Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
PUBLICIDADE
EconomiaParanaguá

Caminhoneiros estão evitando entrar em Paranaguá à noite

Alerta feito pelas redes sociais chama atenção para o perigo enfrentado pelos caminhoneiros em Paranaguá

Paranaguá, PR
Agora Litoral

Os constantes assaltos a caminhoneiros e roubos de carga nos caminhões que chegam em Paranaguá levaram a atitudes extremas. Um alerta divulgado na manhã desta segunda-feira (27) pelo Canal do Caminhoneiro orienta que os profissionais da boleia evitem entrar na cidade à noite.

“Estão tentando matar os caminhoneiros na entrada de Paranaguá. Vários caminhões sendo apedrejados no local. Estão jogando caibro com prego na pista, pedras nos vidros dos veículos”, diz o alerta, após mais uma ação criminosa verificada contra um caminhoneiro na entrada do município.

A repercussão do alerta feito pelo Canal do Caminhoneiro, que tem mais de 116 mil seguidores, foi instantânea. Os comentários feitos após a publicação cobram medidas urgentes das autoridades policiais e lamentam a repercussão negativa que uma atitude como essa possa trazer para Paranaguá.

“Senhores caminhoneiros e proprietários de caminhões: venham armados e matem esses vagabundos safados aqui de nossa cidade, porque a polícia local não está dando conta! A vagabundagem está demais”, comentou um caminhoneiro.

“Onde está a Polícia nessa hora? Porque já faz tempão que esses bandidos estão agindo dessa maneira e o problema não foi resolvido. #vergonha #segurançazero”, afirmou outra internauta que trabalha na área.

“Não tem prefeito nessa cidade? Desse jeito a cidade vai ficar queimada”, alfinetou outro.

A publicação do Canal do Caminhoneiro, em poucos minutos, recebeu mais de 300 compartilhamentos.

RISCOS

Há algum tempo, a abertura de bicas dos caminhões no caminho entre o pátio de triagem e os terminais no Porto de Paranaguá tomou outras dimensões. O que antes se resumia à abertura das bicas para recolhimento de grãos e fertilizantes tornou-se uma atividade rotineira e mais ameaçadora ainda.

Aumentaram consideravelmente os assaltos a caminhoneiros e os riscos enfrentados por eles, que muitas vezes têm seus veículos apedrejados ou são ameaçados pela quadrilha que se organizou tanto na Ayrton Senna como na Bento Rocha para saquear cargas e, igualmente, roubar os motoristas.

De acordo com os caminhoneiros, todo dia há uma média de dez ou quinze caminhões sendo saqueados. E essa situação tornou-se insustentável, a ponto do alerta feito nesta segunda-feira para que os caminhoneiros evitem entrar em Paranaguá à noite.

Em fevereiro, o dono de uma transportadora fez um vídeo mostrando o estrago feito pelos marginais. Veja:

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios