Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Paranaguá

Vereador Destaque do Litoral poderá perder dois empregos

Jaime da Saúde é presidente da UGT Litoral e atual vereador em Paranaguá. Foto: arquivo pessoal Facebook

Paranaguá, PR
Agora Litoral                                 

O vereador de Paranaguá Jaime Ferreira dos Santos, o Jaime da Saúde (PSD), que há poucos dias ganhou o troféu de Vereador Destaque do Litoral, tenta há anos resolver um impasse administrativo e manter os empregos que possui na Prefeitura de Paranaguá e no Governo do Estado do Paraná. Tanto o Município como o Estado não reconhecem o sindicato que ele representa e, consequentemente, não aceitam a sua licença remunerada para o exercício de mandato classista.

Jaime da Saúde é Técnico de Enfermagem e presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Saúde do Litoral do Estado do Paraná, mas este não representa os servidores da Prefeitura de Paranaguá, já que os mesmos não são “empregados”. Mesmo entendimento tem o Governo do Estado, que moveu contra o atual vereador um Processo Administrativo Disciplinar, através da Resolução 0589/2015 (LEIA ABAIXO).

O processo contra Jaime da Saúde encontra-se na Secretaria de Estado de Saúde para providências

Na prefeitura de Paranaguá o atual vereador está lotado no Departamento de Atenção Básica à Saúde, mas há anos não exerce a função pelo fato de presidir o Sindicato. No Governo do Estado ele deveria trabalhar na 1ª Regional de Saúde, porém igualmente não exerce a função para se dedicar ao sindicato.

Ao não reconhecer o mandato classista que Jaime da Saúde alega, tanto a Prefeitura como o Governo do Estado, em processos administrativos, estão enquadrando o atual vereador por abandono de cargo e/ou inassiduidade habitual (faltas não justificadas). Procurado pelo Agora Litoral, Jaime da Saúde disse que iria responder mas, passadas duas semanas, não respondeu os questionamentos.

O Agora Litoral enviou para Jaime da Saúde, a 17 dias atrás, o seguinte email:

Email foi enviado em 17 de abril, e reforçado através do WhatsApp, mas até hoje não foi respondido

CNTTT denunciou ilegalidades e
fraude na fundação de sindicatos

Desde 2009 a Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Paraná (Fetropar) vem barrando a ação de pessoas vinculadas à UGT em tentativas de fundar sindicatos sem representatividade. O objetivo é dividir a categoria e, assim, arrecadar contribuições.

Em fevereiro de 2012, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Terrestres (CNTTT) alertou para a tentativa da União Geral dos Trabalhadores (UGT) de fundar sindicatos de forma fraudulenta.

Segundo a entidade, Jaime da Saúde – que é presidente da Regional da UGT Litoral – estaria envolvido na tentativa de fundação de três sindicatos sem representatividade.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios