Ligue-se a nós

Polícia

PARANAGUÁ: Mulher é agredida pelo marido e vai parar no Regional

AGRESSOR FUGIU ANTES DA PM CHEGAR

Publicado

no

Agora Litoral
A violência contra as mulheres continua em alta. No final da tarde desta segunda-feira (10), uma mulher de 40 anos foi agredida pelo marido, na Vila dos Comerciários, em Paranaguá. Ela foi atendida pelo SAMU, porém, em vista da gravidade dos ferimentos, teve que ser encaminhada para o setor de emergência do Hospital Regional do Litoral.

Segundo o que contou aos policiais militares que atenderam a ocorrência, a vítima estava em casa, na Avenida Belmiro Sebastião Marques, quando o marido, após acusá-la de ter escondido uma pedra de crack, começou a agredi-la. Para tal, o homem usou um facão e uma panela de pressão.

Os golpes feriram o braço esquerdo e a cabeça da mulher. Ela gritou por socorro e alguns vizinhos acionaram a Polícia Militar. O agressor fugiu antes da chegada dos policiais.

Deixe seu comentário!

Polícia

PM e GCM prendem quatro por tráfico de drogas em Pontal do Paraná

Operação conjunta foi na tarde de terça-feira (2) em Pontal do Sul.

Publicado

no

Por

Quatro pessoas foram presas na tarde de terça-feira (2) por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas em Pontal do Paraná.

As prisões foram feitas numa ação conjunta entre policiais militares do 9º Batalhão e agentes da Guarda Civil Municipal.

Equipes das duas corporações realizavam patrulhamento pelo balneário Pontal do Sul quando avistaram dois indivíduos no portão de uma residência.

Um deles, ao perceber a presença das viaturas, jogo algo embaixo de um carro e se escondeu dentro da casa.

O modo suspeito de agir provocou a abordagem, primeiramente no suspeito que permaneceu no local, um rapaz de 27 anos.

Com ele foi encontrada a quantia de R$ 50 fracionada em cédulas de menor valor.

Ao verificar o que havia sido jogado pelo indivíduo que correu, os agentes encontraram 30 gramas de maconha, o que levou as equipes a entrarem na residência e abordarem mais três suspeitos que estavam no local.

No bolso de um dos abordados, de 49 anos, estavam algumas gramas de maconha. Com o suspeito que havia se esquivado da abordagem inicial, de 31 anos, foi encontrada a quantia de R$ 100.

Em continuidade nas buscas, os agentes localizaram mais certa quantidade de maconha pronta para o consumo, além de uma planta do entorpecente, que estava em um vaso, e outra em processo de secagem.

Perguntado de quem seria a droga, o quarto indivíduo, de 37 anos, assumiu a posse.
Em vista disso, os quatro abordados foram encaminhados para a delegacia de Pontal do Paraná, junto com tudo que foi apreendido, para que fossem tomadas as providências necessárias.

Continuar Lendo

Polícia

PCPR busca foragidos que solicitaram auxílio emergencial do Governo Federal

Operação ocorre desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira.

Publicado

no

Por

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) está nas ruas, desde as primeiras horas desta quarta-feira (3), para cumprir mandados de prisão em todo o Estado.

A operação objetiva capturar foragidos que se cadastraram e receberam o Auxílio Emergencial do Governo Federal.

A operação foi possível pelo trabalho integrado entre a PCPR e a Controladoria Geral da União, que trocaram dados e informações.

Várias unidades da PCPR estão empenhadas nas ações para localização e captura dos alvos, em todo o território do Paraná.

A operação se estenderá por todo o dia de hoje.

Continuar Lendo

Polícia

MATINHOS: Túmulo é profanado e cadáver de mulher é violado

Corpo havia sido sepultado no domingo (31).

Publicado

no

Por

Um túmulo foi aberto no cemitério municipal de Matinhos, no Litoral do Paraná, e o cadáver de uma mulher de 41 anos, que havia sido sepultada no domingo (31), foi violado.

A descoberta do ato de necrofilia (uso do cadáver como objeto sexual) ocorreu na manhã desta segunda-feira (1) e estarreceu os moradores da cidade.

Segundo informações apuradas pelo Agora Litoral, o corpo da mulher foi retirado do caixão e, após ser seviciado, recolocado de bruços.

“Uma cena horrível”, definiu uma pessoa que esteve no local. “Não respeitam nem os mortos”, reclamou.

O corpo que foi violado seria de uma moradora em Praia Grande, vítima de um infarto fulminante.

A Polícia Civil investiga a profanação do túmulo e o vilipêndio de cadáver.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.