Ligue-se a nós

Paraná

Mulher que esquartejou o marido PM é condenada a 24 anos de prisão

Crime ocorreu em 2016 no apartamento do casal em Curitiba

Publicado

no

Ellen colocou partes do corpo do marido em uma mala e enterrou na tentativa de ocultar o crime.

O Tribunal do Júri de Curitiba condenou na segunda-feira (11/07), Ellen Homiak da Silva Federizzi a 24 anos e 6 meses de prisão. Ela é acusada de matar e esquartejar o marido Rodrigo Federizzi, que era Policial Militar.

Crime
O crime ocorreu no dia 28 de julho de 2016 no apartamento do casal, no bairro Tatuquara, em Curitiba. Ellen usou a arma do marido para matá-lo com um tiro nas costas. O filho do casal, na época com 9 anos, contou que acordou assustado, pensando que o pai tinha matado a mãe ou vice-versa. Foi quando a mãe o mandou brincar no parquinho do condomínio.

Este foi o momento que Ellen usou para cortar o corpo do marido. E ainda confessou que quando chegou no osso, ela não sabia o que fazer. Então, além de usar uma faca de caça para cortar o corpo, usou um serrote para desmembrar os ossos.

De acordo com a denúncia do Ministério Público do Paraná (MPPR), o crime de homicídio duplamente qualificado foi motivado por conta de uma dívida de R$46 mil, contraída por Ellen. A vítima foi morta com um tiro nas costas após uma suposta discussão com a autora do crime, já que o valor se tratava das economias da família e foi subtraído da conta.

Depois de assassinar Rodrigo, Ellen esquartejou o corpo da vítima, colocou partes em uma mala e outras em embalagens plásticas e seguiu de carro para uma localidade rural em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba. Ali, enterrou a mala em um ponto e as demais partes em outro, na tentativa de ocultar o crime.

Ainda na denúncia, consta o fato de que a ré teria feito, meses antes do crime, uma falsa comunicação de sequestro e tentativa de estupro da Delegacia da Mulher.

Defesa
O advogado de defesa, Cleyson Landucci, tentou sustentar a tese de que a acusada sofria violência doméstica e que teria agido no calor do momento.

Entretanto, de acordo com uma das testemunhas de acusação, o delegado Fábio Amaro, responsável pela investigação, ela premeditou o crime.

Após mais de 10 horas de julgamento, o corpo de jurados, composto por sua maioria de mulheres, condenou Ellen pelo crime de homicídio duplamente qualificado. O advogado da família de Rodrigo Federizzi, Reinaldo Vinícius Vieira, diz que a sensação foi de que a justiça foi feita.

A ré respondeu ao processo em liberdade e participou da sessão do júri de forma virtual,  pois alegou que estaria sendo alvo de ameaças. Ela teria se recusado a compartilhar sua localização.

Após a sentença, o pedido de prisão foi expedido contra a ré , que deve cumprir 40% da pena em regime fechado. Ellen chegou a ficar presa de 2016 até fevereiro de 2020. O advogado de defesa informou que vai recorrer da decisão.

Com informações da Banda B e RicMais

Paraná

Criança de 8 anos é atropelada pela própria mãe que confundiu marchas do carro

Caso ocorreu nesta segunda-feira (1º) em Cascavel

Publicado

no

Por

Menino ficou preso embaixo do veículo

Uma criança de oito anos foi atropelada pela própria mãe que confundiu as marchas do carro. Ao tentar dar ré no veículo, ela engatou a primeira marcha e acabou atingindo o menino. O caso ocorreu nesta segunda-feira (1°/8) no bairro Coqueiral, em Cascavel, região oeste do Paraná.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a criança ficou presa embaixo do carro após o atropelamento. A equipe foi acionada e usou equipamentos específicos para retirar o veículo de cima do menino para resgatá-lo.O garoto teve lesões e ferimentos no rosto e foi encaminhado em estado grave ao Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP).

Da Ric Mais
Continuar Lendo

Paraná

Idoso morre após ser atacado por abelhas

Ataque aconteceu durante pescaria em Alvorada do Sul; um amigo que estava junto conseguiu escapar

Publicado

no

Por

Um idoso, de 63 anos, morreu após ser atacado por abelhas durante uma pescaria em Alvorada do Sul, no Norte do Paraná. Um amigo que estava com ele no momento, conseguiu escapar do enxame. A fatalidade ocorreu no último sábado (23).

O tenente da Polícia Militar Emerson Castro, que atendeu a ocorrência, lamentou que a vida do idoso não pode ser salva e informou que, apesar de ter sido acionado todo o aparato possível para a situação, a vítima não resistiu e morreu no local, antes de receber atendimento.

“Um deles conseguiu se salvar, o outro não resistiu aos ferimentos, devido a gravidade, e entrou em óbito. Os órgãos competentes foram acionados, estiveram no local a Polícia Civil para prestar esse atendimento, o Instituto de Criminalística, e também o IML (Instituto Médico Legal)”, explicou o tenente Castro.

Com informações da RicMais
Continuar Lendo

Paraná

Dia D de vacinação é realizado neste sábado em todo o Paraná

Orientação da Sesa é procurar o posto de saúde do município e verificar os horários de vacinação.

Publicado

no

Por

Os municípios de todo o Paraná realizam um novo Dia D da vacinação neste sábado (23/07). Os postos de vacinação estarão abertos para atualização do calendário vacinal. A ação inclui todos os imunizantes elencados pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), além de contemplar também o novo público, crianças de três e quatro anos, contra a Covid-19.

A mobilização conta com o apoio de prefeituras e do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Paraná (Cosems), e busca ampliar a cobertura vacinal no Estado. A orientação da Secretaria de Estado da Saúde é procurar o posto de saúde do seu município e verificar os horários de vacinação.

Covid-19
Segundo o Ministério da Saúde, mais de 26 milhões de doses contra a Covid-19 já foram aplicadas no Paraná. A vacinação abrange público acima dos 3 anos com D1 (exclusivamente da vacina da CoronaVac), além de crianças de 5 a 11 na fase da D1 e D2, de 12 a 39 anos também com a dose de reforço e acima de 40 anos com a segunda dose de reforço, incluindo trabalhadores de saúde.

Influenza
A cobertura vacinal contra a gripe, cuja meta é de 90%, atingiu 72% do público preconizado até o momento. Ela está disponível para a população acima de seis meses de idade.

Sarampo
O sarampo, que tem meta de 95%, também ficou abaixo do esperado, com 46,46% de cobertura vacinal nas crianças menores de 5 anos.

Dados preliminares do primeiro quadrimestre deste ano mostram que as coberturas das vacinas de rotina indicadas pelo Ministério da Saúde permanecem abaixo da meta preconizada:

– BCG (77,74%),

– Febre Amarela (74,27%),

– Hepatite A (73,77%),

– Hepatite B (76,41),

– Meningocócica (77,37%),

– Pentavalente (76,41%),

– Pneumocócica (78,4%),

– Poliomielite (72,15%),

– Rotavírus (75,7%),

– Tríplice Viral (86,85%),

– HPV em meninas (62,51%) e meninos (46,10%).

Da AEN

Dia D de Vacinação ocorre neste sábado em Paranaguá

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.