Ligue-se a nós

Polícia

GCM prende suspeito de arrombar casa em Pontal do Paraná

Foi na noite de sábado (9), em Shangri-lá

Publicado

no

Fernando foi preso após arrombar casa

Agentes da Guarda Civil Municipal prenderam, na noite de sábado (9), Fernando Augusto Rodrigues do Nascimento, de 27 anos, pelo crime de furto qualificado na cidade de Pontal do Paraná.

A ação ocorreu após denúncias de moradores, que informaram sobre o arrombamento de uma casa na Rua Yemanjá, balneário Shangri-lá.

Uma equipe da GCM foi averiguar e, chegando ao local, flagrou dois homens dentro da moradia, que estava com a porta dos fundos arrombada.

Ao avistarem os guardas municipais, os suspeitos fugiram pulando os muros das residências vizinhas, deixando no quintal da casa invadida dois televisores, ventilador, aparelho de som e lavadora de alta pressão.

Produtos deixados pelos ladrões na fuga

CORSA DE PARANAGUÁ
Durante a averiguação, populares informaram que os suspeitos estavam em veículo GM Corsa Wind, cor verde, com placas de Paranaguá, que haviam deixado estacionado nas imediações, e ainda informaram onde poderia estar um dos suspeitos.

Com o apoio da Polícia Militar, foram realizadas buscas nas proximidades e os guardas municipais acabaram encontrando Fernando, que, de imediato, confessou a autoria do furto.

Em seguida, os agentes localizaram o Corsa, que estava estacionado próximo da praia, com pranchas de surfe, cadeiras de praia e objetos de crianças, mas o outro suspeito, que seria cunhado de Fernando, não foi localizado.

Fernando Nascimento acabou conduzido, juntamente com os produtos do furto e o carro, para a delegacia de Polícia Civil de Ipanema, para que fossem tomadas as providências necessárias.

Anúncio

Polícia

Três são presos com arma, munições e dinheiro em Pontal do Paraná

Trio estava rondando uma agência bancária

Publicado

no

Por

Revólver, munições e dinheiro apreendidos

Na manhã desta quarta-feira (13), em Pontal do Paraná, policiais militares do 9º Batalhão fizeram a apreensão de um revólver, munições e dinheiro, após uma denúncia sobre alguns suspeitos próximos de uma agência bancária, no balneário Ipanema.

A informação dava conta que os indivíduos estavam em um automóvel com as mesmas características do que tinha sido usado por autores de um roubo ocorrido no dia anterior, quando um cliente foi assaltado ao sair do banco.

Tudo começou por volta das 11 horas, quando uma equipe de Rádio Patrulha da 2ª Companhia recebeu as informações. Segundo a denúncia, os suspeitos ocupavam um veículo GM/Monza, com final de placas 1414, que estava na rodovia PR-412.  Os policiais foram ao local e não localizaram o automóvel informado.

No entanto, durante as diligências, os militares desconfiaram de três homens em um GM/Cruze, de cor branca, os quais levantaram suspeita ao fecharem bruscamente os vidros do veículo quando viram a viatura e, na sequência, saíram rapidamente do local no sentido balneário Grajaú.

DESCOBERTA

De imediato os policiais militares abordaram o automóvel e realizaram buscas no veículo e nos ocupantes.

Dentro do carro, embaixo do banco traseiro, os PMs localizaram um revólver calibre 38, com seis munições intactas e numeração suprimida. No bolso de um dos abordados e, no porta-malas do automóvel, os militares encontraram estojos de munições deflagradas. Junto a um dos suspeitos, os policiais ainda apreenderam R$ 1.920.

O automóvel, com placas de Joinville (SC), a arma e as munições, bem como os suspeitos, foram encaminhados à delegacia de Pontal do Paraná, sendo Gilson Dalton Morais Tomaz, de 22 anos, que assumiu a propriedade do revólver, autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e recolhido ao setor de carceragem. Já os outros dois suspeitos, de 37 e 28 anos, foram liberados após o pagamento de fiança.

Continuar Lendo

Polícia

Mulher que escondia drogas em balanço para crianças é presa em Matinhos

No final da tarde de segunda-feira no Perequê

Publicado

no

Por

Droga apreendida pela PM

No final da tarde de segunda-feira, 11, policiais militares da 2ª Companhia do 9º BPM prenderam uma mulher acusada de envolvimento com o tráfico de drogas no balneário Perequê, na cidade de Matinhos. A ação ocorreu após denúncia repassada pela comunidade.

De acordo com as informações, que foram repassadas anonimamente, uma mulher aparentando pouca idade, com cabelo curto, vestindo blusa de cor escura e calça jeans, estava vendendo drogas na Avenida do Canal, próximo à Escola Municipal Elias Abraão.

Ainda, a delação dava conta de que a traficante escondia os entorpecentes nas raízes de uma árvore, cuja principal característica era a de ter em si um balanço para crianças brincarem.

Os militares, munidos destas informações, se deslocaram rapidamente ao endereço e localizaram a suspeita parada próximo da árvore.

A mulher, de 27 anos de idade, natural de Curitiba e moradora de Matinhos, foi abordada e submetida à busca pessoal por uma policial feminina. Nada de ilícito foi encontrado com ela.

Contudo, após minuciosa averiguação junto às raízes da planta, os policiais acharam uma sacola plástica, enterrada, contendo vários tabletes de maconha embalados para a comercialização.

Diante da situação, a mulher recebeu voz de prisão e foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil de Matinhos, a fim de ser submetida às sanções da Justiça.

Continuar Lendo

Polícia

Quarteto tinha pistola, munições e balança de precisão em Pontal

Prisão ocorreu no Jardim Canadá

Publicado

no

Por

Apreensão feita pela PM

Policiais militares do 9º Batalhão apreenderam, no início da tarde desta segunda-feira, uma pistola nove milímetros e munições, durante uma abordagem em uma casa na cidade de Pontal do Paraná. Na ação foram presos três homens, dois deles procurados pela Justiça, e uma mulher.

Tudo começou quando uma equipe da PM, que realizava patrulhamento pela rodovia PR-407 (Estrada das Praias), na região do Jardim Canadá, desconfiou de um indivíduo que estava no quintal de uma casa e, ao avistar a viatura, saiu correndo para interior da moradia.

Como o local já era conhecido dos policiais, por ser área de invasão e lugar de comércio de entorpecentes, os militares, com o reforço de mais uma equipe, entraram no imóvel e abordaram Valter Romão de Moraes Júnior, de 24 anos; Alisson Roger Moura de Lima, de 20; Priscila do Nascimento Velozo, 23; e Marcelo Barbosa Gomes, de 20 anos.

Na identificação, os policiais constataram que contra Valter (que tentou se passar por outra pessoa) havia um mandado de prisão por roubo, e que Marcelo era procurado pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte).

Os dois foram encontrados em um quarto da moradia, onde foi apreendida a pistola com dez munições intactas e mais um carregador alongado com 26 projéteis, pronto para o uso.

Em outro cômodo da casa, onde Alisson e Priscila estavam, os policiais encontraram a quantia de R$ 3.340, que o rapaz alegou ser da uma venda de um terreno.

Dando continuidade à busca no imóvel, foi encontrada uma balança de precisão, três celulares e 35 pinos (eppendorf), para acondicionamento de cocaína.
Diante da situação, os quatro suspeitos foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Pontal do Paraná, junto com tudo que foi apreendido, para que fossem tomadas as providências necessárias.

Valter Romão Junior e Marcelo Gomes ficaram presos. Alisson de Lima e Priscila Velozo foram ouvidos e liberados.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.