Agora Litoral
Uma manifestação exigindo mais segurança em Paranaguá, no Litoral do Paraná, está prevista para acontecer na quinta-feira (10), às 19 horas. O movimento, que terá concentração na Praça Portugal, quer chamar atenção das autoridades estaduais para o aumento da criminalidade no município.

A crescente onda de violência que tem assolado a cidade – com assassinatos em plena luz do dia, roubos e furtos em todas regiões – motivou a mobilização. A ideia é seguir, em passeata, até a Câmara Municipal para mostrar aos vereadores o descontentamento com a atual situação.

O movimento iniciou a partir da constatação do grande número de crimes praticados em Paranaguá, das discussões sobre o assunto nas redes sociais, e foi tomando corpo. Uma das organizadoras da manifestação pacífica, Cintia Cordeiro, resume a passeata como uma forma de garantir o direito de ir e vir da população.

“Queremos respostas às nossas indagações, saber o que está realmente acontecendo; se faltam policiais, viaturas, o que pode ser feito para mudar essa situação, enfim. Fazer chegar ao Secretário Estadual de Segurança que a população de Paranaguá não aceita conviver com essa onda de violência”, diz ela.

Os organizadores ressaltam que a manifestação do próximo dia 10 não tem conotação político-partidária e que não será tolerado qualquer tipo de violência ou baderna. É um manifesto pacífico, que pretende reunir todas as categorias da sociedade. “Paranaguá vive um caos, está virando uma cidade sem lei e é contra isso que estamos lutando”, observa Cintia Cordeiro.

Em nome da organização da passeata, ela pede que as pessoas, na medida do possível, vão para a concentração usando camisetas brancas. No final do movimento, eles pretendem entregar um documento aos vereadores exigindo que eles intercedam junto ao Governo do Estado por mais segurança na cidade.

SERVIÇO
PASSEATA POR MAIS SEGURANÇA EM PARANAGUÁ
DIA 10 DE MAIO, ÀS 19 HORAS
SAÍDA DA PRAÇA PORTUGAL EM DIREÇÃO À CÂMARA DE VEREADORES

>> Deixe sua opinião