Ligue-se a nós

Paraná

Preso hacker que se passava por funcionário de bancos para aplicar golpes

TINHA R$ 632 MIL EM UMA COBERTURA EM CURITIBA

Publicado

no

Agora Litoral
O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) prendeu nesta quinta-feira (12), o hacker Lucas Iagla, com R$ 632 mil dentro do apartamento em que mora, em Curitiba.

Segundo as investigações, Lucas é suspeito de ligar para correntistas de bancos e fingir que era um funcionário para acessar contas bancárias de outras pessoas ou roubar senhas.

“Ele também induzia as pessoas a acessarem sites falsos dos bancos que roubavam essas informações dos correntistas”, afirmou o coordenador do Gaeco, Leonir Batisti.

Segundo o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), que comandou a operação, Lucas fazia parte de uma rede de hackers com atuação em todo o Brasil, que movimentou cerca de R$ 150 milhões entre 2016 e 2018.

De acordo com Batisti, os hackers trocavam experiências e ensinavam técnicas entre si. “Além da aplicação do golpe, eles ganhavam uma espécie de comissão por ensinar o know-how do golpe a outros hackers”, afirmou.

Cobertura onde Lucas foi preso, em Curitiba

Carros de luxo e aparelhos eletrônicos
Além de R$ 632 mil apreendidos dentro da cobertura onde mora, no Centro de Curitiba, os policias também apreenderam com o hacker computadores, caixas de som, monitores e televisores de 60 polegadas.

Segundo o Gaeco, os equipamentos ficavam em um cômodo de onde Lucas aplicava os golpes em clientes do Brasil inteiro.

Além dos equipamentos, ainda foram apreendidos com ele dois carros de luxo.

Operação Open Doors
As investigações chegaram até Lucas após um mandado cumprido contra o cantor sertanejo Rick Ribeiro, de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, na 2ª fase da operação, realizada em setembro de 2018.

Segundo o MP-RJ, nas buscas realizadas naquela oportunidade foram encontradas informações sobre os golpes realizados por Lucas.

Lucas e mais 13 pessoas foram presas na 5ª fase da operação Open Doors nesta quinta-feira (12). O Gaeco tinha um mandado de prisão contra Rick Ribeiro nesta fase, mas ele não foi encontrado.

Foram cumpridas ordens judiciais no Amazonas, Bahia, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, São Paulo e Sergipe.

As investigações correm em segredo de Justiça.

Deixe seu comentário!

Paraná

Bebê nasce em ambulância do SAMU a caminho do hospital

Foi neste sábado em Cianorte, no noroeste do Estado

Publicado

no

Por

Menina nasceu de 39 semana e passa bem

Uma menina veio ao mundo dentro da ambulância do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), em Cianorte, no noroeste do Paraná, neste sábado (22).

A equipe médica disse que a mãe chamou a ambulância porque havia começado a sentir as dores das contrações.

Os socorristas perceberam que ela estava em trabalho de parto e começaram a fazer os procedimentos necessários para a chegada do bebê, assim que ela entrou no veículo.

A menina nasceu de 39 nove semanas, sem complicações, no trajeto da casa da família até o hospital da cidade.

Conforme a equipe médica, a mãe e a criança passam bem.

Continuar Lendo

Paraná

Empresário envolvido em roubo a ônibus no último dia 12 é preso pela PRF

Suspeito já havia sido detido em 2014 por receptação. Um sobrinho dele segue foragido.

Publicado

no

Por

Reportagem atualizada

Um empresário suspeito de ter participado da tentativa de assalto a um ônibus no último dia 12, em Campina Grande do Sul, região metropolitana de Curitiba, foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em uma ação conjunta com outros órgãos de segurança pública.

Na ocasião do crime, dois bandidos morreram após um dos passageiros, que estava armado, reagir. O outro assaltante morreu atropelado ao tentar fugir.

O empresário preso, Josimar Costa da Cruz, de 37 anos de idade, estava em uma padaria, às margens da BR-116, quando foi detido pelos policiais, neste sábado (22).

Ele era um dos dois alvos de mandados de prisão preventiva expedidos pela Vara Criminal de Campina Grande do Sul. Josimar já havia sido preso pela PRF em 2014, por receptação de cargas roubadas, durante a Operação Mirante da Campina.

Josimar foi preso pela PRF (Foto: reprodução RPC)

O sobrinho do empresário, segundo alvo de mandado de prisão, segue foragido. Ambos aparecem em imagens captadas pelas câmeras de segurança do Hospital Angelina Caron, pouco depois do assalto.

O sobrinho já foi reconhecido por algumas das vítimas da tentativa de roubo. Ele sofreu uma fratura no braço no dia da ocorrência e não foi localizado na manhã deste sábado. A investigação policial apurou que ele teve a ajuda do tio também durante o resgate e fuga do local do crime.

Além dos agentes da PRF, a Guarda Municipal de Campina Grande do Sul, a Polícia Civil e a Polícia Militar também participaram das diligências que levaram à identificação da dupla envolvida no crime praticado na rodovia.

NOTÍCIA RELACIONADA

Três são mortos em tentativa de assalto a ônibus em Campina Grande do Sul

Continuar Lendo

Paraná

Homicídio em Colombo é solucionado em seis horas; suspeito confessou.

Ciúmes da esposa com a vítima seria o provável motivo do assassinato

Publicado

no

Por

Um homem, de 28 anos, suspeito de envolvimento na morte de José Adair Mariano da Costa, de 32 anos, foi preso pela Polícia Civil seis horas após a realização do crime.

A prisão ocorreu na quinta-feira (20), em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, e o carro do suspeito foi apreendido durante a ação.

Carro do suspeito foi apreendido

O CRIME
Costa estaria chegando em seu trabalho, no bairro Jardim Osasco, em Colombo, quando foi alvejado por diversos disparos de arma de fogo. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

A linha de investigação inicial da Polícia Civil é de que o crime aconteceu por razões passionais. O suspeito teria ciúmes de Costa com a esposa, pelo fato dos dois já terem se relacionado no passado e continuarem amigos.

CONFISSÃO
O suspeito confessou o crime durante seu depoimento. De acordo com o relato, ele também teria contratado uma pessoa para assassinar Costa. Essa informação ainda será apurada no decorrer das diligências.

A Polícia Civil prossegue com as investigações a fim de apurar e identificar demais pessoas envolvidas com o crime. O homem de 28 anos encontra-se preso, à disposição da Justiça.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.