Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Notícias

Identificado cuidador de carros assassinado em Matinhos dia 18

Fim do mistério. Foi identificado oficialmente, por familiares, o corpo do cuidador de carros que foi brutalmente assassinado em Matinhos, no Litoral do Paraná, na madrugada de quinta-feira (18). O cadáver estava até ontem (quarta-feira) sem identificação no Instituto Médico Legal-IML de Paranaguá.

O nome da vítima, que até então era chamada pelo apelido de “Cleitinho”, é Giucleyton dos Santos, de 30 anos. Ele era natural da cidade de Guaraniaçu, no Oeste do Paraná, e estava em situação de rua, trabalhando como cuidador de carros em Matinhos.

RELEMBRE O CASO
Giucleyton foi brutalmente espancado por dois homens próximo a um posto de combustíveis, na Avenida Juscelino Kubitscheck, na área central da cidade, na madrugada do dia 18 de outubro.

Por volta das 4 horas, um automóvel Polo, de cor preta, parou em frente a um posto de combustíveis na Avenida JK e dois elementos tiraram um terceiro do interior do veículo a socos e pontapés.

Segundo informações, um dos agressores teria pedido uma faca ao guardião do posto, mas como a resposta foi negativa ele e o comparsa continuaram a agredir o rapaz (Cleitinho=Giucleyton).

Os dois homens ainda teriam agredido a vítima com pedradas e pauladas e, por fim, ainda passaram por cima dele por pelo menos três vezes com o automóvel. “Cleitinho” morreu no local. O veículo foi apreendido e a Polícia já teria o nome dos responsáveis pelo brutal homicídio, que estão foragidos.

Desde o assassinato de Giucleyton dos Santos não há mais informações oficiais sobre o trabalho de investigação da Polícia Civil para elucidar o crime.

Giucleyton foi vítima de brutal agressão
Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios