Ligue-se a nós

Polícia

Presos em Antonina pai e filho acusados de tentativa de homicídio em Curitiba

ESTAVAM NO BAIRRO TUCUNDUVA

Publicado

no

Agora Litoral
Pai e filho, acusados de uma tentativa de homicídio em Curitiba, em março deste ano, foram presos na manhã desta segunda-feira (16) em Antonina, no Litoral do Paraná.

Reginaldo Sabrino Travensoli, de 38 anos, e o filho dele, Vinicios Batista Travensoli, de 18, estavam escondidos em uma casa na Rua Euclides Lucas, 264, bairro Tucunduva.

Integrantes do serviço reservado da Polícia Militar chegaram até o local após uma denúncia anônima repassada pelo telefone 181.

Reginaldo e Vinicios não reagiram à abordagem e foram conduzidos à 7ª Delegacia de Polícia Civil de Antonina para o cumprimento dos mandados de prisão.

A tentativa de homicídio

Reginaldo e Vinicios são acusados de tentar matar um rapaz de 25 anos no mês de março deste ano, no bairro Santa Felicidade, em Curitiba. Porém, o crime não deu certo. A vítima sobreviveu e ajudou a polícia nas investigações.

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) descobriu que eles montaram uma armadilha para atrair o rapaz.

A tentativa de assassinato aconteceu na Avenida Manoel Ribas, depois que o rapaz marcou um encontro pelo Facebook com uma mulher.

Na conversa, a mulher indicou um endereço para que houvesse um encontro. Só que ao descer da moto, o rapaz foi surpreendido por dois homens, um deles Reginaldo, que atiraram contra ele.

O rapaz, que foi baleado várias vezes, passou por diversas cirurgias, porque foi atingido em várias partes do corpo que poderiam ter sido letais, mas não morreu. E acabou ajudando a polícia a elucidar a autoria dos disparos.

MOTIVO
Conforme o que descobriu a DHPP, há pelo menos duas possibilidades de motivação para o crime.

A primeira delas estaria em torno de uma queima de arquivo, porque a vítima teria sido testemunha ou teria sabido que Reginaldo teria matado um amigo dele. A segunda possibilidade é que o crime seria motivado por disputa de ponto de tráfico.

Reginaldo havia sido preso em maio (Foto: arquivo)

PRISÃO EM MAIO
Reginaldo já havia sido preso em 15 de maio deste ano, em uma operação montada pela Polícia Civil. Ele estava em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, e foi autuado por tentativa de homicídio duplamente qualificada, pela emboscada e impossibilidade de defesa da vítima.

Não se sabe como Reginaldo estava solto, após ser preso na denominada “Operação Bateias” desencadeada pela Polícia Civil do Paraná.

Deixe seu comentário!

Polícia

Mais um menor de idade é apreendido por tráfico de drogas em Guaratuba

Garoto de 16 anos tinha crack, maconha e cocaína.

Publicado

no

Por

Na segunda-feira (3), policiais militares do 9º Batalhão fizeram a apreensão de outro adolescente envolvido com o tráfico de drogas na cidade de Guaratuba.

A ação aconteceu no bairro Cohapar e resultou na apreensão de porções de maconha, crack e cocaína, que estavam prontas para a comercialização.

De acordo com a PM, no início da noite, uma equipe da Rádio Patrulha Auto (RPA) da 3ª Companhia se deslocou até a Avenida Cascavel. Os militares foram averiguar informações relativas ao tráfico de drogas que estaria sendo praticado na região.

Chegando ao local, bem próximo ao endereço de uma ocorrência de tráfico de drogas atendida horas antes por outra equipe PM, os policiais se depararam com um indivíduo que, de forma suspeita, ao perceber a aproximação da viatura, lançou para longe um recipiente de cor azul.

A situação acabou chamando a atenção dos militares que, rapidamente, abordaram o suspeito, verificando que se tratava de um garoto de 16 anos.

Feita a busca pessoal, nada de ilícito foi descoberto com o menor, mas, ao verificarem o objeto que ele tentou ocultar, os policiais encontraram, em seu interior, 64 pedras de crack, sete embalagens contendo maconha, 16 pinos de cocaína e R$ 25.
Em vista dos fatos, o adolescente foi apreendido e encaminhado ao plantão da 8ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Guaratuba, para que fossem tomadas as providências cabíveis.

MENORES NO CRIME
No início da noite de sábado, 1º de agosto, policiais militares da ROTAM, também da 3ª Companhia, apreenderam mais de meio quilo de drogas na cidade de Guaratuba.

Na ação, que ocorreu no Jardim Nereidas, uma adolescente de 17 anos foi apreendida.

O Agora Litoral registrou:

Adolescente é apreendida com mais de meio quilo de drogas em Guaratuba

Continuar Lendo

Polícia

Adolescente é apreendida com mais de meio quilo de drogas em Guaratuba

Namorado dela, de 40 anos, fugiu assim que a ROTAM chegou.

Publicado

no

Por

Uma adolescente de 17 anos foi apreendida pela Polícia Militar com mais de meio quilo de drogas na cidade de Guaratuba, no Litoral do Paraná.

No sábado, primeiro de agosto, integrantes da ROTAM, da 3ª Companhia do nono Batalhão, foram até a Rua Costa Rica, balneário Jardim Nereidas, para averiguar uma denúncia de que o local estava sendo utilizado para a comercialização de entorpecentes.

Chegando no endereço, os policiais abordaram a garota, que se encontrava na frente do imóvel. A jovem tentou fugir ao perceber a aproximação da viatura, mas foi interceptada e apreendida.

No local, foram encontrados 525 gramas de maconha, 56 gramas de cocaína e uma balança de precisão.
NAMORADO FUGIU – Segundo informações, o namorado da adolescente, um homem de 40 anos, que já possui diversas passagens pelo mesmo tipo de crime, é o traficante responsável pela “boca de fumo”.

Ele teria fugido pelos fundos do imóvel ao perceber a chegada da polícia, deixando a sua namorada como responsável pela droga.

De acordo com a Polícia Militar, a adolescente assumiu a autoria pelo delito e foi encaminhada até a 8ª Delegacia Regional de Polícia de Guaratuba, para as providências necessárias.

Continuar Lendo

Polícia

Dupla é presa após sequência de assaltos em Paranaguá

Um usava tornozeleira eletrônica; o outro era procurado pela Justiça

Publicado

no

Por

Dois homens foram presos pela Polícia Militar, na noite de terça-feira (28), acusados da autoria de dois assaltos em sequência na cidade de Paranaguá, no Litoral do Paraná.

Na abordagem, os militares verificaram que um deles estava usando tornozeleira eletrônica, e o outro possuía um mandado de prisão em aberto. Na ação houve a apreensão de uma pistola que foi usada para ameaçar as vítimas.

De acordo com informações do relatório policial, a prisão dos suspeitos teve início por volta das 22 horas, quando a Central de Operações (Copom) repassou pelo rádio um roubo praticado por dois homens em um veículo Fiat Palio, de cor preta, em uma residência no bairro Alexandra.

As informações davam conta que os ladrões, de posse de arma de fogo, renderam os atendentes de uma lanchonete e, em seguida, invadiram a residência junto ao comércio, mantendo quatro pessoas da mesma família reféns até a conclusão do roubo. Os bandidos roubaram três televisores, aparelho celular e R$ 130 em espécie.

De imediato as equipes da 1ª Companhia se deslocaram em direção ao bairro Alexandra, em rotas diferentes, sendo que uma das viaturas, ao seguir pela Estrada das Colônias, no Jardim Esperança, deu de frente com o veículo dos assaltantes.

Estes, ao perceberem que seriam abordados, saíram em disparada para o interior do bairro. A equipe policial foi atrás e, ao se aproximar do Palio, conseguiu direcionar o veículo suspeito para um muro, fazendo assim a abordagem.
No carro estavam Gabriel Vitor Bahia Godoi, de 24 anos, que usava uma tornozeleira eletrônica e portava a quantia de R$ 71,50, um celular e duas buchas de maconha, e Jean Vinícius da Conceição Bahia, de 20 anos, condutor do veículo, que se encontrava com uma pistola 32, com carregador contendo seis projéteis, além da quantia de R$ 130, duas buchas de maconha e um celular.

Na averiguação, foi constatado que os dois rapazes residem no Jardim Esperança e que contra Jean ainda havia um mandado de prisão em aberto pelo crime de roubo.

Nas diligências ainda foi confirmado que o Palio estava com alerta de roubo, ocorrido por volta das 19 horas da terça-feira (28), no Conjunto Cominese, em Paranaguá.

Jean e Gabriel foram presos pela PM

RECONHECIDOS
Durante o procedimento para o encaminhamento da dupla à Delegacia Cidadã, uma das vítimas do roubo à lanchonete, uma mulher de 46 anos, reconheceu os dois rapazes como os autores do assalto e identificou também os pertences levados da propriedade.

A mulher informou também que sua filha, grávida de sete meses, acompanhada de outra criança de três anos, em decorrência da ação dos marginais, precisou ser encaminhada para atendimento médico.

A proprietária do Palio também foi localizada e relatou que, cerca de três horas antes, Gabriel e Jean subtraíram seu veículo mediante ameaça. Ela detalhou que estava no automóvel, com seu filho de 12 anos, quando Jean apontou a pistola na sua cabeça e a mandou sair do carro com seu filho.

Levados à delegacia, os dois rapazes foram autuados pela autoria dos dois roubos e, em seguida, levados para o setor de carceragem da Cadeia Pública, onde ficaram recolhidos à disposição da Justiça.

HISTÓRICO CRIMINAL
Jean Vinícius tem passagem pelos crimes de roubo, na cidade de Paranaguá. Ele foi preso em março de 2018, após praticar diversos roubos e ostentar armas de fogo. À época, o delegado Nilson Diniz comentou a alta periculosidade de Jean.

Agora Litoral registrou:

Preso suspeito de roubos em Paranaguá

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.