Ligue-se a nós

Polícia

Preso suspeito de matar empresário no último domingo em Matinhos

Ele foi identificado pela vítima que sobreviveu ao ataque

Publicado

no

Um homem de 34 anos, cuja identidade não foi revelada, mas que o primeiro nome seria Thiago, foi preso pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (16), suspeito de matar o empresário Maruan Uthman Majid no último domingo (13) em Matinhos, no Litoral do Paraná.

A prisão dele, que trabalhava há anos para a família do empresário, ocorreu após ser identificado pela namorada de Maruan, que sobreviveu ao ataque. Assim que foi identificado, o caseiro foi preso pela Polícia Civil.

Maruan e a namorada, que reside em Paranaguá e também levou um tiro, estavam chegando na residência de praia do empresário, no balneário Perequê, quando foram surpreendidos pelo suspeito.

O homem atirou três vezes contra Majid e também acertou a mulher, além de roubar alguns objetos do local. A namorada conseguiu se trancar no banheiro e chamar a Polícia Militar.

A delegada Sâmia Coser, titular da delegacia de Matinhos, disse que, desde o crime, a Polícia Civil vinha ouvindo testemunhas e realizando diligencias, o que possibilitou delinear uma linha de investigação.

“A vítima confirmou quem era o autor dos disparos. A partir daí pedimos busca e apreensão e a prisão temporária do suspeito, que já havia fugido. Informado de sua situação, ele resolveu se apresentar, junto com um advogado, mas negou o crime. No entanto, mais de uma testemunha afirma que viu o suspeito deixando o local do crime”, disse a delegada.

A Polícia Civil ainda investiga o caso para identificar possíveis coautores e encontrar os objetos roubados.

Com informações da Tribuna do Paraná

NOTÍCIA RELACIONADA

Empresário de Curitiba é morto em Matinhos

Clique para comentar

Deixe seu comentário!

Polícia

Rapaz é preso com revólver e mais de 1 kg de maconha em Paranaguá

Ação da ROMU foi na noite de domingo, na “Chácara do Japonês”

Publicado

no

Por

Agentes da Guarda Civil Municipal prenderam, na cidade de Paranaguá, um rapaz de 18 anos, por envolvimento com o tráfico de drogas. Na ação houve a apreensão de mais de 1 kg de maconha, além de uma arma de fogo.A OCORRÊNCIA – Por volta das 22h30 de domingo (22/05), uma equipe da ROMU (Ronda Ostensiva Municipal) realizava patrulhamento pela Rua Belmiro Sebastião Marques, e avistou Kaio Victor Saturnino de Matos saindo do local conhecido como “Invasão da Chácara do Japonês”, nas imediações do Jardim Jacarandá, levando uma mochila nas costas.

Os agentes desconfiaram quando o rapaz, ao perceber a movimentação da viatura, correu para dentro da invasão e, de imediato, os agentes resolveram realizar a abordagem.

MOCHILA – Kaio foi abordado na sequência e, ao ser verificado o que ele levava na mochila foram encontrados três tabletes de maconha e mais 31 buchas do entorpecente, prontas para a venda, totalizando 1,6 kg da droga.Os agentes ainda encontraram um revólver calibre 38, carregado com seis munições intactas e mais sete projéteis soltos, além de oito estojos de munição deflagrada e um carregador vazio, de pistola 9mm.

Diante da situação, Kaio foi preso por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, sendo conduzido para o plantão da Delegacia Cidadã, para a elaboração do flagrante. Ele já tinha passagem pela polícia, da época em que ainda era menor, também por envolvimento com o tráfico de drogas.

Continuar Lendo

Polícia

Churrasco acaba com homem morto com facada no peito em Pontal do Paraná

Discussão sobre política teria motivado crime

Publicado

no

Por

Um churrasco que acontecia no pátio de uma empresa localizada na rodovia PR-407, no bairro Jardim Jacarandá, em Pontal do Paraná, na tarde deste sábado (21), acabou em tragédia. Após uma discussão, Armando Alves França Neto, de 28 anos, foi agredido com um golpe de faca no peito e acabou morrendo logo depois.

Por volta das 16h40, policiais militares foram acionados para averiguar uma situação de vias de fato com vítima de arma branca, a qual tinha sido encaminhada por populares ao posto de saúde 24h de Praia de Leste. No entanto, quando a equipe chegou na unidade de saúde, foi avisada que a vítima já estava em óbito.

No local, alguns familiares informaram que Armando tinha sido agredido quando estava em um churrasco, organizado no pátio da empresa DCamargo Betoneiras. Em seguida, os policiais foram à empresa. Lá verificaram filmagens em que aparece o rapaz bebendo e discutindo com outro homem, identificado como Elizeu, que estava assando carne.

POLÍTICA
Segundo os frequentadores, o motivo da discussão teria sido política. Os policiais foram informados que a vítima estava um pouco exaltada e tentou agredir algumas vezes o outro homem com socos e, depois de alguns empurrões entre as partes, Armando acabou sendo golpeado no peito, com a faca atingindo seu coração.

Os policiais ficaram sabendo também que Armando não era conhecido da empresa e teria ido ao local como acompanhante de algum convidado e, segundo informações de familiares, ele era da cidade de Quatro Barras. A empresa tinha em seu banco de dados, ficha de identificação do suposto autor, mas ele não foi localizado na ocasião.

Quanto à faca utilizada no crime, ninguém soube informar onde estava e disseram que tudo ocorreu muito rápido. Na sequência, o corpo de Armando foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Paranaguá para exames complementares.

Continuar Lendo

Polícia

GUARATUBA: Suspeito de tráfico de drogas é preso no Cohapar

Ação ocorreu na tarde de quinta-feira (19/05); também houve a apreensão de 17 pedras de crack e R$182.

Publicado

no

Por

Um rapaz, de 21 anos, foi preso por policiais militares, no bairro Cohapar, na cidade de Guaratuba. A ação ocorreu na tarde de quinta-feira (19/05) e também houve a apreensão de 17 pedras de crack e R$182.A OCORRÊNCIA – Por volta das 15h30 uma equipe do 9º Batalhão realizava patrulhamento preventivo de rotina pelo bairro e, ao chegar a um local conhecido por ser ponto de tráfico de drogas, um transeunte informou que um indivíduo com calça de moletom cinza e blusa cinza com preto estaria realizando o comércio de drogas na região.

Diante da situação, a equipe policial deu início às diligências e acabou encontrando Gabriel Vieira Samuel de Souza, que se encaixava na descrição que tinha sido repassada. Ele estava parado na Rua Quatiguá e, ao se dar conta da aproximação da viatura policial, demonstrou nervosismo excessivo saindo correndo em direção de outra rua. Gabriel pulou o muro de uma casa, mas acabou abordado na sequência.

Durante a busca pessoal, com o rapaz foi localizado todo dinheiro que foi apreendido, em notas trocadas, além de um invólucro com as pedras de crack, que estavam embaladas para a venda. Ao ser questionado sobre o entorpecente, o rapaz teria admitido que se encontrava realizando a venda para poder sustentar o filho.

Diante da situação, Gabriel foi encaminhado para o plantão das 8ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Guaratuba, para a elaboração do flagrante. Ele já tinha sido preso pelo mesmo crime no dia 25 de março.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.