Ligue-se a nós

Polícia

PM prende mãe e filha por tráfico de drogas em Guaratuba

Elas tinham 1.400 pedras de crack prontas para a venda

Publicado

no

Mãe e filha foram presas pela Polícia Militar, na noite de segunda-feira (12/7), na cidade de Guaratuba, acusadas de envolvimento com o tráfico de drogas. Na ação houve a apreensão de mais de 1.400 pedras de crack.

Tudo começou por volta das 19 horas, quando uma equipe da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel) da 3ª Companhia do 9º BPM recebeu uma denúncia anônima, cujo teor dava conta de que um veículo GM Celta, de cor azul, estava sendo utilizado por duas mulheres para distribuir grande quantidade de drogas em “bocas de fumo” na região periférica do município.

De imediato, munidos das informações, os policiais militares realizaram patrulhamento pela cidade até encontrarem o automóvel estacionado e trancado, em frente a uma casa localizada na Avenida Mafra, no bairro Piçarras.

PRISÃO
Na região, em contato com populares, perguntando sobre as responsáveis pelo automóvel, os policiais chegaram numa residência em que foram atendidos por Iolanda Teodoro Pereira Soares, de 52 anos, e sua filha Paula Pereira Soares, de 23, que se encaixavam na descrição repassada na denúncia. Os militares verificaram também que uma delas segurava a chave do automóvel suspeito.

Indagadas sobre o veículo, a princípio, as abordadas negaram haver qualquer tipo de objeto ilícito escondido no seu interior. Contudo, após revista, os militares encontraram, dentro do Celta, um frasco transparente acondicionando 14 pacotes plásticos, que continham um total de 1.400 pedras de crack, prontas e embaladas para a comercialização.

Diante do flagrante, mãe e filha receberam voz de prisão por tráfico de drogas e, posteriormente, foram conduzidas até a 8ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Guaratuba, onde foram autuadas em flagrante e posteriormente conduzidas para a Cadeia Pública.

VEJA TAMBÉM

Mulher é presa ao tentar levar bebê recém-nascido de maternidade de Curitiba

Clique para comentar

Deixe seu comentário!

Polícia

Rapaz com tornozeleira eletrônica é preso após bater táxi roubado

Ele usava tornozeleira eletrônica e foi preso pela PM em Praia de Leste

Publicado

no

Por

Acusado de tomar de assalto um táxi e tentar esfaquear a motorista na rodovia PR-412, em Pontal do Paraná, Felipe Junior Nunes Siborde, de 23 anos, acabou preso pela Polícia Militar. Ele foi localizado no balneário de Praia de Leste e, durante a abordagem, constatado que já tinha antecedentes criminais e ainda estava usando tornozeleira de monitoramento eletrônico.

A ação policial teve início no final da tarde de quinta-feira (23/9), quando uma equipe do 9º Batalhão foi acionada para dar atendimento a uma situação de roubo, cuja vítima, uma taxista, havia feito uma corrida até o bairro Guaraguaçu, na área rural do município, para um homem que estava utilizando uma tornozeleira eletrônica.

Quando chegaram no endereço, os militares encontraram o táxi, um Voyage de cor branca, colidido em uma árvore e com o para-choque dianteiro totalmente destruído. No momento em que faziam a verificação do local, os policiais foram surpreendidos por uma mulher que saiu do meio do mato e se identificou como a vítima da situação.

O ROUBO
Conforme o relatório policial, a taxista, de 39 anos, contou que durante uma corrida, ao chegar no local, uma região isolada e sem residências, o passageiro anunciou o roubo.

De acordo com a motorista, no momento da ação, o marginal lhe esganou o pescoço com uma das mãos e, não contente, com a outra tentou agredi-la com uma faca.

A mulher disse que conseguiu segurar a faca, momento em que sofreu um corte na mão, mas que, em seguida, fugiu correndo para dentro da mata, depois de parar o veículo bruscamente.

Após a fuga da taxista, o assaltante assumiu a direção do automóvel e tentou se evadir levando o dinheiro que estava no veículo. Sem controle, ele acabou batendo o táxi em uma árvore, o que o forçou a abandonar o carro e fugir a pé pela rodovia.

Quando tentavam retirar o táxi da mata, os policiais foram abordados por um homem que informou ter dado carona para um rapaz que estava utilizando tornozeleira eletrônica, o qual disse que precisava de atendimento médico na unidade de saúde do balneário Praia de Leste.

De imediato os policiais foram averiguar e instantes depois localizaram Felipe, que estava usando tornozeleira eletrônica. O rapaz foi levado ao quartel da PM e acabou reconhecido pela motorista do táxi.

Em seguida, o suspeito foi conduzido para a Delegacia de Polícia, no balneário Praia de Leste, para que fossem tomadas as providências necessárias.

SOLTO EM AGOSTO
Segundo o que foi apurado pela polícia, Felipe Junior, que é natural de Paranaguá, já tinha sido preso por porte ilegal de arma de fogo, roubo e tráfico de drogas. Ele havia saído da cadeia em agosto, quando recebeu a instalação da tornozeleira eletrônica.

Continuar Lendo

Polícia

Veículo tomado de assalto em Antonina é recuperado pela PM de Paranaguá

Homens armados e encapuzados haviam levado o Logan na noite de quarta

Publicado

no

Por

Um automóvel Renault Logan, que tinha sido tomado em um assalto à mão armada na cidade de Antonina, na noite de quarta-feira (22/9), foi recuperado por policiais militares do 9º Batalhão em Paranaguá. O carro foi encontrado na Rua Inácio Reltter, no Jardim Araçá.

Conforme o registrado na ocorrência, por volta das 23h, equipes de Rádio Patrulha do 9º Batalhão receberam informações repassadas pela Central de Operações, sobre a localização do veículo.

De imediato os policiais foram ao local indicado e encontraram o Logan, mas não havia nenhum suspeito por perto. A vítima foi informada da situação e trouxe a chave reserva, para o encaminhamento do automóvel à Delegacia Cidadã de Paranaguá.

ROUBO
De acordo com o que foi apurado pela PM, o automóvel tinha sido tomado de assalto, por volta das 22h30, no Jardim Maria Luiza, na cidade de Antonina.

Na ocasião, policiais militares foram ao local e o proprietário do veículo, de 31 anos, relatou que foi abordado por dois indivíduos encapuzados e portando armas de fogo.

A vítima informou as características dos suspeitos e a situação foi repassada também para a polícia de Morretes, mas, na ocasião, não houve êxito na localização do Logan.

Junto com o carro foi levado o celular da vítima, o qual acabou rastreado e indicou a localização do veículo na cidade de Paranaguá.

Continuar Lendo

Polícia

Homem é executado a tiros dentro de carro em Matinhos

Foi no final da noite de quarta-feira, no Bom Retiro

Publicado

no

Por

Um homem foi executado a tiros dentro de um carro, no bairro Bom Retiro, em Matinhos. O homicídio foi registrado no final da noite de quarta-feira (22/9), na Rua Rebouças, próximo a Av. Curitiba.

Policiais militares foram acionados para dar atendimento à uma ocorrência de disparo de arma de fogo e, no local, os militares encontraram um homem alvejado por diversos tiros dentro um um Fiat Palio Weekend.A vítima foi identificada como Jhon Lennon Ferreira da Silva (foto), de 25 anos, foi executado com mais de 15 tiros. Ele era procurado pela Justiça.

O assassinato de Jhon Lennon Ferreira da Silva é o 24º ocorrido em Matinhos e o 110º registrado no Litoral.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.