Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Polícia

PM tira de circulação homem que traficava drogas no Jardim Esperança em Paranaguá

POLÍCIA MILITAR CHEGOU ATÉ ELE APÓS DENÚNCIA

Agora Litoral
Um homem que traficava drogas – e que estava com Mandado de Prisão em aberto – foi preso pela Polícia Militar (PM) na manhã desta quarta-feira (30) em Paranaguá. A prisão dele foi efetivada após denúncia anônima para o telefone 181. Na operação, os militares apreenderam cocaína e maconha que estavam sendo vendidas no local.

Ao chegar à residência apontada, na Rua dos Tico-ticos nº 190, ao lado de um ferro-velho, no Jardim Esperança, as equipes da Polícia Militar notaram uma grande movimentação no local e um homem pulando o muro dos fundos da casa e jogando uma mochila no telhado vizinho.

Rapidamente, os militares cercaram o local e entraram na casa onde o homem havia pulado o muro. Em revista aos cômodos, os PMs encontraram a porta do banheiro trancada. Pressentindo que o homem estaria no banheiro, os policiais tiveram que arrombá-la.

Vanderlei dos Santos Dranka, de 38 anos, realmente estava escondido no banheiro da casa vizinha à sua. Ele foi encontrado pelas equipes do 9° BPM com alguns ferimentos provenientes da fuga que empreendeu ao avistar a chegada das viaturas policiais. O muro que Vanderlei pulou tinha cacos de vidro, o que lhe provocou alguns ferimentos nas mãos, no pé direito e na testa.

Vanderlei Dranka foi preso pela Polícia Militar

DROGAS
Ao percorrerem o trajeto feito por Vanderlei, os PMs localizaram um invólucro plástico transparente com um pedaço de cocaína empedrada (180 gramas). No telhado da casa estava a mochila jogada pelo suspeito, com cinco tabletes de maconha que pesaram quase três quilos da droga. Nos fundos da casa dele foram encontradas ainda 79 buchas de cocaína (20 gramas) em dois potes pequenos que haviam sido jogados no quintal, além de R$ 109,55 e dois celulares.

Vanderlei dos Santos Dranka tentou resistir à prisão, mas foi controlado pelos militares. Algemado, ele foi levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e, após, encaminhado à 1ª Subdivisão Policial.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios