Produtos furtados de vendedora estavam intactos na casa do ladrão. (Foto: Rádio Ilha do Mel)

Agora Litoral
Um ladrão cometeu suicídio em Paranaguá, no litoral paranaense, após vislumbrar que sua casa estava cercada pela Polícia Militar. O episódio aconteceu no final da tarde desta sexta-feira (10) no bairro Porto Seguro. O criminoso acabou com a própria vida dando um tiro na boca com uma pistola calibre 6,35.

Ainda sem identificação oficial, o criminoso era o responsável por ter furtado diversas mercadorias que estavam no bagageiro do carro de uma vendedora, na avenida Coronel Santa Rita, em Paranaguá. O caso ganhou repercussão após a postagem da vendedora em grupos sociais denunciando o furto.

A Polícia Militar chegou até a casa do criminoso após informações da comunidade de que o veículo que teria sido utilizado no furto – uma caminhonete Saveiro de cor vermelha que foi flagrada por câmeras de monitoramento atrás do carro da vendedora antes do furto ser comprovado – estava estacionada no quintal de uma casa no bairro Porto Seguro, localidade também denominada de Jardim Social.

Segundo a PM, ao vislumbrar que a casa estava cercada, o homem voltou para o interior da residência e se suicidou com um tiro na boca.

Carro utilizado no furto estava com placas clonadas. (Foto: Folha do Litoral News)

QG DO CRIME
Em entrevista à rádio FM Ilha do Mel, o tenente Zenildo, da Polícia Militar, disse que a casa onde os objetos furtados foram encontrados era utilizada como uma espécie de Quartel General (QG) do crime. No local foram encontrados objetos utilizados para furtos em casas e automóveis, como chaves micha (ferramentas para arrombar fechaduras).

Já a vendedora, feliz por recuperar os produtos, agradeceu o apoio recebido dos internautas, que repercutiram o seu pedido de socorro, e dos órgãos de segurança que viabilizaram o resgate de toda a mercadoria furtada do seu automóvel.

O corpo do ladrão, ainda não identificado e que se passava por “Michel” e que seria “caminhoneiro” para a vizinhança, continua no Instituto Médico Legal de Paranaguá.

>> Deixe sua opinião