Negão e Max foram presos na sexta-feira

Agora Litoral
Policiais civis da 1.ª Subdivisão de Paranaguá prenderam, na manhã desta sexta-feira (3), Edison Camargo de Souza, o “Edison Negão”, de 42 anos, morador no Jardim Ouro Fino, e Maximiliano Lopes Silva, de 22, com endereço na Vila dos Comerciários. Eles são apontados como os responsáveis por aliciar motoristas de caminhão para um esquema de desvio de cargas no município.

Conforme informações do delegado Nilson Santos Diniz, enquanto Maximiliano, também conhecido como “Max”, realizava as abordagens, Edison coordenava o esquema criminoso, direcionando a carga para o receptador e pagando o motorista pelo serviço realizado.

O delegado informou que, durante as investigações, foi apurado que do desvio de uma carga de fertilizantes, no valor de R$ 50.000,00, era repassado para o motorista o valor de R$ 6.000,00. “O restante era dividido pela dupla. No curso das investigações, foram coletados elementos que comprovam que o esquema era antigo”, completou Diniz.

Segundo o delegado, um motorista chegou a procurar o proprietário de uma transportadora e fornecer áudios enviados pela dupla a outros motoristas, convidando-os para fazer parte do esquema de desvio de cargas.

Ele destacou que a ação desencadeada pela Polícia Civil faz parte do planejamento estratégico da 1.ª Subdivisão Policial para reprimir os desvios de cargas que vêm causando grandes prejuízos para os empresários do setor em Paranaguá.

>> Deixe sua opinião