso na rua após arrombar casa no Vale do Sol em Paranaguá

Continuar Lendo

Polícia

PM acaba com festa regada a drogas em chácara de Morretes

Operação da Polícia Militar foi na noite de sábado.

Publicado

no

Por

Adolescentes foram levados pra DP

A Polícia Militar acabou com uma festa regada a drogas na cidade de Morretes. Foi na noite de sábado (15/01), em uma chácara no bairro Marta. A informação sobre a festa rave foi repassada pelo setor de Inteligência do 9º BPM e levou à prisão de quatro pessoas e à apreensão de porções de cocaína, maconha, lança perfume e de um revólver.A operação “Sem Festa” abordou 78 participantes da festa ilegal. Além das equipes da IV Subárea e da P2( serviço reservado), o trabalho teve o apoio do Batalhão de Polícia Rodoviária, que trouxe um cão treinado; do Batalhão de Choque; e do helicóptero do Batalhão de Operações Aéreas (BPMOA).

Três organizadores do evento foram presos, enquadrados no crime de corrupção de menores, e uma outra pessoa por tráfico de drogas. Houve ainda o encaminhamento de 13 adolescentes para a Delegacia de Polícia Civil.

RESUMO DA OPERAÇÃO

▶️ 78 pessoas abordadas;

▶️ 25 veículos abordados;

▶️ 30 orientações;

▶️ 13 adolescentes apreendidos;

▶️ 04 presos;

▶️ 02 papelotes de cocaína (0,9 grama);

▶️ 12 invólucros de maconha (30,1 gramas);

▶️ 02 celulares;

▶️ 01 revólver Cal. 38 special;

▶️ 05 munições CBC 38 special

▶️ 01 Cartucho 38 deflagrado;

▶️ 03 vidros com Vonder antirrespingo tipo lança perfume;

▶️ R$ 722 em espécie.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.