Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Paranaguá

Suspeito de roubo é perseguido por populares no Centro Histórico

ACONTECEU NA NOITE DE TERÇA-FEIRA

Agora Litoral
Um roubo ocorrido no Centro Histórico de Paranaguá, na noite de terça-feira, 9, levou policiais militares do 9º Batalhão a prender Augusto Maia Romão, de 18 anos, morador na Ilha dos Valadares. Na ação foi apreendida uma réplica de pistola e recuperado o telefone celular levado da vítima.

De acordo com o boletim policial, por volta das 19 horas, uma equipe da PM se encontrava no plantão da 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá, quando uma pessoa apareceu informando sobre uma ocorrência de roubo, que teria ocorrido próximo ao Colégio Estadual Alberto Gomes Veiga.

Imediatamente os policiais foram ao local e, no percurso, avistaram populares correndo em direção à Praça da Fontinha, gritando e apontando a direção em que o autor do delito estaria seguindo. Fazendo o mesmo trajeto, os policiais chegaram até a Rua Pêcego Junior, onde encontraram Augusto detido por populares.

No local também se encontrava um rapaz de 23 anos, o qual informou que estava em frente ao local onde trabalha com serviços gerais, quando Augusto o abordou e, apontando uma arma de fogo, anunciou o assalto e subtraiu seu aparelho celular. Ele disse ainda, que, em seguida o suspeito subiu na porta bagagem de uma bicicleta que era conduzida por outro indivíduo, que vestia casaco branco.

Em suas declarações, a vítima contou que, com o apoio de outras pessoas, que presenciaram o roubo, seguiu a dupla de criminosos até que Augusto foi detido. O celular roubado e o simulacro de pistola foram encontrados pelos policiais próximo ao local onde o suspeito foi detido e que, segundo a vítima, foram arremessados por ele, com o intuito de se livrar do flagrante.

Simulacro apreendido pela PM

Augusto acabou conduzido ao plantão da 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá, junto com o simulacro e o celular recuperado, para que fossem tomadas as providências necessárias.

Augusto não tinha antecedentes criminais. O outro suspeito não foi localizado.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios