Ligue-se a nós

Guaratuba

Policiais são presos pela morte de jovem em Guaratuba

Na noite do crime, os policiais apresentaram uma arma e uma porção de drogas que segundo a denúncia, não estava com a vítima

Publicado

no

Foto: Arquivo pessoal

O juízo da Vara Criminal de Guaratuba, no litoral do Paraná, decretou a prisão de dois policiais militares pelo homicídio de Mateus de Lima Ferraz da Silva, de 19 anos, ocorrido na noite de 4 de fevereiro deste ano. As prisões foram cumpridas pela Corregedoria Geral da Polícia Militar nesta quarta-feira, 22 de março.

Os dois policiais, soldado Sérgio Merege Filho, de 28 anos e o tenente Ericsson Luis Véras, de 27, foram denunciados pelo crime nesta semana pela 2ª Promotoria de Justiça de Guaratuba. De acordo com a denúncia, o rapaz trafegava no município litorâneo em uma motocicleta quando foi perseguido e alvejado pelos dois policiais, que efetuaram 12 disparos em direção à vítima (dos quais dois o acertaram).

LEIA MAIS:
Jovem é morto pela PM em Guaratuba

Para tentar incriminar o jovem e justificar os tiros, eles teriam forjado uma cena de confronto armado, implantando junto ao corpo da vítima uma arma calibre 38, com número de identificação raspado e sem autorização, além de drogas (32 gramas de cocaína e 64 gramas de maconha).

Arma e drogas apresentadas pelos policiais envolvidos não estavam com o jovem – Foto: Divulgação

A Promotoria destaca que, durante as investigações, foi apurado que a vítima estava indo visitar a namorada e o filho recém-nascido, de um mês de idade, quando fugiu de abordagem policial e foi alvejado pelas costas pelos policiais denunciados. A motocicleta estava regularizada e o jovem tinha habilitação, mas teria fugido porque havia alterado o escapamento para produzir mais ruído e teve medo de ter a motocicleta apreendida.

O Ministério Público do Paraná denunciou o tenente e o soldado por homicídio qualificado, posse ilegal de arma com sinais raspados, tráfico de drogas e falsidade ideológica. Os dois já estão detidos em estabelecimento próprio para a custódia de militares em Curitiba.

Sérgio Merege Filho (esquerda) e Ericsson Luis Véras (direita) – Foto: Arquivo pessoal

(Com informações do MP-PR)

Clique para comentar

Deixe seu comentário!

Guaratuba

Estado promove ações de desenvolvimento urbano no Litoral

Obra é em contrapartida com a Prefeitura.

Publicado

no

Por

Fotos: SEDU

Os empreendedores de Guaratuba terão um reforço importante para as suas atividades com o novo Pavilhão Comercial, em construção, aprovado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas (SEDU).

A obra, no valor de R$ 1.172.754,89, é viabilizada com recursos do Tesouro do Estado, e contrapartida municipal. Essa é uma das ações do Governo do Estado para estimular o desenvolvimento urbano nos sete municípios do litoral do Paraná.

A região recebeu, desde janeiro de 2019, um total de R$ 27.440.886,18 que viabilizam 41 ações para a aquisição de veículos e equipamentos, ou obras de pavimentação e de infraestrutura para o atendimento às populações locais e de visitantes.
A pavimentação asfáltica e recape receberam o maior volume de recursos: R$ 10.735.625,33, para obras em 71.285,49 m². Em seguida, vêm as ações de urbanização de vias, com o investimento de R$ 4.459.382,26 e as aquisições de equipamentos e veículos que receberam R$ 4.363.888,25.

Há, ainda, a construção de um centro esportivo, com 43.522 m² de área, com a aplicação de R$ 2.087.550,38; recursos de R$ 2,38 milhões para estrutura de informática e telefonia; uma quadra de esportes (R$ 850 mil) e um terminal de transporte urbano ao custo de R$ 338.100,00.
“Esse conjunto de ações beneficia as populações residentes e os visitantes de todos os municípios litorâneos”, disse o secretário João Carlos Ortega. Segundo ele, Antonina, Guaratuba, Guaraqueçaba, Matinhos, Morretes, Paranaguá e Pontal do Paraná ganham em qualidade para atender melhor os seus moradores e também os turistas, que são muito importantes para a economia local.

As iniciativas, que têm a operação do Serviço Social Autônomo (Paranacidade, vinculado à SEDU), estão concluídas, em execução ou já receberam as autorizações para realizar a licitação ou mesmo as autorizações para a contração dos fornecedores.

Da Agência Estadual de Notícias
Continuar Lendo

Guaratuba

Festa do Divino é cancelada por causa do coronavírus

Evento seria realizado entre os dias 10 e 19 de julho.

Publicado

no

Por

Foto: Arquivo

A Festa do Divino, tradicional festa com programação religiosa, shows, binguinhos, almoços, jantares, barracas de comida e artesanato, foi cancelada por causa da pandemia do novo coronavírus. Ela seria realizada entre os dias 10 e 19 de julho, em Guaratuba, no litoral do Paraná.

A Paróquia Nossa Senhora do Bom Sucesso, responsável pela organização do evento, anunciou na segunda-feira (4) o cancelamento.

De acordo com a nota oficial, não existe possibilidade de realizar a festa neste ano.

Nota publicada no Facebook

A Festa do Divino leva para Guaratuba centenas de pessoas de todo o estado em pleno inverno. O evento reúne música, produtos e culinária típica do litoral.

Continuar Lendo

Guaratuba

Traficante é pego pela PM com pedras de crack escondidas na boca

Homem de 56 anos foi preso no bairro Piçarras

Publicado

no

Por

A Polícia Militar prendeu um homem de 56 anos que transportava pedras de crack em uma embalagem e uma porção da droga escondida na boca.

A detenção aconteceu na tarde de quinta-feira (2), no bairro Piçarras, em Guaratuba, no Litoral do Paraná.

O suspeito foi abordado por uma equipe da ROTAM (Ronda Ostensiva Tático Móvel)  em patrulhamento na avenida Patriarca, bairro Piçarras.

Ao perceber a aproximação do carro da polícia, o homem tentou se desvencilhar de uma embalagem onde guardava 60 pedras de crack.

Também foram encontradas mais oito pedras da droga, que ele escondia na boca. e R$ 380 em dinheiro trocado.
O suspeito recebeu voz de prisão e foi encaminhado ao plantão da 8ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Guaratuba, juntamente com as drogas e o dinheiro apreendidos.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.