Ligue-se a nós

Notícias

UFPR disponibiliza vagas pelo Sisu

Vagas para a Universidade Federal estão distribuídas em 107 cursos oferecidos nos campi de Curitiba, Matinhos e Pontal do Paraná.

Publicado

no

Paranaguá, PR
Agora Litoral

Os candidatos que ainda sonham com uma vaga na Universidade Federal do Paraná em 2017 têm uma nova chance. A Universidade disponibilizou 1401 vagas para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), gerenciado pelo Ministério da Educação.

As inscrições devem ser feitas pelo site do Sisu (www.sisu.mec.gov.br), entre amanhã (24) e 27 de janeiro.

As vagas estão distribuídas nos campi de Curitiba, Matinhos e Pontal do Paraná.

Para participar, os estudantes devem ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) em 2016, e ter nota diferente de zero na redação.

Os candidatos podem se inscrever em até duas opções entre as vagas ofertadas pelas instituições participantes do Sisu, e também devem definir se desejam concorrer a vagas de ampla concorrência ou a vagas destinadas às cotas.

A distribuição das vagas nos cursos da UFPR e demais informações podem ser conferidas no edital disponível no site do Núcleo de Concursos da UFPR (www.nc.ufpr.br).

O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 30 de janeiro, no site do Sisu.

Na UFPR, as matrículas dos aprovados pelo Sistema deverão ser realizadas entre os dias 3 e 7 de fevereiro, dependendo do curso – informação também disponível no edital.

Anúncio
Clique para comentar

Deixe um comentário!

Notícias

Marcelo Roque inaugura a primeira subprefeitura de Paranaguá

Cerimônia foi na manhã desta segunda-feira

Publicado

no

Por

Subprefeitura está instalada onde funciona o CAIC

O prefeito Marcelo Roque inaugurou, na manhã desta segunda-feira (9), a primeira subprefeitura de Paranaguá. Instalada na Avenida Bento Munhoz da Rocha Neto, num terreno onde funciona o CAIC, o prédio foi construído com contêineres e já se destaca na paisagem do local.

Levantamento da Prefeitura mostra que os serviços oferecidos beneficiarão cerca de 40 mil moradores da região sul da cidade.

No local serão oferecidos os seguintes serviços: Protocolo, Procon, IPTU, informações sobre alvará de construção e de funcionamento, Sala do Empreendedor, Sine, Correios, sala para a Guarda Civil Municipal, Tecnologia da Informação, gabinete para audiências do prefeito e para a Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos, além de espaços para serviços internos.

EX-PREFEITO HOMENAGEADO
A subprefeitura tem o nome do ex-prefeito Valdir Salmon, que morreu aos 83 anos em 2017. Ele ficou à frente da Prefeitura entre 1982 e 1988.

Familiares dele participaram do evento de inauguração, assim como os vereadores Edu Oliveira, Ratinho, Thiago Kutz, Sargento Orley e Nilo Ribeiro Monteiro, além de secretários municipais, lideranças comunitárias e moradores da região. Representantes da empresa Harbor, responsável pela construção, em parceria com o Município, também estavam presentes.
Marcelo Roque, que estava acompanhado da primeira-dama, Amanda, falou sobre a homenagem feita a Valdir Salmon. “É uma homenagem singela, para uma pessoa que fez muito por Paranaguá e que foi muito injustiçado, porque tem grandes obras por Paranaguá, como o Ginásio Albertina Salmon, a Rodoviária, a parte mais difícil da ponte do Valadares, que foi a [instalação] de estacas, e muita pavimentação pela cidade”, lembrou o prefeito.

Ainda segundo Marcelo Roque, as outras três subprefeituras que serão construídas (Vila Cruzeiro, Ilha dos Valadares e Alexandra), também terão nome de ex-prefeitos.

PROMESSA DO PAI
O prefeito lembrou que o pai, Mário Roque, prometeu na campanha de 2012 que iria construir subprefeituras pela cidade, mas ele não teve tempo, pois faleceu no sexto mês do mandato, em 2013.

“Agradeço à população pela oportunidade que me deu de hoje poder realizar essa promessa do meu saudoso pai. Este espaço terá demanda igual à do Palácio São José e beneficia a região mais populosa da nossa cidade. Parabéns à comunidade, obrigado à Harbor e aos nossos funcionários”, concluiu Marcelo Roque.

INICIATIVA IMPORTANTE
A esposa de Valdir Salmon, a ex-primeira dama Sueli Terezinha, e o filho do casal, Luiz Paulo, estavam presentes à cerimônia de inauguração. O jovem falou em nome da família e agradeceu ao prefeito pela iniciativa tão importante para a comunidade.
“A gente fica muito feliz em ser uma iniciativa para o povo. Na época em que meu pai foi prefeito o lema da gestão era: O importante é o poder da comunidade”, recordou o filho, que destacou ainda a facilidade que está sendo gerada à população da região, que terá serviços da Prefeitura perto de casa.

O superintendente da Harbor Operadora Portuária, Valmor Filipetto, também afirmou que a equipe da empresa estava feliz por ter participado do projeto.
“Mais importante que fazer a obra é o seu objetivo. Ter local para atender população do Nilson Neves e bairros próximos, que não precisarão ir ao Centro para ter os serviços, é muito importante. É uma facilidade que a Prefeitura está oferecendo, facilitando a vida de todos. Estamos nos sentindo honrados com a parceria que fizemos com a Prefeitura e agradeço ao vereador Edu, pela conexão promovida, e à nossa equipe pela dedicação”, completou o superintendente.

Para o secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, José Marcelo Coelho, o dia era de gratidão.
“Esse é um sonho que se cumpre de aproximar o atendimento à população”, destacou o secretário, que falou ainda das facilidades dos serviços para os moradores da região do CAIC.

Já o vereador Edu Oliveira afirmou que um momento como esse dignifica estar vereador.
“É um espaço voltado à população, a quem precisa. Melhorar, dar condições mais dignas de atendimento das pessoas que estão longe do Centro é muito importante. Nossa cidade cresceu, melhorou, está passando por uma transformação”, destacou o parlamentar.

BAIRROS BENEFICIADOS
Com a subprefeitura em funcionamento serão beneficiados moradores de bairros vizinhos como a Vila Divinéia, Jardim Samambaia, Parque São João, Nilson Neves, Bertioga, Parque Agari, Jardim Paranaguá, Vila dos Comerciários, Jardim Jacarandá, Jardim Ouro Fino, Jardim Esperança, Vila Garcia, Jardim Paraná, dentre outros.

A exemplo do prédio do Palácio São José, a subprefeitura funcionará no mesmo horário: das 8h às 11h e das 13h às 18h

CONHEÇA A SUBPREFEITURA

Continuar Lendo

Notícias

ESPECIAL PET: Cães e gatos também sofrem com a depressão

Doença não aflige só seres humanos

Publicado

no

Por

É bom prestar atenção nos sinais

O Brasil é o país mais deprimido da América Latina. São quase 12 milhões de brasileiros sofrendo com a doença. Porém, quem pensa que o transtorno depressivo aflige apenas seres humanos está enganado. Cães e gatos também convivem com o problema, conforme explica Luana Sartori, veterinária responsável pela Monello Select. 

Traumas, abandono, chegada de um novo membro, mudança de ambiente e solidão são algumas das causas da depressão nos animais. “A tristeza profunda acomete cães e gatos que passam por experiências difíceis, por sustos grandes ou que ficam muito tempo sozinhos. Cada animal responde de uma forma a esses fatores expostos”, conta Luana.

É importante não confundir a depressão com a Síndrome da Ansiedade de Separação – conhecida pela sigla SAS. Muito embora os sintomas sejam semelhantes, são problemas diferentes. Alguns sinais indicam que o pet pode estar em estado de depressão como, por exemplo, a falta de apetite que vai piorando conforme os dias passam.

“A falta de interesse pelas coisas também pode ser sinal da doença. Ficar muito agitado, rejeitar carinhos do tutor, destruir objetos da casa, urinar em local diferente e latir em demasia também podem indicar um transtorno depressivo”, acrescenta a especialista da Nutrire.

Às vezes, a mudança de ambiente pode desencadear o problema. “O que parece simples para nós, não é tão simples para o pet. As mudanças sempre causam desconforto ao animal, que já estava ambientado ao local que vivia. Sair da zona de conforto pode causar medo aos bichinhos e uma série de doenças, inclusive a ansiedade e depressão”, revela.

O mais indicado para quem vai se mudar é levar o animal para reconhecer o local antes da mudança. Além disso, evitar ao máximo mudar seus hábitos e rotinas também é importante. “Leve o pet para passear nos mesmos horários, mantenha as mesmas brincadeiras e redobre o afeto para que ele se sinta acolhido nesse novo ambiente”, indica Luana.
TRATAMENTO
Ao notar qualquer mudança no pet, seja física ou de comportamento, o recomendado é consultar o veterinário imediatamente. “Muitos desses sintomas estão relacionados com outras doenças mais graves, que exigem tratamento imediato. Por isso, é sempre importante que o animal esteja com as vacinas em dia e frequente um especialista regularmente”, alerta.

O tratamento varia de acordo com cada caso, mas pode ser necessário o uso de medicamentos alopáticos – que têm ação específica nos sintomas. Você pode ajudar a prevenir o transtorno depressivo estabelecendo uma rotina de brincadeiras e mantendo os passeios em dia.

“O ambiente em que o animal vive deve ser limpo diariamente e, claro, protegido da chuva. É importante que os bichinhos aproveitem o sol, mas com cuidado para evitar o câncer de pele, especialmente nos gatinhos brancos. Todos esses fatores influenciam no bem estar do pet”, conclui Luana.

Continuar Lendo

Notícias

Tudo pronto para a temporada de verão nas praias do Paraná

Abertura oficial da temporada 2019/2020 será dia 21

Publicado

no

Por

Praia Mansa/Matinhos - Foto: Maurilio Cheli

O Governo do Estado concluiu os últimos detalhes da operação que, neste ano, será aberta oficialmente no dia 21 de dezembro, em Matinhos, no Litoral, com a presença do governador Carlos Massa Ratinho Junior. As ações acontecem no Litoral e nas praias de água doce no Interior do Estado.

O Verão Maior, temporada 2019/2020, será marcado por reforço de policiais e bombeiros e nos serviços de saúde, saneamento, cultura, esporte e lazer, energia, além de proteção ambiental, limpeza das praias e monitoramento da qualidade das águas.

As ações envolvem inúmeros órgãos estaduais, como Segurança Pública, Saúde, Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Cultura, Esporte, Sanepar e Copel. Também contam com a parceria dos municípios.

Eventos que se espalharão também por outras regiões do Estado, como as Costas Leste, Oeste e Noroeste, até março. Serão ações e serviços para moradores e veranistas, com destaque para shows com artistas nacionais, queima de fogos, atividades de esporte e lazer, de entretenimento, além de reforço de segurança, saúde, proteção, orientações e projetos educativos.

“Será o maior verão da história do Paraná, com uma série de atrativos que farão com que os turistas conheçam ainda mais o nosso Estado, do Litoral à Costa Oeste”, afirmou Ratinho Junior. “Uma grande ação para impulsionar o turismo, recebendo muito bem os veranistas neste período de fim de ano e férias, gerando emprego e renda em diversas cidades”, completou.

SEGURANÇA PÚBLICA – Para que os veranistas possam curtir os encantos do Paraná com tranquilidade e sem preocupação, a Secretaria da Segurança Pública ampliou o efetivo nas regiões mais procuradas nesta época do ano, com destaque para o Litoral.

Estão programadas ações de policiamento ostensivo, proteção direta nas cidades, rodovias, praias (areia e mar), rios e matas, com o serviço de inteligência das polícias se antecipando a possíveis ocorrências.

A Polícia Militar reforçará o policiamento no Litoral do Estado com viaturas, módulos, motocicletas, bicicletas e helicóptero, além de um efetivo reforçado de acordo com o número de pessoas que descem para curtir o verão. Também haverá reforço policial e do Corpo de Bombeiros nas Costas Oeste e Noroeste.

Secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho destacou que a parceria entre Estado e prefeituras municipais será a chave do programa Verão Maior. “O sucesso da operação depende do apoio, parceria e colaboração de todos os órgãos envolvidos, para que possamos prestar o melhor serviço para quem vai curtir a temporada no Paraná”, disse.

Marinho lembrou que haverá policiamento costeiro, por parte do 9º Batalhão da Polícia Militar, com atenção voltada para o mar e baías que recortam o Litoral paranaense. Pela Polícia Civil, haverá reforço no quadro de investigadores, escrivães e delegados.

O trabalho contará com o apoio de uma aeronave do Grupamento de Operações Aéreas (GOA), que atuará de maneira integrada com as demais forças de segurança. Ações de combate a golpes comuns nessa época também serão aplicadas.

BOMBEIROS – O Corpo de Bombeiros do Paraná terá um efetivo de mais de 700 militares e guarda-vidas civis. O atendimento é voltado a casos de emergência, como afogamentos.

No Litoral serão diversos postos de guarda-vidas, que contarão com o apoio da aeronave do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), tanto nos resgates e remoções aeromédicas quanto em patrulhamento preventivo.

POLÍCIA RODOVIÁRIA – Nas estradas estaduais da região litorânea, o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) atuará com quatro postos para fazer a fiscalização de trânsito, com operações e atividades de combate ao excesso de velocidade e embriaguez ao volante.

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) tem ainda equipes para fazer a conservação das vias com serviços de pavimentação, sinalização, roçada e limpeza, tudo para garantir que o tráfego de veículos seja mais seguro possível.

DEPEN – Efetivo do Departamento Penitenciário do Paraná (DEPEN-PR) também ganhará reforço. Serão feitas remoções de detentos das carceragens do Litoral do Estado antes do início das atividades de verão.

A Central de Monitoramento de Tornozeleira Eletrônica prestará apoio às ações, bem como equipes da Seção de Operações Especiais (SOE) farão fiscalizações nas carceragens de delegacias para retirar materiais ilícitos.

CIENTÍFICA – A Polícia Científica reforçará os serviços do Instituto de Criminalística e do Instituto Médico-Legal, oferecendo suporte aos demais órgãos de Segurança Pública, Ministério Público e Poder Judiciário em relação à solução de crimes. Além da base em Paranaguá, durante a temporada a corporação terá um posto temporário em Matinhos.

SAÚDE – Na área da saúde já estão destinados R$ 5,6 milhões para as atividades que serão realizadas no período de verão nos municípios do Litoral paranaense – são R$ 900 mil a mais do que foi investido na última operação.

Os recursos serão usados para contratação de pessoas para trabalhar 72.948 horas, ou 6.079 plantões de 12 horas cada um. Equipes assistenciais (médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem) nos hospitais de Antonina, Matinhos, Morretes e Paranaguá serão reforçadas.

Nos casos de emergência, haverá ainda o apoio da aeronave da Polícia Militar. Além disso, como forma de prevenção, estão previstas ações educativas de combate à dengue, sarampo e outras doenças.

CULTURA – A Secretaria de Estado da Comunicação e Cultura vai promover ações de entretenimento durante o período. Haverá shows com artistas renomados nacionalmente. Além disso, um diferencial do Governo do Estado neste ano será a queima de fogos em diferentes balneários do Litoral.

LAZER E ESPORTE – Para ajudar na recreação dos veranistas, a superintendência do Esporte planejou várias atividades lúdicas e esportivas em seis pontos fixos das praias paranaenses, em Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná.

A Costa Oeste do Estado também será contemplada com várias atividades de lazer, principalmente no município de Porto Rico. Além disso, foi realizado um concurso para contratação temporária de acadêmicos de Educação Física para atuarem durante as atividades no verão.

Os serviços serão disponibilizados ao público em janeiro e fevereiro.

ENERGIA ELÉTRICA – Com o aumento da demanda por serviços, a Copel já reforçou o efetivo operacional das unidades do Litoral. Também houve investimentos na melhoria da rede elétrica, totalizando 93 obras concluídas, além de outras em andamento com previsão de conclusão para as próximas semanas. Haverá distribuição de material educativo sobre o consumo racional de energia.

Assim como no ano anterior, a Copel disponibilizará contêineres em Matinhos (Caiobá) e Guaratuba (Praia Central), além de uma unidade móvel em Pontal do Paraná, com orientações aos usuários, entrega de folders e empréstimo dos patinetes e bicicletas elétricas.

LIMPEZA DAS PRAIAS – A Sanepar fez investimentos para melhoria dos serviços de atendimento ao cidadão, fornecimento de água e o tratamento de esgoto. Os veranistas poderão contar com a Sanepar para a limpeza das praias (coleta manual durante o dia).

Serão dez equipes de coleta em Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná.

Assim como nos anos anteriores, o projeto das ecoduchas (Chuá) será instalado em pontos fixos do Litoral, e outros dois itinerantes. Também relacionado à limpeza da região, o Instituto das Águas do Paraná informou que está ajustando todas as questões referentes a limpeza na Ilha do Mel.

QUALIDADE DAS ÁGUAS E AMBIENTE – Na área do meio ambiente, o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) atuará com a fiscalização das áreas de proteção ambiental, junto com a Polícia Ambiental, e também na proteção da fauna e da flora.

Haverá monitoramento das águas em 49 pontos do Litoral e outros pontos nas praias artificiais do Lago Itaipu, na Costa Oeste. Também estão previstas atividades de educação ambiental.

O Batalhão de Polícia Ambiental Força Verde (BPAmb-FV), que desenvolve um trabalho de pré-temporada, fará operações e outras ações para combater a pesca irregular, desmatamento, entre outros crimes.

PROTEÇÃO E EMPREGO – A Secretaria da Justiça, Família e Trabalho vai realizar diversas operações e ações voltadas para a proteção da criança e do adolescente, combatendo também a exploração infantil.

Também estão previstas atividades conjuntas com as forças policiais do Estado de proteção à criança, como já tem sido realizada, a exemplo da operação Infância Segura.

TRÂNSITO – Pelo Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) serão organizadas atividades de educação no trânsito, desenvolvendo projetos e abordagens educativas em momentos específicos da temporada.

As equipes estarão nos balneários de Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná, com atividades nos finais de semana, a partir de janeiro até o carnaval, com tendas junto com os profissionais da Superintendência do Esporte.

Da AEN
Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.