Ligue-se a nós

Notícias

Mais dois moradores do Litoral morrem no Regional pelo novo coronavírus

Outro óbito ocorrido na instituição está sendo investigado.

Publicado

no

Mais dois moradores do Litoral do Paraná morreram no Hospital Regional em consequência da Covid-19. A informação consta no boletim da instituição, divulgado no início da manhã desta sexta-feira (9).

Os dois óbitos confirmados são de um homem de 44 anos, residente em Matinhos, que faleceu na quinta-feira (8), e de uma mulher de 61 anos, moradora em Antonina, cujo falecimento ocorreu hoje.

Ainda de acordo com o Hospital Regional do Litoral, mais um óbito está sendo investigado para confirmar ou não se foi motivado pelas complicações provocadas pelo novo coronavírus.

Nesta sexta-feira, 20 pacientes estão internados na denominada “Ala Covid” do Regional: 16 confirmados com a infecção e quatro em investigação.

Deixe seu comentário!

Notícias

Mulher morre após perder a direção de carro e cair num canal em Matinhos

Acidente ocorreu na madrugada desta sexta-feira (30)

Publicado

no

Por

Uma mulher morreu após perder a direção do carro que dirigia, um Jeep Compass, e cair num canal na Avenida JK em Matinhos, no Litoral do Paraná. O acidente ocorreu na madrugada desta sexta-feira (30).

Um morador de rua, que teria testemunhado o acidente, disse à Polícia Militar que o veículo, que transitava sentido Matinhos, acabou caindo no canal, próximo ao Hospital Nossa Senhora dos Navegantes.

O carro ficou meio submerso na água do canal com as rodas para cima.
Motorista morreu no local
A motorista, Marina Annes Pellanda, de 60 anos, que residia em Curitiba, morreu no local. A filha dela, que viajava no banco do passageiro, não teve ferimentos graves.

Ainda é desconhecido o motivo para a motorista perder a direção do Jeep. Acredita-se que, devido às chuvas que caíram no município, o carro possa ter aquaplanado (os pneus tenham perdido o contato com o asfalto ao passar sobre uma fina camada de água).

Marina (foto do facebook) morreu no local

Fotos: Comunica Matinhos
Continuar Lendo

Notícias

Litoral tem 33 novos casos de Covid-19 confirmados nesta quinta-feira

Paraná soma 209.639 casos e 5.125 mortes pela infecção

Publicado

no

Por

O Litoral do Paraná teve confirmados, nesta quinta-feira (29) mais 33 casos de Covid-19, de acordo com o informe epidemiológico da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa).

Os novos casos foram registrados em: Paranaguá (12); Matinhos (12); Guaratuba (4); Morretes (3); Antonina (1); e Pontal do Paraná (1).

Com essas novas confirmações, o Litoral acumula 7.875 casos da infecção provocada pelo novo coronavírus.

RECUPERADOS – Do total de casos, 6.233 já estariam recuperados, segundo a Sesa.

ÓBITOS – Desde o início da pandemia, 178 moradores do Litoral já morreram pelas consequências da Covid-19.

Paraná soma 209.639 casos e 5.125 mortes pela infecção

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou também nesta quinta-feira mais 960 casos confirmados e 27 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus.

Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 209.639 casos e 5.125 mortos em decorrência da doença.

INTERNADOS – 602 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados nesta quinta-feira (29). São 489 pacientes em leitos SUS (255 em UTI e 234 em leitos clínicos/enfermaria) e 113 em leitos da rede particular (37 em UTI e 76 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 889 pacientes internados, 406 em leitos UTI e 483 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A Sesa informou ainda a morte de mais 27 pacientes. Todos estavam internados. São 14 mulheres e 13 homens, com idades que variam de 29 a 91 anos. Os óbitos ocorreram entre os dias 12 de agosto a 28 de outubro.

Os pacientes que foram a óbito residiam em: Curitiba (5), Foz do Iguaçu (3) e Santa Terezinha de Itaipu (3), além de um óbito em cada um dos seguintes municípios: Araucária, Cambé, Cascavel, Cianorte, Colombo, Itaguajé, Ivaiporã, Juranda, Londrina, Marialva, Paiçandu, Paranavaí, Pérola, Rio Branco do Sul, Ubiratã e Umuarama.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Sesa registra 2.222 casos de residentes de fora – 49 foram a óbito.

VEJA O INFORME DETALHADO DA SESA

Continuar Lendo

Notícias

Paranaguá terá franquia de escola de ginástica para o cérebro

Unidade será inaugurada no dia 9 de novembro

Publicado

no

Por

O Método SUPERA, a maior franquia de escolas de ginástica para o cérebro da América Latina, inaugura uma nova unidade em Paranaguá, no dia 9 de novembro, já oferecendo ao público local a oportunidade de agendar uma aula grátis para conhecer o método e vivenciar os benefícios da ginástica para o cérebro.

“Quem passar pela unidade nesta semana, além de conhecer nossa proposta, ainda leva pra casa um brinde especial do SUPERA. Estamos muito felizes e confiantes de que o nosso trabalho só vai somar com a região”, adianta Priscilla Costa Schwenck, franqueada SUPERA Paranaguá.

A unidade SUPERA em Paranaguá funcionará na Av. Cel. José Lobo, 350 – loja 02, no bairro Oceania. Os telefones para contato são (41) 3195-4360 e (41) 99176-3562. O funcionamento será de segunda à sexta das 8h às 12h, das 14h às 18h e aos sábados das 8h às 12h.
Educação: A mudança é a única constante
O SUPERA oferece um curso que reúne ferramentas pedagógicas como o ábaco, apostilas com exercícios cognitivos, jogos online e de tabuleiro, entre outras, para trabalhar com três conceitos básicos em sala de aula, norteadores da prática de ginástica cerebral: novidade, variedade e desafio crescente, com uma equipe multidisciplinar de educadores dedicada diariamente a ampliar a oferta e o grau de dificuldade do conteúdo.

O historiador Yuval Noah Harari chama atenção no livro 21 lições para o século 21, entre outros pontos, para a disposição de educadores das próximas décadas em formar estudantes para além do conteúdo regular oferecido até hoje pelas escolas púbicas e particulares.

“Num mundo assim (…) a última coisa que um professor precisa dar a seus alunos é informação. Eles já têm informação demais. Em vez disso, as pessoas precisam de capacidade para extrair um sentido da informação, perceber a diferença entre o que é importante e o que não é, e acima de tudo combinar os muitos fragmentos de informação num amplo quadro do mundo”.

Equipe Supera de Paranaguá

Conheça mais sobre o SUPERA nas redes sociais:

@superaparanagua

Facebook: Método SUPERA Paranaguá

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.