Ligue-se a nós

Paraná

Mais de 20 presos fogem da penitenciária de Piraquara

De acordo com a Secretaria da Segurança do Paraná, dois detentos foram mortos e quatro foram presos

Publicado

no

CURITIBA, PR
Da Banda B

A situação no Complexo Penitenciário de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, vai aos poucos voltando ao normal e já está controlada. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (SESP-PR), dois detentos foram mortos e quatro pessoas presas durante fuga. De acordo com as primeiras informações, 28 presos conseguiram fugir. Os detidos foram os bandidos que mantiveram uma mulher refém em uma chácara na manhã deste domingo (15).

“Trata-se de uma ação orquestrada há muitos dias, preparada. Apesar disso, a Polícia Militar e o SOE deram uma resposta imediata e eficaz evitando uma fuga em massa. A Polícia Civil vai investigar os envolvidos neste plano de fuga e as forças de segurança do Estado estão agora empenhadas para recapturar os detentos que conseguiram fugir”, avaliou o secretário da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná, Wagner Mesquita.

A ação

Por volta das 3 horas da madrugada desta domingo (15), presos da Casa de Custódia de Piraquara (CCP) iniciaram um tumulto para chamar a atenção dos agentes penitenciários. A Polícia Militar e o Setor de Operações Especiais (SOE), do Departamento Penitenciário (Depen) foram acionados para atender a ocorrência — assim como o Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), unidade de elite da Polícia Civil.

Perto das 5h30, foram ouvidos dois fortes estrondos na Penitenciária Estadual de Piraquara 1 (PEP1). No local, havia um buraco na muralha, por onde os presos tentavam fugir. Do lado externo da penitenciária, um grupo de aproximadamente 15 homens fortemente armado dava cobertura. Eles entraram em confronto armado com os policiais que estavam nas guaritas e com as equipes que se deslocavam para prestar apoio. A fuga de mais presos foi evitada após as forças de segurança conseguirem acessar o perímetro interno da PEP1.

Durante a varredura, foram encontrados dois mortos na área externa do presídio. Com eles, havia uma metralhadora Uzi 9 mm além de uma bolsa com aproximadamente 300 cartuchos calibre 5,56 e um colete balístico. Os policiais encontraram ainda uma barraca, com alimentos e bebidas, que teria sido usada pelo grupo que deu cobertura para a fuga.

Leia mais notícias de Curitiba e região metropolitana na Banda B

Deixe seu comentário!

Paraná

PRF recupera carro elétrico roubado em Curitiba

Ladrões não sabiam que o veículo era elétrico e pararam em posto de combustíveis para abastecer.

Publicado

no

Por

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), na noite desta terça-feira (26), recuperou um veículo roubado em Curitiba (PR) e prendeu quatro pessoas.

Por volta das 23 horas, agentes da PRF, ao pararem a viatura para abastecer, foram informados pelo frentista do posto que um veículo JAC iEV40, que acabara de sair, havia parado para abastecer. Os dois ocupantes não sabiam que se tratava de um veículo elétrico.

Estranhando a situação a equipe iniciou as buscas pelo carro e, em Garuva (SC), localizou o veículo parado em outro posto de combustíveis, vazio e trancado, ostentando placas que remetiam a um Nissan Versa. Próximo dali, um VW Gol deixava o local com quatro ocupantes.

Os policiais abordaram o Gol e descobriram os dois homens ocupantes do carro elétrico, que estavam sendo resgatados pelos comparsas.

Três envolvidos, sendo dois homens e uma mulher, foram presos, além de um menor, que foi apreendido.

A quadrilha foi encaminhada, junto com os dois carros para a Polícia Civil em Garuva, para o registro dos crimes de roubo e formação de quadrilha.
No site da marca, este carro está sendo oferecido a partir de R$ 189.990.

Com informações da PRF
Continuar Lendo

Paraná

Membro de grupo satânico é preso por matar jovem com skate e espada samurai

Crime ocorreu em abril no bairro Campo Comprido em Curitiba.

Publicado

no

Por

Foto: Divulgação Polícia Civil

Três jovens que fazem parte de um grupo satânico em Curitiba são investigados pelo assassinato de Daniel Rodrigues da Veiga, de 21 anos, ocorrido em abril deste ano.

Nesta terça-feira (26), a Polícia Civil do Paraná prendeu um deles, de 21 anos. A prisão e apreensão dos outros dois, de 21 e 17 anos, deverá ocorrer nos próximos dias.

ENTENDA O CASO
Segundo a Polícia Civil, a vítima foi morta no dia 19 de abril no Parque Guairacá, bairro Campo Comprido após uma discussão com os três suspeitos.

Daniel, que era lutador de Kung Fu, foi agredido inúmeras vezes na cabeça com os skates dos assassinos e teve o pescoço degolado com sua própria espada katana, que costumava levar consigo.

Na sequência, os criminosos jogaram Daniel, juntamente com a espada, no Rio Barigui e fugiram do local. O corpo só foi encontrado cinco dias depois. A arma não foi localizada.
GRUPO SATÂNICO
Ainda conforme a polícia, o grupo satânico do qual fazem parte os três rapazes “cultua a liberdade e práticas satânicas”.
Durante o cumprimentos dos mandados de busca e apreensão nas residências dos três envolvidos, todas no bairro Campo Comprido, a polícia encontrou um dos skates que ainda apresentava manchas de sangue da vítima, além de armas brancas.
“Eles criaram esse grupo e, inclusive, tatuaram no corpo símbolos desse grupo, que segundo eles é anarquista e satanista. É um grupo que não deu para entender a filosofia exata, mas segundo eles, eles fazem aquilo que dá na telha, aquilo que querem”, explica o delegado.

Os outros envolvidos também assumiram o assassinato, foram qualificados e aguardam a expedição de seus respectivos mandados de prisão e apreensão.

À polícia, o jovem que foi preso confessou o crime, não se mostrou arrependido e relatou que manteve o skate guardado com as manchas de sangue como forma de troféu.

Continuar Lendo

Paraná

Casal morre após carro capotar na BR-376

Acidente foi no Km 591, no Contorno Sul, em Curitiba.

Publicado

no

Por

Um casal morreu depois que o carro capotou na BR-376, no Contorno Sul, em Curitiba, entre a noite de segunda-feira (25) e a madrugada desta terça (26).
Gean Carlos Silva Sá, de 33 anos, e Hielena Rodrigues de Lima Sá, de 30, ficaram presos nas ferragens. Os bombeiros chegaram a atendê-los, mas eles não resistiram aos ferimentos.

Gean perdeu o controle da direção, capotou e bateu contra uma manilha.

Foto: Tony Mattoso/RPC

O acidente aconteceu no Km 591, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). O carro seguia sentido São José dos Pinhais.

Os corpos de Gean e Hielena foram encaminhados para o Instituto Médico-Legal (IML) de Curitiba.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.