Equipes volantes estão aplicando as doses em escolas, empresas e locais onde a circulação de pessoas é frequente

Paranaguá, PR
Agora Litoral

A Secretaria estadual da Saúde, por meio da 1ª Regional de Saúde, está intensificando a campanha de vacinação contra a dengue em Paranaguá. Além das salas de vacina nas unidades de saúde, equipes volantes aplicam as doses em escolas, empresas e locais onde a circulação de pessoas é frequente. Até esta sexta-feira (17), o município vacinou somente 30% do público-alvo da 2ª dose.

“Estamos buscando o apoio de diferentes instituições da cidade para que incentivem os cidadãos a se vacinarem contra a dengue e abram espaço para a campanha. O objetivo é reduzir a circulação viral e, indiretamente, proteger toda a população”, afirma a chefe do Centro Estadual de Epidemiologia, Júlia Cordellini.

Nos primeiros 15 dias da campanha, a aplicação das 20 mil doses de Paranaguá ocorreram em 25 grandes empresas da cidade, 25 colégios estaduais, sete supermercados, shopping, academia, terminal de ônibus, praças e no calçadão. Outra estratégia é vacinar a população nas residências com equipes que circulam por todos os bairros do município.

Posto itinerante foi montado no calçadão do centro de Paranaguá para incentivar vacinação

Paranaguá também conta com 17 pontos fixos de vacinação na Secretaria Municipal de Saúde e nas unidades de saúde Alexandra, Aline Marinho Zacharias, Argemiro de Félix, Colônia Maria Luiza, Colônia Pereira, Domingos Lopes do Rosário, Dr. Helvécio Chaves da Rocha, Dr. Simão Aisenman, Encantadas, Evanil Rodrigues, Guilhermina Mazzali Gaida, Luiz Carlos Gomes, Norberto Costa, Nova Brasília, Rodrigo Gomes e Sueli Dutra Alves.

“Estamos preocupados com a baixa adesão do público-alvo que pode ser vacinado contra a dengue. Vamos iniciar a vacinação inclusive no período noturno, com equipes itinerantes. Queremos cumprir a meta de vacinar 100% das pessoas que tomaram a primeira dose no ano passado e, ainda, aplicar a vacina nas que não tomaram em 2016”, destaca o secretário municipal de Saúde e Prevenção de Paranaguá, Paulo Henrique de Oliveira.

CASOS

O informe técnico divulgado pela Secretaria da Saúde na última terça-feira (14) confirma 566 casos de dengue no Paraná desde o início do período epidemiológico, em agosto de 2016. Em Paranaguá, são 35 casos confirmados até agora e nenhuma morte.

No mesmo período, em 2016, a cidade já havia confirmado 2.887 casos e 14 óbitos.

“O município enfrentou a pior epidemia de dengue de todos os tempos no Paraná. A população precisa lembrar todo o sofrimento causado pela doença e colaborar com as estratégias do Estado para não deixar a situação se repetir”, adverte a diretora da 1ª Regional de Saúde, Ilda Nagafuti.

PARANÁ

Até esta sexta (17), 105 mil paranaenses foram vacinados contra a dengue no Paraná, 72 mil deles correspondentes à segunda dose. A meta para a segunda fase é aplicar a segunda dose em 100% das pessoas que participaram da campanha em agosto e setembro de 2016 e, também, ampliar a cobertura da primeira dose.

 

>> Deixe sua opinião