Ligue-se a nós

Paranaguá

Projeto oferece serviços gratuitos no ginásio do aterro em Paranaguá

Paraná Cidadão oferece cerca de 15 serviços com foco na inclusão social e cidadã

Publicado

no

Ginásio Albertina Salmon sedia projeto social do Governo do Estado em parceria com a Prefeitura Municipal

Paranaguá, PR
Agora Litoral

O ginásio Albertina Salmon (ginásio do aterro) sediará, de hoje até sexta-feira (24), das 9 às 17 horas, o Paraná Cidadão, projeto social que oferece cerca de 15 serviços gratuitos à comunidade de Paranaguá, com foco na inclusão social e cidadã.

Nesta quarta-feira (22) o dia será exclusivo para os jovens aproveitarem e emitirem sua carteira de identidade dentro do projeto “Criança e Adolescente Protegidos”. Na quinta e sexta-feira a emissão de RG será disponibilizada a toda população.

Durante todos os dias no Albertina Salmon haverá oferta de vagas de emprego, orientação jurídica, concessão de tarifa social de luz e água, defesa do direito do consumidor, serviços na área de direitos humanos, assistência social, ações nas áreas de saúde, educação, segurança, trânsito e habitação, bem como cultura e lazer, inclusão digital e intensificação do programa Nota Paraná.

O projeto é uma parceria do Governo do Estado com a Prefeitura de Paranaguá. De acordo com a Secretaria de Estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, o objetivo do Paraná Cidadão é atender os 399 municípios do Paraná, levando ações que atendam a população, que muitas vezes não consegue se deslocar até um ponto de atendimento para fazer documentos pessoais ou para procurar um emprego.

Desde a sua criação em 2015, o Paraná Cidadão já realizou 140 mil atendimentos em 16 municípios paranaenses. A ação em Paranaguá busca expandir o programa para ainda mais pessoas. Os interessados devem levar comprovante de residência e documentos pessoais em bom estado.

Deixe seu comentário!

Paranaguá

Mulher é baleada na perna em atentado misterioso na Serraria do Rocha

Uma outra pessoa também teria sido ferida, mas sumiu.

Publicado

no

Por

ATUALIZADA ÀS 16H55

Uma mulher foi baleada na perna em um atentado a tiros no bairro Serraria do Rocha, em Paranaguá.

O fato ocorreu por volta de 15 horas de terça-feira (2), na Rua Tufi Maron.

Adriana Andreia Alves de Souza, de 26 anos, foi encontrada por uma equipe de Rádio Patrulha com um ferimento de arma de fogo na perna esquerda.

Ao ser questionada pelos policiais, ela disse que não sabia quem tinha atirado e que não se lembrava de nada.

Adriana foi socorrida pelo SAMU e encaminhada ao Hospital Regional do Litoral.

SEGUNDA VÍTIMA
Durante as diligências, os militares foram informados por algumas pessoas que um rapaz conhecido por “Rato” também teria sido baleado, mas que este havia sumido.

Os policiais realizaram patrulhamento pela região, mas não localizaram a segunda vítima do atentado.

HISTÓRICO CRIMINAL
Adriana Andreia (foto) é natural de São José dos Pinhais, mas mora na área central de Paranaguá. Em janeiro de 2019 ela foi presa pela Guarda Civil Municipal, na Ilha dos Valadares, com porções de cocaína e crack.

O Agora Litoral registrou:

Mulher é flagrada vendendo drogas na Ilha dos Valadares

Continuar Lendo

Paranaguá

Prefeitura construirá 13 módulos da GCM em 10 bairros de Paranaguá

Instalações são modernas, de contêiner, e reforçarão segurança.

Publicado

no

Por

A Prefeitura de Paranaguá vai construir 13 módulos da Guarda Civil Municipal em 10 bairros do município. Serão investidos mais de R$ 1 milhão com recursos próprios.
Os novos módulos são modernos, de contêiner, e serão instalados no Jardim Araçá, Vila Guarani, Jardim Samambaia, Ilha dos Valadares, Alexandra, Porto Seguro, Jardim Esperança, Aeroparque, Jardim Iguaçu e Serraria do Rocha.

O secretário de Segurança Pública, sargento João Carlos da Silva, diz que o reforço no patrulhamento será reforçado.

“Os módulos somarão ao trabalho que é exercido pela Secretaria de Segurança. Haverá a presença dos nossos guardas municipais, atingindo assim até as localidades mais afastadas”, salienta.O vereador Orlei colaborou na aquisição com emendas orçamentárias

Continuar Lendo

Paranaguá

Três barcos são entregues às ilhas e comunidades marítimas

Embarcações foram entregues pela Prefeitura na manhã desta terça-feira.

Publicado

no

Por

A Prefeitura de Paranaguá entregou na manhã desta terça-feira (2) três barcos novos para as secretarias municipais de Saúde, Segurança Pública e Cultura e Turismo. As embarcações servirão para atender a população de ilhas e comunidades marítimas da cidade.

Não houve cerimônia formal, para evitar aglomeração e assim a proliferação do coronavírus; somente a presença dos secretários responsáveis pelas pastas, numa marina na região do bairro Costeira.

Foram investidos R$ 425 mil. Os barcos da Segurança e da Cultura e Turismo tiveram custo de R$ 165 mil cada. Já o da Saúde saiu por R$ 95 mil, sendo que R$ 38 mil deste total é do governo federal, via emenda parlamentar. O restante foi aplicado com recursos próprios do tesouro municipal.

O investimento inclui também carretinha de transporte e material de salvatagem. A Prefeitura de Paranaguá receberá nos próximos dias outras duas embarcações, uma para a Educação e outra para a Assistência Social.

A secretária municipal de Saúde, Lígia Regina de Campos Cordeiro, destacou que o barco será importante para a prestação de serviços essenciais da pasta e que neste momento de pandemia servirá para aumentar a ação da Vigilância Sanitária e ainda no transporte de vacinas e equipes de servidores.
“É um investimento eficiente que fazemos. (…) Agradeço também outras secretarias, que são parceiras e ajudam nas ações de combate ao coronavírus”, completou a secretária.

Já o secretário municipal de Cultura e Turismo, Harrison Camargo (Canela), salientou que a embarcação servirá para alavancar as atividades que já estão sendo planejadas para o período pós-pandemia.
“Essa lancha vai dar a possibilidade de visitas da equipe técnica às comunidades, desenvolver festivais gastronômicos e a orientação aos turistas, atendendo-os com uma velocidade maior e com mais qualidade. O turismo e a cultura são dois propulsores da economia que hoje se encontram parados, mas a retomada tem que ser rápida”, avaliou o secretário.

Além de vigilância e combate à criminalidade, a embarcação para a Segurança, que será usada pela Guarda Civil Municipal, também servirá para o patrulhamento das ilhas e ainda no enfrentamento ao coronavírus. A informação é do secretário João Carlos da Silva.
“Vamos ajudar a fazer também fiscalização e campanha de conscientização em outras ilhas e comunidades sobre a importância do uso de máscaras, do álcool em gel. Além disso temos os atendimentos em casos emergenciais e assistência que já damos, com outra embarcação que possuímos”, lembra o secretário.

Da PMP
Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.