Ligue-se a nós

Paranaguá

Projeto oferece serviços gratuitos no ginásio do aterro em Paranaguá

Paraná Cidadão oferece cerca de 15 serviços com foco na inclusão social e cidadã

Publicado

no

Ginásio Albertina Salmon sedia projeto social do Governo do Estado em parceria com a Prefeitura Municipal

Paranaguá, PR
Agora Litoral

O ginásio Albertina Salmon (ginásio do aterro) sediará, de hoje até sexta-feira (24), das 9 às 17 horas, o Paraná Cidadão, projeto social que oferece cerca de 15 serviços gratuitos à comunidade de Paranaguá, com foco na inclusão social e cidadã.

Nesta quarta-feira (22) o dia será exclusivo para os jovens aproveitarem e emitirem sua carteira de identidade dentro do projeto “Criança e Adolescente Protegidos”. Na quinta e sexta-feira a emissão de RG será disponibilizada a toda população.

Durante todos os dias no Albertina Salmon haverá oferta de vagas de emprego, orientação jurídica, concessão de tarifa social de luz e água, defesa do direito do consumidor, serviços na área de direitos humanos, assistência social, ações nas áreas de saúde, educação, segurança, trânsito e habitação, bem como cultura e lazer, inclusão digital e intensificação do programa Nota Paraná.

O projeto é uma parceria do Governo do Estado com a Prefeitura de Paranaguá. De acordo com a Secretaria de Estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, o objetivo do Paraná Cidadão é atender os 399 municípios do Paraná, levando ações que atendam a população, que muitas vezes não consegue se deslocar até um ponto de atendimento para fazer documentos pessoais ou para procurar um emprego.

Desde a sua criação em 2015, o Paraná Cidadão já realizou 140 mil atendimentos em 16 municípios paranaenses. A ação em Paranaguá busca expandir o programa para ainda mais pessoas. Os interessados devem levar comprovante de residência e documentos pessoais em bom estado.

Anúncio
Clique para comentar

Deixe um comentário!

Paranaguá

Homem com tornozeleira eletrônica é preso após assaltar mulher com faca

Prisão foi feita pela GCM na noite de segunda-feira

Publicado

no

Por

Flávio Henrique foi preso pela ROMU

Agentes da Guarda Civil Municipal prenderam, na noite de segunda-feira (9), Flávio Henrique Artigas Alves, de 23 anos, acusado da prática de roubo na área central de Paranaguá. A vítima foi uma mulher de 33 anos, que foi ameaçada com uma faca e teve o celular levado por ele.

Por volta das 21h30, uma equipe da Romu (Ronda Ostensiva Municipal) estava em patrulhamento pelas imediações do Terminal Urbano Rodoviário, quando, ao entrar na Travessa Correia de Freitas, foi abordada por populares informando sobre um assalto que estava ocorrendo naquele momento, praticado por um indivíduo em uma bicicleta.

De imediato os agentes foram averiguar e pessoas começaram a apontar para Flávio, que ao perceber que seria abordado largou no chão uma faca com uma lâmina de aproximadamente 17 centímetros e um telefone celular. Ao ser questionado sobre o assalto, o rapaz admitiu a autoria, alegando que o praticou para pagar uma dívida de drogas.

Faca utilizada por Flávio no assalto

A vítima apareceu em seguida e informou que, ao sair da loja onde trabalha, foi abordada por Flávio, o qual sacou a faca e determinou que ela entregasse o celular e, na sequência, saiu com a bicicleta. Durante a abordagem, os agentes verificaram que Flavio já tinha passagem pela polícia e que ele estava sendo monitorado por tornozeleira eletrônica.

Diante da situação, o acusado acabou encaminhado ao plantão da 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá onde foi elaborado o flagrante pelo crime de roubo.

Continuar Lendo

Paranaguá

Ladrão escreve ameaça de morte em parede de casa arrombada

“Vou matar as duas”, escreveu com batom

Publicado

no

Por

Um ladrão deixou um recado com ameaça de morte após arrombar uma casa na Rua Chico Mendes, Vila Divinéia, em Paranaguá. O episódio ocorreu na madrugada de sábado (7). A moradora chamou a Polícia Militar informando que ao chegar encontrou a casa revirada.

No local, os policiais verificaram que o autor do delito entrou na residência arrombando a janela de um quarto e que tinha sido furtada uma televisão de 32 polegadas e dinheiro. Antes de fugir, o ladrão deixou a mensagem “Vou matar as duas”, escrita na parede da sala, com batom.

Apesar da ameaça, a solicitante, de 34 anos, não soube passar pistas que pudessem levar à autoria do delito, informando que não tem desavenças com moradores na região e que não desconfiava de ninguém. Ela contou que tinha saído de casa no final da tarde e que ao retornar, por volta das 23h30, encontrou a moradia revirada e o recado de ameaça na parede.

O caso foi registrado em boletim de ocorrência e a vítima orientada sobre as providências a serem tomadas.

Continuar Lendo

Paranaguá

Exposição de Artes Visuais abre ao público nesta quarta-feira

Trabalhos serão expostos na Casa Dacheux

Publicado

no

Por

Casa Dacheux fica em frente à Catedral

A Prefeitura de Paranaguá, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secultur), convida a população para a visitação da Exposição de Artes Visuais dos alunos das oficinas de pintura, cerâmica, entalhe em madeira e desenho – linha e traço e fotografia, que será nesta quarta-feira (11), a partir das 19h.

A exposição acontece nas dependências da Casa Dacheux, localizada na Rua Conselheiro Sinumbu, 63, em frente à Igreja Catedral. Os trabalhos dos alunos ficarão expostos até sexta-feira, dia 20.

Essas oficinas iniciaram em fevereiro e têm a orientação de Beni Moura, Marcos Piantá e Ivan Ivanovick. As aulas são ofertadas gratuitamente pela Secultur e objetivam que cada aluno desenvolva suas técnicas e habilidades.

Os trabalhos que serão expostos foram produzidos pelos alunos, como exercícios propostos para criar oportunidade aos participantes descobrirem o caminho da arte.

O secretário de Cultura e Turismo, Harrison Camargo, destaca que a atual administração sempre primou pelo fomento da cultura de nossa cidade e convida a população para este evento cultural.

“Desde o início da gestão o prefeito tem incentivado a descentralização da cultura para proporcionar oportunidades a todos. Esta exposição é uma chance para que os parnanguaras conheçam os novos talentos artísticos que estão surgindo na cidade”, finalizou Harrison.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.