Ligue-se a nós

Polícia

Polícia Civil indicia casal de namorados por homicídio em Pontal do Paraná

Inquérito sobre a morte de Laiane Priscila foi concluído.

Publicado

no

Laiane foi assassinada com 33 facadas

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) concluiu o Inquérito Policial que apurou o homicídio de Laiane Priscila Antunes da Rosa, de 33 anos, ocorrido no dia 13 de abril deste ano, na orla de Pontal do Paraná, no Litoral do Estado.

Durante as investigações, a ex-técnica de enfermagem Fernanda Costa, de 32 anos, e o namorado dela, de 26, foram identificados como os principais suspeitos do crime.

As investigações se iniciaram logo após o corpo de Laiane ter sido encontrado na orla da praia de Pontal do Paraná com várias perfurações na região lombar e pescoço.

Em primeiro momento o corpo da vítima não foi identificado, pois estava sem documentos, sendo encontrado apenas um cartão de banco – em nome de um senhor. Com o cartão, os policiais civis chegaram até o senhor que conhecia a vítima e ajudou nas investigações.

Durante o inquérito foram produzidos diversos relatórios, depoimentos foram colhidos e através de um celular apreendido e seu acesso liberado pelo Poder Judiciário foi possível a identificação dos dois autores.

Após a identificação foi solicitado um mandado de prisão, o qual foi expedido pela Justiça. O homem foi preso durante uma ação da PCPR, no dia 24 de abril deste ano, em Londrina, região Norte do Estado.

SUSPEITA MORTA
Para capturar Fernanda Costa, foram realizadas diversas diligências, até que a PCPR recebeu a informação de que ela havia sido foi encontrada morta e com sinais de crueldade, no dia 3 de junho deste ano, em Florianópolis, Santa Catarina.

MOTIVAÇÃO
Conforme apurado, Fernanda era uma colega próxima de Laiane e o homem era namorado da ex-técnica de enfermagem.

Os dois estariam planejando um golpe contra o senhor – cujo cartão foi encontrado junto ao corpo de Laiane – mas Laiane não concordava com o casal e por isso decidiram matá-la.

Fernanda teria desferido 33 facadas com degolamento enquanto o namorado segurava Laiane.
Fernanda Costa (foto) já respondia por um crime de homicídio, ocorrido em abril de 2015, em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, e fazia uso de tornozeleira eletrônica, sendo comprovado que a mesma retirou o equipamento para executar o crime contra Laiane.

Da PCPR

Deixe seu comentário!

Polícia

Casal é preso em flagrante por tráfico de drogas em Pontal do Paraná

Ação da ROTAM foi sexta-feira na Vila Progresso.

Publicado

no

Por

Na noite de sexta-feira (10), policiais militares do 9º Batalhão prenderam um casal acusado de tráfico de drogas em Pontal do Paraná.

A ação foi realizada por uma equipe da ROTAM (Rondas Ostensivas Tático Móvel), na Rua São Miguel Arcanjo, na Vila Progresso.

Na ocasião, os militares realizavam patrulhamento de rotina quando avistaram dois homens e duas mulheres se comportando de forma suspeita.

Ao enxergarem a viatura, o grupo tentou se dispersar indo para direções opostas. Contudo, a ação dos PMs foi mais rápida.

Uma policial feminina deu apoio durante a averiguação pessoal nas abordadas. Com uma das mulheres, os policiais localizaram 20 pedras de crack, prontas para a comercialização.
CONFISSÃO
Indagada, a jovem de 22 anos relatou que ela e o seu cônjuge, de 20 anos, um dos homens abordados, estavam comercializando o entorpecente na região.

Em virtude do flagrante, o casal recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Pontal do Paraná onde ficou à disposição da Justiça.

Continuar Lendo

Polícia

Policial aposentado é assassinado em Pontal do Paraná

Corpo dele foi encontrado dentro de casa, em Ipanema.

Publicado

no

Por

O policial rodoviário federal aposentado Mauri José Stocco Carneiro, de 75 anos, foi assassinado em Pontal do Paraná.

O corpo do idoso foi encontrado embaixo de um colchão, em um quarto, dentro da casa onde morava sozinho, na Rua Mergulhão, no balneário Ipanema.

Mauri teria sido estrangulado com uma corda e atingido por diversos golpes, provavelmente de faca.

A descoberta do cadáver do policial ocorreu na tarde de quinta-feira (8) e foi feita por familiares dele, que haviam estranhado o sumiço e a falta de contato dele desde segunda-feira.

A última vez que Mauri Stocco Carneiro foi visto caminhando pela rua aonde morava foi na terça-feira (6).

Tudo indica que o policial aposentado tenha sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte) já que, segundo os parentes, um televisor e outros objetos haviam desaparecido da residência da vítima.

Continuar Lendo

Polícia

Motoboy que era procurado pela Justiça é preso em Matinhos

Prisão ocorreu após denúncia anônima para o 190.

Publicado

no

Por

Em Matinhos, no Litoral do Paraná, policiais militares do 9º Batalhão prenderam, no início da noite de quarta-feira (8), um motoboy de 37 anos. Ele era procurado pela Justiça. A ação foi realizada após uma denúncia anônima por uma equipe de RPA (Rádio Patrulha Alto) da 2ª Companhia.

A informação dava conta sobre um indivíduo, conduzindo uma motocicleta Honda CG 150, de cor azul, de uma pizzaria conhecida no município, o qual estaria com mandado de prisão expedido em seu desfavor.

Os militares, munidos das características, realizaram patrulhamento por toda a região, até que, por volta das 21 horas, encontraram o suspeito transitando pela Rua Ribeirão Preto, no bairro Mangue Seco.

Realizada a abordagem e busca pessoal, nada de ilícito foi localizado com o suspeito. No entanto, após pesquisa no sistema de investigação policial, os militares encontraram o mandado de prisão expedido contra ele, por revogação de benefício, expedido pela 2ª Vara de Execuções Penais de Curitiba, com validade até 2026.

Diante do fato, o motoboy – cujo nome não foi divulgado – recebeu voz de prisão e foi encaminhado até a Delegacia Cidadã de Matinhos ficando à disposição da Justiça.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.