Ligue-se a nós

Polícia

Morre em Paranaguá homem atingido por vários tiros em Matinhos

Welton não resistiu aos ferimentos

Publicado

no

Welton Pereira dos Santos (foto do facebook)

Agora Litoral – Atualizada às 22h50
Morreu, no Hospital Regional do Litoral, o homem que foi atingido por vários disparos de arma de fogo, no começo da noite de terça-feira (29), em Matinhos, no litoral do Paraná. A tentativa de homicídio ocorreu no bairro Rio da Onça por volta de 19h30.

Welton Pereira dos Santos, de 35 anos, foi atingido por pelo menos seis tiros, que acertaram a cabeça, o abdômen e um dos braços. O atirador – que fugiu em uma motocicleta pilotada por outro homem – foi descrito como magro, de rosto fino, cabelos pretos e aproximadamente 1,70m de estatura.

Ele teria chamado a vítima pelo nome no portão da residência, na Rua Moreira Sales, e efetuado os disparos assim que Welton apareceu.

Em vista dos ferimentos, Welton foi transferido em estado gravíssimo para o Hospital Regional do Litoral, onde foi operado. Encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva-UTI, ele não resistiu aos ferimentos e faleceu na noite de quarta-feira (30).

A Polícia Civil investiga a tentativa de homicídio.

Histórico criminal
Há alguns anos, Welton Pereira dos Santos foi preso em Matinhos, juntamente com um menor e outro homem com um quilo de cocaína pura. A droga estava em uma casa na Rua Nossa Senhora de Aparecida, bairro Mangue Seco.

Marcado para morrer
À boca miúda, alguns moradores de Matinhos falaram para o Agora Litoral que Welton estaria numa lista de pessoas marcadas para morrer. O nome dele seria o penúltimo dessa listagem. Os demais já foram assassinados.

Anúncio
Clique para comentar

Deixe um comentário!

Polícia

Câmeras registram tentativa de homicídio em Matinhos (VÍDEO)

Foi domingo de manhã no Tabuleiro

Publicado

no

Por

Ação foi gravada pelas câmeras de monitoramento

Câmeras de monitoramento registraram uma tentativa de homicídio na manhã de domingo (17), em Matinhos, no Litoral do Paraná. O alvo da tentativa de homicídio foi o proprietário de um estabelecimento comercial, localizado na Rua Martinho Ramos, bairro Tabuleiro. O autor da tentativa foi preso momentos após pela Polícia Militar.

O vídeo mostra quando Marcio Ferreira de Alcântara Júnior, de 20 anos, passa de bicicleta e atira duas vezes em direção ao homem, que estava em frente ao seu comércio. Nenhum dos tiros atingiu a vítima.

Marcio foi preso pela Polícia Militar, após ser identificado pelas imagens gravadas pelas câmeras de monitoramento. Ele estava em uma quitinete na Avenida Paraná.

No local os PMs encontraram duas munições de calibre 32 deflagradas e o revólver utilizado na tentativa de homicídio, que estava na cozinha. Os militares apreenderam também cinco buchas de cocaína e onze pinos com a mesma droga.

Marcio Ferreira de Alcântara Júnior tem histórico criminal, com algumas passagens pela polícia, inclusive por homicídio. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Matinhos onde aguardará pronunciamento da Justiça.

VEJA O VÍDEO

Continuar Lendo

Polícia

Taxista de Paranaguá é assaltado ao fazer corrida a São José dos Pinhais

Ele perdeu o dinheiro e ainda foi agredido

Publicado

no

Por

Local onde o taxista foi assaltado

Um taxista de Paranaguá foi assaltado, no início da manhã desta sexta-feira (15), após fazer uma corrida a São José dos Pinhais. Ele teve o dinheiro levado por três rapazes que havia apanhado próximo ao campo da Vila Cruzeiro por volta das 5h40.

Segundo o que relatou ao Agora Litoral, três rapazes – dois negros e um pardo – solicitaram a corrida até São José dos Pinhais e pagaram adiantado o valor do serviço, o que fez com que o motorista do táxi não desconfiasse de nada.

A viagem foi tranquila, com os passageiros e o taxista conversando normalmente. No entanto, ao chegar em São José dos Pinhais, por volta das 6h30, tudo mudou. O motorista teve um revólver encostado em sua cabeça e recebeu voz de assalto.

Os ladrões pegaram todo dinheiro que o taxista possuía, inclusive o que haviam dado para pagar a corrida, e saíram em direção a uma passarela, perto do local onde mandaram o motorista parar o carro.

Antes dos marginais irem embora, o rapaz ainda foi agredido com um soco no rosto.

O taxista contou que, segundo a Polícia Militar de São José dos Pinhais, próximo daquele local tem uma pequena favela, para onde provavelmente o trio de criminosos foi.

MUITO DINHEIRO

A vítima contou ter notado que os três rapazes estavam com muito dinheiro. Após o ocorrido, disse acreditar que eles possam ter praticado alguns crimes em Paranaguá antes de solicitarem a corrida até São José dos Pinhais.

O rapaz salientou ter procurado o Agora Litoral para tornar público o que havia passado, principalmente para alertar os demais colegas de profissão sobre os riscos que a categoria enfrenta diariamente.

ALÍVIO

É a primeira vez que o taxista, de 20 anos, é assaltado. Ele confessou ter ficado aliviado com o fato dos ladrões terem levado apenas o dinheiro. “Poderia ter acontecido algo pior”, afirmou.

Continuar Lendo

Polícia

Três são presos com arma, munições e dinheiro em Pontal do Paraná

Trio estava rondando uma agência bancária

Publicado

no

Por

Revólver, munições e dinheiro apreendidos

Na manhã desta quarta-feira (13), em Pontal do Paraná, policiais militares do 9º Batalhão fizeram a apreensão de um revólver, munições e dinheiro, após uma denúncia sobre alguns suspeitos próximos de uma agência bancária, no balneário Ipanema.

A informação dava conta que os indivíduos estavam em um automóvel com as mesmas características do que tinha sido usado por autores de um roubo ocorrido no dia anterior, quando um cliente foi assaltado ao sair do banco.

Tudo começou por volta das 11 horas, quando uma equipe de Rádio Patrulha da 2ª Companhia recebeu as informações. Segundo a denúncia, os suspeitos ocupavam um veículo GM/Monza, com final de placas 1414, que estava na rodovia PR-412.  Os policiais foram ao local e não localizaram o automóvel informado.

No entanto, durante as diligências, os militares desconfiaram de três homens em um GM/Cruze, de cor branca, os quais levantaram suspeita ao fecharem bruscamente os vidros do veículo quando viram a viatura e, na sequência, saíram rapidamente do local no sentido balneário Grajaú.

DESCOBERTA

De imediato os policiais militares abordaram o automóvel e realizaram buscas no veículo e nos ocupantes.

Dentro do carro, embaixo do banco traseiro, os PMs localizaram um revólver calibre 38, com seis munições intactas e numeração suprimida. No bolso de um dos abordados e, no porta-malas do automóvel, os militares encontraram estojos de munições deflagradas. Junto a um dos suspeitos, os policiais ainda apreenderam R$ 1.920.

O automóvel, com placas de Joinville (SC), a arma e as munições, bem como os suspeitos, foram encaminhados à delegacia de Pontal do Paraná, sendo Gilson Dalton Morais Tomaz, de 22 anos, que assumiu a propriedade do revólver, autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e recolhido ao setor de carceragem. Já os outros dois suspeitos, de 37 e 28 anos, foram liberados após o pagamento de fiança.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.