Ligue-se a nós

Morretes

Bandidos explodem carro-forte na BR-277 em Morretes

Dois vigilantes foram feitos de reféns no crime. Cerca de quinze homens fecharam a BR 277 para cometer o assalto

Publicado

no

PARANAGUÁ, PR
Agora Litoral | Foto: Colaboração

Uma quadrilha de pelo menos dez homens interditou o sentido litoral da BR-277 em Morretes para explodir um carro-forte. Os criminosos, que estariam armados com fuzis, abordaram o veículo na altura do KM 45 e levaram dois vigilantes de reféns na fuga.

A ação foi registrada por volta das 20 horas, quando a Polícia Militar recebeu a primeira chamada através do Centro de Operações (Copom) informando do assalto.

Poucos quilômetros à frente de onde houve a abordagem, já no final da serra, os policiais localizaram a quadrilha. Ao ver a polícia os bandidos reagiram disparando contra os agentes. Os policiais revidaram, e então começou uma intensa troca de tiros em plena serra do mar.

Uma caminhonete Toyota Hilux e um Fiat Doblô foram usados pelo bando na ação. Vários deles fugiram através da floresta que margeia a BR-277 e dois homens foram presos, suspeitos de envolvimento no crime. Segundo a Polícia, a dupla pode não ter participado do assalto, mas sim aproveitado o momento para pegar o dinheiro dos malotes roubados.

A princípio havia a informação de que um dos funcionários da empresa teria morrido no confronto, mas a notícia foi corrigida pela Polícia Militar, que em seguida informou não haver nenhum ferido pela troca de tiros.

A BR-277 ficou completamente interditada até por volta das 22 horas, quando o sentido Curitiba foi liberado para o tráfego. Já o sentido Paranaguá permaneceu bloqueado pela concessionária Ecovia, que administra o trecho.

A Proforte, empresa proprietária do veículo envolvido na situação, não confirmou de qual cidade a equipe faz parte e não deu detalhes da identificação das vítimas.

Homem foi levado ao Hospital Regional do Litoral

Um motorista que passava pelo local no momento da explosão do carro-forte foi atingido por estilhaços e precisou ser encaminhado ao Hospital Regional em Paranaguá.

O estado de saúde dele não foi informado.

*Atualizado às 23h23

Veja as fotos:

Bandidos estariam armados com fuzis e metralhadoras – Foto: Colaboração / WhatsApp (41) 99723-8071

Foto: Colaboração / WhatsApp (41) 99723-8071

Foto: Colaboração / WhatsApp

Anúncio
Clique para comentar

Deixe um comentário!

Morretes

Torcedor do Athletico sofre infarto e morre após o título da Copa do Brasil

NÃO VIU O TIME DO CORAÇÃO ERGUER A TAÇA DE CAMPEÃO

Publicado

no

Por

Agora Litoral
O taxista aposentado José Luiz Kuster Contador, de 63 anos, sofreu um infarto e morreu na noite de quarta-feira (18) enquanto comemorava o gol do título da Copa do Brasil do Athletico Paranaense contra o Internacional, em Porto Alegre.

Morador de Morretes, no litoral do Paraná, e torcedor rubro-negro, ele se sentiu mal quando viu o time confirmar a vitória por 2 a 1 no estádio Beira-Rio e garantir o título inédito.

“Quando saiu o segundo gol, o coração não aguentou. O cardiologista disse que foi instantâneo, infelizmente morreu na hora e sem volta”, disse o filho do torcedor, Francesco Contador, em entrevista à rádio Banda B.

“Quando encontrei meu pai, ele ainda estava quente e sorrindo. Ele estava sorrindo muito, parecendo alguém que foi embora, mas foi embora feliz”, comentou.

Contador era fanático pelo Athletico (Foto do arquivo pessoal)

Torcedor fanático, José Luiz Contador incentivou a família toda a torcer pela equipe. A vítima de infarto havia se aposentado há dois anos, quando decidiu sair de Curitiba e morar no litoral do Paraná.

“Ele tem ingressos desde a década de 1990 e todos da conquista do Brasileirão de 2001. Ele era fanático mesmo e toda nossa família é. Eu sou, os netos são e vamos manter vivo isso em homenagem a ele”, afirmou Francesco.

Outro torcedor perdeu a mão esquerda
O incidente em Morretes não foi o único nesta final da Copa do Brasil.

Na última terça-feira, no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, o torcedor Wesley Pontes perdeu a mão esquerda depois de um sinalizador que segurava estourar de forma inesperada. O time se sensibilizou com o caso.

“A gente pegou toda cena, foi muito feia. Queria dedicar esse título a ele”, disse o atacante Nikão após a partida.

Continuar Lendo

Morretes

Caminhão sem freios entra na área de escape da BR-277

ESTAVA CARREGADO COM FEIJÃO

Publicado

no

Por

Agora Litoral
Um caminhão carregado com feijão ficou sem freios na manhã desta terça-feira (21), em Morretes, no Litoral do Estado. O incidente aconteceu na descida da Serra do Mar, na pista sentido Paranaguá, no km 36.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a área de escape foi fundamental para evitar que um grave acidente ocorresse. Ninguém se feriu.

O caminhoneiro do Volvo FH/500 conseguiu sair da pista após perceber ter perdido os freios e entrou na área de escape, deixando um rastro de 100 metros.
A PRF evitou o saque da carga de feijão. O teste de bafômetro deu negativo.

Continuar Lendo

Morretes

Caminhão sem freio entra na área de escape na Serra do Mar (VÍDEO)

VEÍCULO LEVAVA 35 TONELADAS DE MILHO

Publicado

no

Por

Agora Litoral
Uma câmera de monitoramento flagrou o momento em que um caminhão bitrem sem freio entrou na área de escape da Serra do Mar na BR-277, em Morretes, no litoral do Paraná. O vídeo foi registrado na sexta-feira (26), e divulgado nesta segunda-feira (29) pela Ecovia.

De acordo com a concessionária, o caminhão seguia sentido litoral carregando 35 toneladas de milho. Essa é a segunda vez que um veículo entra na área de escape desde que ela foi inaugurada, em dezembro de 2018.

Segundo a Ecovia o caminhão perdeu o freio e, por isso, precisou entrar na área de segurança. O bitrem passou a noite no local. O motorista não se feriu.

Para a remoção do caminhão, parte da carga precisou ser retirada do veículo. Dois guinchos auxiliaram na retirada do caminhão, que pôde seguir viagem após uma manutenção mecânica.

VEJA:

Área de escape
A área de escape está na descida da Serra do Mar, após um trecho sinuoso. Conforme a concessionária, muitos veículos pesados apresentam problemas técnicos na região da rodovia.

A área de escape é feita com argila expandida. O material ajuda a absorver a velocidade, além de reduzir impactos.

Do G1
Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.