Ligue-se a nós

Polícia

Homem procurado por roubo é preso após invadir casa para se esconder

OUTRO HOMEM TAMBÉM FOI PRESO PELA PM

Publicado

no

Agora Litoral
Policiais militares prenderam, na manhã de sexta-feira (27), na cidade de Paranaguá, um rapaz de 20 anos procurado pela Justiça pelo crime de roubo agravado. Pierri Henrique Padilha foi flagrado na Rua Elias Chaiben, Bairro Labra, por uma equipe de Rádio Patrulha do 9º Batalhão.

De acordo com o relatório policial, por volta das 8h50, os militares estavam em ronda pela região quando avistaram Pierri em atitude suspeita. O rapaz, ao perceber que seria abordado, invadiu uma casa, entrou em um dos quartos, deitou na cama e se escondeu debaixo de uma coberta.

O morador do imóvel, surpreso e assustado, franqueou a entrada da guarnição em sua residência. Na abordagem, nada de ilícito foi encontrado com Pierri, mas ao ser verificado sua identidade, foi constatado que havia um mandado de prisão preventiva em aberto, expedido pela 2ª Vara Criminal de Paranaguá, por crimes de roubo agravado, furto qualificado e porte ilegal de arma de fogo.

O jovem acabou detido e foi encaminhado ao plantão da 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá, para ser apresentado à autoridade de Polícia Judiciária.

Pierri Henrique Padilha (Arquivo AL)

No mês de setembro de 2018, Pierri foi preso pela PM, no ‘Beco do Rato’, bairro Labra, em Paranaguá, acusado de ter participado de um assalto à mão armada. Na ocasião, Pierri trajava as mesmas roupas que no dia do assalto.

O Agora Litoral registrou.

Tornozeleira eletrônica leva PM a prender suspeitos de assaltos em Paranaguá

OUTRO MANDADO CUMPRIDO

Ainda na sexta-feira, 27, policiais militares de Rádio Patrulha do 9º Batalhão prenderam outro homem procurado pela Justiça em Paranaguá. A ação ocorreu por volta das 9h30, após informações repassadas pelo Serviço Reservado da Unidade, de que na Rua Pêcego Junior, Centro Histórico de Paranaguá, havia um indivíduo, monitorado eletronicamente, com mandado de prisão em aberto.

Os policiais foram ao local indicado e encontraram o suspeito, identificado como Juciney José Gonçalves, de 49 anos. Durante a verificação da identidade dele, os policiais encontraram um mandado de prisão por motivo de regressão de pena para o regime fechado, por causar incêndio, expondo perigo a vida, o qual foi expedido pela Vara de Execução em Meio Fechado e Semiaberto de Paranaguá.

Juciney José foi preso pela PM

Juciney também foi encaminhado para o plantão da 1ª Subdivisão Policial para o devido cumprimento do mandado de prisão.

Deixe seu comentário!

Polícia

Ladrão folgado arromba casa e é flagrado assistindo TV e bebendo vinho

Ele foi preso pela Guarda Municipal de Pontal do Paraná

Publicado

no

Por

Agentes da Guarda Municipal prenderam, em flagrante, na tarde domingo (24), Jefferson Padovane Souza, de 32 anos, pelo crime de furto qualificado. A ação ocorreu após denúncia feita por uma idosa, de 79 anos, que ao chegar em sua casa, no balneário Shangri-lá, deparou-se com o imóvel arrombado.

Por volta das 12h30, uma equipe da GM foi acionada para averiguar as informações repassadas pela idosa, que chegou em casa, encontrou uma janela quebrada e escutou barulho dentro da moradia, percebendo que havia alguém no local.

Ao chegarem, os agentes da GM verificaram que, além da janela, havia uma porta arrombada. Em seguida foi feito um cerco na residência e, quando entraram no imóvel, eles se depararam com Jefferson bem deitado, assistindo TV e tomando vinho.

O suspeito acabou preso e foi encaminhado na sequência ao plantão da delegacia de polícia, no balneário Ipanema, junto com os produtos que havia separado para levar.

Jefferson Padovane Souza, que é natural de Curitiba, já tinha histórico criminal por furto qualificado, dano e violação de domicílio.

Continuar Lendo

Polícia

Casal é preso por furtos contra veranistas na Estrada da Graciosa

Os dois foram presos pela Polícia Civil no domingo, em Morretes

Publicado

no

Por

Um casal suspeito de ter cometido diversos furtos durante o verão, na Estrada da Graciosa, em Morretes, no Litoral do Paraná, foi preso em flagrante pela Polícia Civil no domingo (24/01). Os dois foram capturados na mesma região.

Conforme as informações divulgadas pela PCPR, os policiais civis que estão atuando no Verão Consciente flagraram o casal com diversos celulares, cartões de crédito, documentos, além de um controle bloqueador de sinal de alarme.

As investigações iniciaram após o registro de alguns boletins de ocorrência. Os veranistas relataram que estacionaram os carros e, ao retornarem para os veículos, seus objetos pessoais haviam sido furtados.

Durante as diligências foi apurado que o casal agia bloqueando o sinal de alarme do veículo das vítimas e o carro ficava sem o sistema de segurança ativado. Em seguida, os suspeitos entravam no veículo e subtraíam os pertences que as vítimas haviam deixado no interior do carro.

As investigações contaram com o apoio da Polícia Militar do Paraná.

Antonio Fernandes de Queiroz Junior, de 34 anos, e Suelen Juliana Raulino, de 31, responderão por furto qualificado. Os dois já contavam com antecedentes pelo mesmo tipo de crime.

Eles são de Campo Largo-PR e estão presos na carceragem da Delegacia de Polícia Civil de Morretes.

Continuar Lendo

Polícia

Rapaz com tornozeleira eletrônica é executado a tiros em Matinhos

Corpo foi encontrado em uma estrada rural na Colônia Cambará

Publicado

no

Por

Luiz Felipe (Foto redes sociais)

Luiz Felipe Druczkoski Alves, de 23 anos, foi executado a tiros, na noite de sábado (23/01), na Colônia Cambará, em Matinhos, no Litoral do Paraná.

O corpo dele foi encontrado por moradores da localidade caído em uma estrada. Os populares chamaram a Polícia Militar e o local foi isolado para a perícia técnica.

O rapaz, que usava tornozeleira eletrônica, foi atingido por vários disparos – na cabeça, tórax e em um dos braços.

O Instituto Médico Legal (IML) recolheu o corpo de Luiz Felipe, que era conhecido por “Chapadinho”, e este foi identificado por familiares e liberado para sepultamento.

FUGA

Levantamento do Agora Litoral mostra que Luiz Felipe Druczkoski Alves esteve envolvido em uma fuga de presos, em 2017, da carceragem da Delegacia de Pontal do Paraná.

À época, 13 detentos tiraram uma das barras de ferro da porta da cela, quebraram alguns cadeados e conseguiram acesso ao banheiro dos fundos da delegacia, por onde romperam a grade e saíram para a rua.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.