Ligue-se a nós

Polícia

Homicida foragido de São Paulo era pedreiro em Guaratuba

Agenor da Silva é acusado de matar Fabiana Graeff em dezembro de 2014

Publicado

no

Agenor tinha um caso com Fabiana e não aguentou ser trocado por outro. Foto: iTV

Guaratuba, PR
Agora Litoral

Agenor Alacrino da Silva, de 53 anos, acusado de esfaquear e matar a jovem Fabiana Graeff, de 24, em dezembro de 2014, em Itu, interior de São Paulo, foi preso em Guaratuba nesta quinta-feira (15). Agenor estava foragido desde a data do homicídio.

Segundo a Polícia Civil, o pedreiro morava há pelo menos seis meses no bairro Piçarras. No dia da prisão, Agenor estava trabalhando na construção de uma casa. Há quatro meses os policiais de Guaratuba investigavam o caso.

Agenor foi enviado ao sistema penitenciário do Paraná e deve ser transferido nas próximas semanas a São Paulo onde responderá por homicídio. Segundo o inquérito policial anexado à denúncia, Agenor e Fabiana mantinham um relacionamento extraconjugal. Ambos eram casados.

A HISTÓRIA

No dia anterior ao crime, Agenor contou a filho que entregaria a relação amorosa ao marido de Fabiana, já que ela havia rompido a relação com o pedreiro por ter conhecido outro homem. Em seguida, o acusado pegou uma faca, foi até a casa da vítima e discutiu com o marido dela. No auge da briga, Agenor teria dito que mataria Fabiana e o companheiro.

Após a cena, o suspeito voltou para casa e confessou a traição à esposa. Depois, saiu num carro e não mais foi visto pela família. No dia seguinte, por volta das 7h30, Agenor foi até o bairro São Luiz à procura de Fabiana que rotineiramente esperava o transporte coletivo para ir trabalhar.

Fabiana foi surpreendida por Agenor, que a esfaqueou 14 vezes em várias regiões do corpo. Mesmo ferida, a jovem conseguiu atravessar a rua e pedir ajuda. Apesar de ter sido flagrado por um vizinho, Agenor ainda golpeou a vítima mais uma vez e fugiu do local do crime.

De lá pra cá, Agenor tem passado por diversas cidades. Há seis meses ele se instalou em Guaratuba e começou a trabalhar como pedreiro.

Anúncio
Clique para comentar

Deixe um comentário!

Polícia

Recebe alta do Regional homem que foi baleado na rua em Paranaguá

Ele foi atingido por três tiros na quarta-feira (11)

Publicado

no

Por

Vítima foi baleada no Jardim Santa Rosa

Recebeu alta do Hospital Regional do Litoral, nesta sexta-feira (13), o homem que foi alvejado a tiros, na tarde de quarta-feira (11), na Rua Alípio dos Santos, Jardim Santa Rosa, em Paranaguá. A vítima foi identificada como Wanderlei da Cruz Rosa, de 45 anos, com endereço no bairro Raia.

A tentativa de homicídio foi atendida por policiais militares do 9º Batalhão por volta das 16h30. Quando chegaram ao local, os PMs encontraram Wanderlei ferido por três disparos de arma de fogo – nas costas, braço e pescoço.

O homem estava consciente e informou o apelido do autor do atentado, sem relatar qual teria sido a motivação. Os policiais realizaram patrulhamento pela região, mas o suspeito não foi localizado.

Socorrido pelo Samu, Wanderlei foi levado à unidade de saúde, onde permaneceu internado até esta sexta-feira (13). A Polícia Civil investiga a tentativa de homicídio contra ele. Wanderlei tem histórico criminal.

Continuar Lendo

Polícia

Homem com mandado de prisão é capturado pela PM em Pontal

Ele mora em Matinhos, mas foi preso em Praia de Leste

Publicado

no

Por

Ele demonstrava estar embriagado

Na noite de segunda-feira (9), um homem procurado pela Justiça foi capturado pela Polícia Militar, durante uma abordagem no balneário Praia de Leste, no município de Pontal do Paraná.

Conforme o relatório policial, uma equipe de Rádio Patrulha estava em deslocamento pela região quando avistou um indivíduo, aparentemente embriagado, que apresentou muito nervosismo ao perceber a presença dos militares.

Diante do fato, a equipe procedeu a abordagem, vindo a constatar que o suspeito, de 43 anos, com endereço na cidade de Matinhos, possuía um mandado de prisão em seu desfavor emitido pelo Poder Judiciário da cidade de Guaratuba.

Diante da situação, o homem foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil de Pontal do Paraná para que fosse efetivada sua prisão.

Continuar Lendo

Polícia

Dois são presos após tentativa de assalto a jovens no Centro de Paranaguá

Prisão foi na madrugada desta quinta-feira

Publicado

no

Por

Equipe da Romu agiu rápido e pegou marginais

Dois homens foram presos pela Guarda Civil Municipal, no início da madrugada desta quinta-feira (12), por uma tentativa de roubo na área central de Paranaguá. As vítimas, uma moça de 20 anos e dois amigos da mesma faixa etária, foram abordadas pelos assaltantes nas imediações do edifício Palácio do Café.

Uma equipe da Romu (Ronda Ostensiva Municipal), que estava em patrulhamento pela região, ao chegar à Rua Arthur Bernardes, por volta da meia noite, foi abordada pelas vítimas. Elas estavam bastante assustadas, pedindo por socorro. Os três jovens contaram que tinham acabado de receber voz de assalto de dois indivíduos.

Imediatamente os agentes foram atrás dos suspeitos e, com o apoio de uma equipe de Rádio Patrulha, abordaram Jonatan Alves dos Santos, de 22 anos, e Ruan Henrique Amorim da Costa, 26.

Os dois acabaram reconhecidos pelas vítimas, as quais informaram que Ruan se aproximou gritando “perdeu, perdeu”, fazendo gestos de que estava armado, enquanto Jonatan dava cobertura.

As vítimas contaram que, assim que foram abordadas, saíram correndo e, logo em seguida, avistaram a viatura da Romu.
Ruan e Jonatan acabaram encaminhados para o plantão da 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá, onde foram autuados pelo crime de tentativa de roubo e, em seguida, recolhidos ao setor de carceragem da Cadeia Pública, à disposição da Justiça.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.