Ligue-se a nós

Polícia

PM leva dois pra DP com crack e mudas de maconha em Pontal do Paraná

Abordagem foi no balneário Shangri-lá

Publicado

no

Suspeitos foram abordados pela PM

Dois rapazes de 18 anos foram detidos pela Polícia Militar, na tarde de quinta-feira (28), no balneário Shangri-lá, em Pontal do Paraná, sob suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas. Na ação houve a apreensão de 67 pedras de crack, além de mudas de maconha e uma balança de precisão.

Uma equipe de Rádio Patrulha, durante deslocamento pela Avenida Curitiba, por volta das 15h30, foi quem realizou a abordagem. Ao passarem por um local conhecido por ser ponto de comércio de entorpecentes, os militares visualizaram dois jovens em um terreno de uma residência que já foi alvo de abordagens policiais.

Ao perceberem a aproximação da viatura, os suspeitos demonstraram nervosismo e um deles jogou um objeto no chão, levando os policiais a realizar a abordagem. Ao serem questionados sobre o objeto arremessado, os dois rapazes tentaram despistar a equipe alegando não saber do que se tratava.

Em seguida, os militares realizaram uma busca no terreno, próximo ao local onde os dois rapazes estavam, e localizaram um recipiente metálico contendo as 67 pedras de crack. Indagado sobre a procedência da droga, um dos suspeitos, identificado como Leonardo Vinícius de Jesus, acabou admitindo a propriedade, afirmando que teria adquirido em Paranaguá e que estaria no local comercializando.

Com o detido ainda foi apreendido dinheiro e, em um forno micro-ondas que se encontrava sobre o chão da área do imóvel, foram encontrados dois vasos pequenos com três mudas de maconha. Na sequência das diligências, os militares ainda localizaram, sobre uma cadeira, uma balança de precisão.
Diante da situação, os dois suspeitos acabaram encaminhados para o plantão da delegacia de Pontal do Paraná, junto com tudo que foi apreendido, para que fossem tomadas as providências necessárias.

Polícia

Rapaz preso com armas e drogas em Guaratuba também era estelionatário

PM descobriu que ele aplicava golpes em pessoas e instituições financeiras.

Publicado

no

Por

A prisão de um rapaz em Guaratuba, na noite de quinta-feira (13), revelou que ele, além de possuir armas de fogo, porções de maconha e uma planta da droga, também atuava como estelionatário.

Alef Caio Machado Melo, de 26 anos, foi flagrado por uma equipe da ROTAM fumando um cigarro de maconha em frente uma casa, na Avenida dos Guarás, no bairro Piçarras.

A abordagem dos policiais militares resultou na apreensão de um revólver calibre 38, que estava em sua cintura, e levou à descoberta de outros ilícitos.

GOLPES E TRÁFICO DE DROGAS
Durante as buscas pela casa de Alef, além de uma segunda arma de fogo encontrada, que também estava com a numeração apagada, os militares apreenderam um notebook, que o suspeito utilizava para a execução de crimes contra pessoas e instituições financeiras (através de golpes com FGTS), diversos chips para celular, dezenas de documentos registrados em diferentes nomes, R$ 3.311, máquinas para cartões de débito e crédito, um pé de maconha, além de 55 gramas do entorpecente divididos em 16 embalagens, prontos para a comercialização, e uma balança de precisão.
Aos militares, o rapaz disse que vendia a droga apenas para “conhecidos”, evitando assim chamar atenção das autoridades policiais para o tráfico de drogas. Com relação às armas, afirmou que eram para sua segurança pessoal.

Alef Caio Machado Melo, que já possui histórico criminal por tráfico de drogas, foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil e autuado por tráfico de drogas, falsificação de documento particular, estelionato e porte ilegal de arma de fogo, ficando recolhido no setor de carceragem.

Continuar Lendo

Polícia

Rapaz é flagrado com 98 pedras após tentar fugir de abordagem da Rotam

Suspeito, de 19 anos, reagiu com violência ao ser abordado.

Publicado

no

Por

Apreensão foi na tarde de quarta-feira (12)

Policiais militares do 9º Batalhão prenderam, na tarde de quarta-feira (12), um rapaz de 19 anos acusado de envolvimento com o tráfico de drogas no bairro Cohapar, em Guaratuba. O suspeito fugiu ao perceber que seria abordado, mas foi alcançado e, com ele, encontradas 98 pedras de crack.

A ação teve início quando uma equipe da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel) da 3ª Companhia, durante patrulhamento pela Avenida Ortigueira II, ao chegar em um local conhecido no meio policial pela intensa movimentação de usuários e traficantes de drogas, visualizou o rapaz em atitude suspeita.

Ao perceber que seria abordado, o jovem fugiu por entre as casas do bairro até ser interceptado dentro de uma residência, cujos moradores foram surpreendidos pela sua invasão. Durante a busca pessoal, os policiais localizaram, um invólucro contendo as pedras de crack, além de R$ 113.

Não bastasse a fuga, o suspeito, identificado como Artolino Batista Ribeiro, ainda reagiu com violência à abordagem, necessitando ser imobilizado e algemado.

Em virtude dos fatos, o rapaz recebeu voz de prisão e foi encaminhado à 8ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Guaratuba, a fim de ser colocado à disposição da Justiça.

Continuar Lendo

Polícia

Operação da PM apreende quase 4 kg de maconha e prende dois em Pontal

Foi na tarde de terça-feira (11), na PR-412.

Publicado

no

Por

Durante uma operação denominada de “bloqueio” em Pontal do Parana, na tarde de terça-feira (11), policiais militares do 9º Batalhão apreenderam quase quatro quilos de maconha. Dois homens foram presos.

De acordo com o relatório policial, equipes da 2ª Companhia do 9º BPM e do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv), realizavam a fiscalização no posto da rodovia Engenheiro Darci Gomes de Morais (PR-412), na região do Guaraguaçu, quando abordaram um automóvel e encontraram todo o entorpecente.

O veículo era ocupado por um motorista de aplicativo, de 38 anos, e dois passageiros. Com os suspeitos, nada de ilícito foi encontrado. Contudo, ao verificarem o automóvel, um VW Gol de cor prata, os militares localizaram, acondicionados em uma mochila, quase quatro de maconha divididos em tabletes.
Indagados, os passageiros assumiram a responsabilidade pela droga e informaram que o objetivo era entregá-la para comercialização em Praia de Leste. Segundo os envolvidos, o motorista não tinha conhecimento do entorpecente.

Allan Nascimento de Paula, de 20 anos, morador no Jardim Social, e Sidnei Nunes de Souza, de 23, residente no Porto Seguro, foram encaminhados até a Delegacia de Polícia Civil de Pontal do Paraná, junto com o produto da apreensão, a fim de serem colocados à disposição da Justiça.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.