Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
PUBLICIDADE
Polícia

Preso em Paranaguá homem que tentou incendiar a casa da cunhada

ELE ATEOU FOGO NUM PANO E JOGOU NO FORRO

Agora Litoral
Um homem de 34 anos foi preso pela Polícia Militar, após tentar incendiar a casa de familiares, que fica colada à sua moradia, na Ilha dos Valadares, em Paranaguá. O caso ocorreu no início da madrugada de quarta-feira, 13, e o suspeito, identificado como Juares Bernardo do Rosário, foi preso depois de cair do telhado da residência de um vizinho.

Conforme a ocorrência, pouco depois da meia-noite, a Central de Operações do 9º Batalhão foi informada sobre um indivíduo, o qual estaria colocando fogo em uma casa. Imediatamente uma equipe policial foi verificar e, no local, a solicitante relatou que o autor era o seu cunhado, que teria colocado fogo em um pano e tentado incendiar sua residência.

Na verificação, os militares constataram que a casa é geminada e que o local onde Juares ateou fogo é divisa do quarto da solicitante. Pelas marcas das chamas, na parede, foi constatado que Juares tentou colocar fogo na residência ao lado, com os moradores dentro, jogando o pano incendiado por cima de uma parede e que caiu no forro do quarto da solicitante.

A fumaça acabou chamando a atenção da mulher, que alertou seu marido, o qual conseguiu apagar o fogo antes que tomasse proporções maiores. A mulher informou que Juares seria usuário de entorpecentes e que, no momento do fato, também estavam na residência seus três filhos.

CAIU DO TELHADO
Enquanto a equipe policial realizava a vistoria no local, populares informaram que Juares teria sido visto andando em cima das residências vizinhas. Os militares, então, foram averiguar e Juares acabou sendo abordado depois de cair do telhado de uma casa nas imediações.

Apesar da queda, o suspeito sofreu apenas escoriações sem gravidade, sendo preso e encaminhado ao plantão da 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá, onde foi autuado pelo crime de incêndio. Ele ficou recolhido no setor de carceragem por não ter os valores necessários para o pagamento da fiança.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios