Ligue-se a nós

Paranaguá

Vítima de cárcere privado pede ajuda por bilhetes e marido acaba preso

Pedidos de socorro foram escritos com batom em sacolas plásticas e papéis

Publicado

no

Um dos bilhetes escritos pela mulher

Agentes da Guarda Civil Municipal prenderam, na noite de segunda-feira (10), no Centro Histórico de Paranaguá, um homem de 40 anos acusado de manter em cárcere privado sua esposa.

A vítima, de 49 anos, pediu ajuda de vizinhos, através de mensagens escritas em pedaços de papel e sacolas plásticas, que foram jogadas pela janela de sua casa.

O cárcere privado foi descoberto por volta das 21h30, quando moradores na Rua Pêcego Junior ligaram para a Central de Controle Operacional da (GCM) informando que, em uma casa na região, havia uma mulher pedindo ajuda através de bilhetes.

De imediato, a equipe da viatura L01 foi averiguar. Em conversa com populares, estes relataram que, na noite de domingo (9), tinham escutado barulho de vidros sendo quebrados e gritos de socorro vindos da casa e que haviam encontrados vários pedidos de ajuda, escritos com batom, em pedaços de papel e sacolas plásticas.

Pedidos de socorro feitos pela mulher

Diante do relato, os agentes foram até a moradia indicada e, pelo interfone, falaram com a moradora. Ela pediu para que a equipe da GCM não saísse da frente da sua casa.

Em seguida, a mulher abriu o portão e correu para trás da guarnição, dizendo que havia sido agredida e estava em cárcere privado.

Neste momento apareceu o companheiro dela, o qual negou toda a história, dizendo que havia ocorrido apenas um desentendimento por questões conjugais.

Em vista das versões conflitantes, os agentes resolveram encaminhar o casal para a Delegacia Cidadã, para que pudesse ser ouvido pelas autoridades policiais.

FUGA
Porém, quando os agentes manobravam a viatura, o homem fugiu correndo em direção à Rodoviária Municipal. Os guardas civis foram atrás dele. Ao ser alcançado o homem reagiu, mas foi dominado.

Conduzido ao plantão da 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá, o homem acabou autuado pelos crimes de cárcere privado e violência doméstica e, em seguida, recolhido ao setor de carceragem da Cadeia Pública, à disposição da Justiça.

Deixe seu comentário!

Paranaguá

ROMU prende rapaz com drogas e revólver no Jardim Araçá

Ação da GCM ocorreu na noite de terça-feira (7).

Publicado

no

Por

Na noite de terça-feira (8), agentes da Guarda Civil Municipal prenderam Angelo Eduardo Rodrigues Sousa, de 20 anos, durante uma abordagem no Jardim Araçá, em Paranaguá. Com ele foram apreendidas porções de cocaína, crack e maconha, além de uma arma de fogo.
A ação teve início por volta das 23h30, quando uma equipe da ROMU (Ronda Ostensiva Municipal), durante patrulhamento pela Estrada do Correio Velho, revolveu fazer uma incursão a pé por um beco denunciado por ser ponto de comércio de entorpecentes.

Ao entrarem no beco, os agentes flagraram Angelo correndo em direção da equipe com uma arma na mão e foi efetuado um disparo de advertência para o chão, fazendo com que o suspeito parasse.

Em seguida, foi constatado que se tratava de um revólver calibre 38 com cinco munições, que estava em um coldre.

Na abordagem, Angelo ainda tentou reagir, mas foi dominado e, em seguida, ao ser feita a busca pessoal, foi encontrada com ele uma pochete contendo buchas de cocaína (4,5 gramas), além de um invólucro com 2,6 gramas de crack e outro contendo 6,3 gramas de maconha.
Também foram apreendidos com o rapaz R$ 62 em dinheiro miúdo, um relógio e um telefone celular.

Diante da situação, Angelo – que reside no Jardim Araçá – acabou encaminhado ao plantão da Delegacia Cidadã, junto com tudo que foi apreendido, para a elaboração do flagrante.

Continuar Lendo

Paranaguá

Engavetamento envolvendo três caminhões deixa motorista preso nas ferragens

Foi na noite de segunda-feira, na região da Vila São Jorge

Publicado

no

Por

Acidente foi no Km 4 da BR-277

Um acidente de trânsito envolvendo três caminhões, todos carregados com soja, na noite de segunda-feira (6), no Km 4 da BR-277, na região da Vila São Jorge, em Paranaguá, deixou uma pessoa gravemente ferida.

A vítima foi identificada como Rogério Soares, que era o motorista de um dos veículos e ficou preso nas ferragens.

Rogério era o condutor de um Volvo FH540, com placas de Paranaguá, o qual foi o último veículo envolvido no acidente e que pegou fogo no motor com a colisão, provocando muita fumaça na cabine onde ele estava preso.

Os policiais militares foram os primeiros agentes de segurança a chegarem no local, por volta de 23 horas, e iniciaram o combate ao incêndio com a ajuda de extintores cedidos por caminhoneiros que estavam parados na fila.

O incêndio foi totalmente controlado com a chegada das equipes do Corpo de Bombeiro e da concessionária Ecovia.
Após ser retirado do veículo, Rogério Soares foi encaminhado ao pronto-socorro do Hospital Regional do Litoral.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, que também se deslocou em atendimento à ocorrência, o trânsito ficou interditado no local, sendo totalmente liberado por volta das 2h20 desta terça-feira (7).

Continuar Lendo

Paranaguá

Rapaz é ferido com tiro no rosto durante confusão na Vila Divinéia

Autor do disparo seria um homem de 42 anos e morador na região

Publicado

no

Por

Um rapaz de 22 anos foi ferido com um tiro no rosto, durante uma confusão na Vila Divinéia, em Paranaguá, na noite de segunda-feira (6).

Socorrido em um veículo particular, ele foi levado ao Hospital Regional do Litoral.

Policiais militares se deslocaram em atendimento à ocorrência por volta das 19 horas e, no trajeto, foram informados que a vítima já estava sendo encaminhada para o hospital.

Ao chegarem no local, os policiais foram informados que o autor do disparo seria um homem de 42 anos, morador na região, o qual teria sido procurado pela vítima em sua casa.

Os dois teriam discutido e a confusão evoluído para vias de fato, momento em que o autor teria puxado uma arma e atirado no jovem, que é morador de outro bairro e estava acompanhado de um irmão.

O suspeito do disparo não foi encontrado e, segundo o que foi apurado pelos policiais, após o tiro ele teria saído dirigindo seu carro, de posse da arma.

Os policiais militares realizaram patrulhamento pela região, mas o suspeito não foi localizado.

O caso foi registrado em boletim de ocorrência como disparo de arma de fogo e lesão corporal de natureza grave.

Continuar Lendo
Anúncio