Ligue-se a nós

Notícias

Moradora de Guaratuba que estava desaparecida é encontrada morta em SC

QUATRO SUSPEITOS DO CRIME FORAM PRESOS

Publicado

no

Agora Litoral
O corpo de Iolinda Gonçalves de Lima, de 59 anos, moradora de Guaratuba que estava desaparecida desde quinta-feira (14), foi encontrado no domingo (17), em São Francisco do Sul, no litoral catarinense. A informação é de familiares, que identificaram o corpo.

A Polícia Civil confirmou, na madrugada desta segunda-feira (18), que Iolinda Gonçalves de Lima foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte). O crime foi solucionado em uma ação conjunta com as polícias de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Dois homens, sendo um de 22 anos e o outro de 30 anos, foram presos em Torres, no litoral norte do Rio Grande do Sul. Eles estavam com o carro e o celular da vítima.

A dupla deixou o corpo de Iolinda em uma área de mata no Distrito do Saí. O corpo foi recolhido ao Instituto Médico legal (IML) de Joinville.

DESAPARECIMENTO
Iolinda foi vista por uma vizinha pela última vez na tarde de quinta-feira (14). A filha da vítima estranhou não conseguir contato com a mãe e acionou a polícia. A casa estava fechada e, após os policiais entrarem, encontraram a casa toda revirada, com manchas de sangue em alguns pontos e Iolinda não foi mais vista.

FAMÍLIA REFÉM
De acordo com o que foi revelado pela Brigada Militar, a dupla rendeu uma família e manteve as 7 pessoas reféns por cerca de 3 horas. A ligação dos assaltantes com o crime que vitimou Iolinda começou a ser desvendada a partir do fato de que a dupla usou o HB20 da mulher no assalto na casa da família em Torres. Eles chegaram com o carro que foi abandonado, já que fugiram com o carro da família.

SUSPEITOS PRESOS
Quatro pessoas foram presas em Torres, no litoral do Rio Grande do Sul. Três são de Joinville e um de São Francisco do Sul. São eles: Luan Keoma Sanches, de 30 anos, Julio Cesar Gonçalves, de 22 anos, Caroline Aparecida Inocência dos Santos, de 21 anos e Raquel Melissa de LIma, de 19 anos.

Anúncio
Clique para comentar

Deixe um comentário!

Notícias

VÍDEO: Área de escape evita acidente com caminhão sem freio na BR-376

Foi no sábado (16). Veículo estava em alta velocidade

Publicado

no

Por

Câmeras registraram entrada na área de escape

O motorista de um caminhão evitou um acidente, que poderia ter graves consequências, ao utilizar a nova área de escape da BR-376, no trecho entre Guaratuba e Curitiba. O veículo estava sem freio e em alta velocidade.

Imagens das câmeras de monitoramento mostram o momento em que o caminhão sai da pista e recorre à área de escape, inaugurada na quinta-feira (14) na chamada Curva da Santa. O caso aconteceu na manhã de sábado (16).

VEJA O VÍDEO

Continuar Lendo

Notícias

Ex de Luana Piovani e Annita quase morre em competição de surfe (VÍDEO)

Resgate de Pedro Scooby foi dramático

Publicado

no

Por

Pedro Scooby, surfista

O surfista brasileiro Pedro Scooby passou maus momentos nesta semana em uma competição em Portugal. Enfrentando ondas gigantescas, ele perdeu a consciência em cima da prancha e se afogou.

Scooby ficou um tempo perdido embaixo da água e foi resgatado pelo alemão Sebastian Steudtner, que estava em um jet ski. O colega de competição o colocou para respirar com a ajuda de um cilindro de oxigênio e também o aqueceu com cobertores.

“Existem dois dias importantes na nossa vida. O dia que a gente nasce e o dia que descobrimos porque que a gente nasceu. Eu nasci pra isso! Minha gratidão para essas pessoas que me resgataram e cuidaram de mim. Deem valor à vida! Ela é mais frágil do que imaginamos e passa em um sopro. Ame mais e seja sempre grato! Só se vive uma vez!”, declarou o surfista, que ficou conhecido nacionalmente por seus relacionamentos com a atriz Luana Piovani e a cantora Annita.

VEJA O VÍDEO

Continuar Lendo

Notícias

Bebê de dois meses é salvo por policiais militares de Morretes

Havia se engasgado com o leite materno

Publicado

no

Por

Os policiais com o bebê e os pais

Na terça-feira (12), por volta das 16h45, uma equipe da Polícia Militar foi acionada pelo telefone de emergência 190 para prestar o pronto atendimento a uma mãe e seu bebê, de apenas dois meses, que havia se engasgado com o leite materno.

Na ligação, a mulher demonstrava muito nervosismo e não conseguia relatar aos policiais o local exato onde se encontrava, apenas conseguindo precisar o bairro Porto de Cima, em Morretes.

De posse dessa única informação referente ao endereço, a equipe composta pelos soldados Jhonata Jherondy Guênio e Robert Layo Pedroso começou a se deslocar com prioridade para o referido bairro, enquanto aguardava por maiores detalhamentos do endereço.

Já mais próximo do local da ocorrência, enquanto ainda se deslocavam, o motorista de um carro acenou para os policiais, que imediatamente pararam a viatura e verificaram que se tratava do pai do bebê, o qual encontrava-se com a criança no colo, já apresentando sinais de hipoxia (falta de oxigênio), como membros arroxeados.

MANOBRA DE HEIMLICH

No momento em que entrou em contato com os policiais, o pai, em ato de desespero, imediatamente entregou a criança nos braços do soldado Pedroso, que logo iniciou a manobra de Heimlich (considerado o melhor método pré-hospitalar de desobstrução das vias aéreas), tentando a reanimação por alguns minutos no local, onde veio a sair um pouco de líquido (aparentemente leite). Porém, a criança ainda não apresentava reação.

Em vista disso, os policiais entraram na viatura, juntamente com a mãe do bebê, e iniciaram o deslocamento para o hospital.

Durante o trajeto, o soldado Pedroso continuou com a manobra de Heimlich, intercalando com massagem cardíaca e, após alguns minutos, a criança manifestou a primeira reação – um choro fraco, demonstrando que ainda lutava por sua vida, vindo aos poucos normalizar sua coloração graças ao retorno do oxigênio em seus pulmões.

Logo em seguida, a viatura chegou ao Hospital de Morretes, onde o bebê foi atendido pela equipe médica de emergência.

Posteriormente, o médico plantonista veio cumprimentar a equipe policial, relatando que o pré-atendimento prestado pelos policiais foi primordial para a garantia da vida do bebê.

Outro salvamento

Em 25 de setembro, também em Morretes, dois policiais militares salvaram uma bebê que, igualmente, estava engasgada com o leite materno. O Agora Litoral registrou:

PMs visitam bebê que salvaram em Morretes na semana passada

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.