Automóvel Golf que acompanhou pai de investigado pela PF é da frota da Prefeitura de Paranaguá

Paranaguá, PR
Agora Litoral

A TVCI confirmou, nesta quarta-feira (24), que pelo menos um dos três carros que acompanharam o pai de um dos investigados na Operação Flashback da Polícia Federal contra o tráfico internacional de drogas – que foi até a sede da emissora ameaçar o jornalista e apresentador Tony Lagos – pertence à Prefeitura de Paranaguá. De acordo com reportagem exibida pelo Voz do Litoral, os dois homens que aparecem nas imagens do circuito de vigilância são Guardas Civis Municipais.

A confirmação de que o veículo pertence à Prefeitura está no Boletim de Ocorrência registrado logo após o episódio. O Golf, placas HEQ 7311, está registrado em nome da Prefeitura de Paranaguá e, de acordo com o Portal da Transparência, pertence à frota do Município. A investigação da TVCI apontou também que os dois homens que aparecem nitidamente nas imagens são servidores municipais: tratam-se de Eduardo Rodrigues e Gisleino Miranda dos Santos.

Procurado, o delegado Nilson Diniz confirmou que já determinou à equipe de investigações da 1ª Subdivisão Policial que realize as diligências necessárias para apuração do que de fato ocorreu no sábado (20) em frente à sede da emissora de televisão. As imagens foram entregues na Delegacia de Polícia e serão utilizadas como embasamento no relatório a ser entregue pelos investigadores. “Todos que aparecem nas cenas serão intimados a comparecer na DP para dar sua versão acerca do fato”, afirmou o Delegado.

RELEMBRE O OCORRIDO

Câmeras de vigilância flagram ameaça a apresentador da TVCI

 

>> Deixe sua opinião