Ligue-se a nós

Polícia

Acusado de vender drogas e ameaçar concorrentes é preso em Antonina

Ação da ROTAM foi na tarde de domingo no bairro Itapema de Baixo

Publicado

no

Apreensão feita pela PM

Acusado de envolvimento com o tráfico de drogas na cidade de Antonina, David Barbosa Correa, de 30 anos, foi preso na tarde de domingo (11/7) por policiais militares do 9º Batalhão.

Durante a abordagem, houve a apreensão de porções de crack, cocaína e maconha, além de balança de precisão e material para fracionar e embalar entorpecente.

A OCORRÊNCIA
A ação policial teve início após denúncia de que “Mirage”, como David é conhecido, teria assumido as vendas de entorpecentes nos bairros Itapema e Ponta da Pita. A informação anônima ainda relatava que, para inibir concorrentes no comércio de drogas, ele teria feito ameaças com uma pistola.

Por volta das 14h50, uma equipe da ROTAM (Ronda Ostensiva Tático Móvel) deu início às diligências e, com outras informações repassadas por populares, foi descoberto que David estaria em um beco conhecido como “Caverna”, no bairro Itapema de Baixo.

Em seguida, parte da equipe policial progrediu a pé pela Rua Guido Brasil de Camargo Penteado e, instantes depois, avistou o suspeito deitado em uma rede, colocada em árvores localizadas na via pública.

Na abordagem foram descobertas duas embalagens “zip-lock” – uma contendo cinco pinos de cocaína e outra uma pequena porção de crack. Também foram apreendidas três porções de maconha e dinheiro trocado.

MAIS DROGAS
Simultaneamente, uma outra ocorrência foi aberta pela Central 190. O relato era de que na Rua Luís Augusto de Leão Fonseca estaria ocorrendo tráfico e que o autor estaria alojado em uma quitinete, onde armazenaria as drogas. Logo depois foi apurado que o suspeito desta situação também seria David.

De imediato os policiais foram ao local e, após conversarem com o proprietário do imóvel, foram até o quarto de David e encontraram rolo de plástico para embalagem de entorpecente, além de lâmina de estilete e uma caixa de papelão. Em um armário estava uma balança de precisão.

Na busca domiciliar ainda foi localizado um invólucro plástico com uma pedra de crack (43,3 gramas), ainda a ser fracionada para a venda, e um invólucro contendo cocaína (48,9 gramas), na forma de pasta base. Na quitinete ainda foi encontrado um estojo de óculos contendo 30 pinos de cocaína.

Na geladeira do imóvel foram apreendidos mais dois pedaços de maconha (130 gramas) para ser fracionada, e ainda várias embalagens, similares às que foram localizadas com David, e um pacote de pinos vazios, que são utilizados para acondicionar cocaína.

AMEAÇAS
Ao ser questionado sobre denúncias de ameaças utilizando arma de fogo, David alegou que não havia proferido nenhuma ameaça e que a arma que possuía, uma pistola calibre 380, teria sido utilizada como forma de pagamento de entorpecentes que havia adquirido.

Clique para comentar

Deixe seu comentário!

Polícia

Gol roubado após homicídio em Pontal é recuperado pela Guarda Municipal

Carro estava abandonado na estrada velha de Shangri-lá

Publicado

no

Por

Veículo bateu em tronco de árvore

O automóvel VW Gol, roubado por dois homens após assassinarem com golpes de faca Everson Berbecki, de 29 anos, na noite de terça-feira (14/9), no balneário Shangri-lá, foi encontrado na manhã desta quinta-feira (16) pela Guarda Municipal de Pontal do Paraná.

Os guardas civis encontraram o carro ao verificar uma denúncia anônima de que havia um veículo abandonado no local conhecido como estrada velha de Shangri-lá.

Ao chegarem no lugar indicado da denúncia, os agentes verificaram que o Gol prata, placas AUM-0818, havia batido em um tronco de árvore que estava atravessado na rua.

Eles consultaram o sistema policial e confirmaram que o automóvel estava com alerta de furto/roubo, e que havia sido levado na noite de terça-feira da Av. Aníbal Khury, no Balneário Shangri-lá, em frente da casa em que Everson foi degolado.

O local foi isolado e a GCM entrou em contato com a delegacia de Polícia Civil de Ipanema para que o veículo fosse periciado.

NOTÍCIA RELACIONADA

SELVAGERIA: Homem é degolado dentro de casa em Pontal do Paraná

Continuar Lendo

Polícia

Polícia Federal apreende 329 kg de cocaína em Paranaguá

Foi na madrugada desta quinta-feira

Publicado

no

Por

Droga tinha como destino o Porto de Rotterdam, na Holanda.

A Polícia Federal apreendeu, na madrugada desta quinta-feira (16/9), uma carga de 329 kg de cocaína em empresa exportadora de cargas, no município de Paranaguá.A droga, que estava acondicionada em tabletes, agrupados em cerca de vinte fardos, teria sido colocada clandestinamente por criminosos num contêiner armazenado no pátio da empresa, em meio a uma carga de gergelim cujo destino era o Porto de Rotterdam, na Holanda.

Após ser encontrado, o material ilícito foi, então, arrecadado e encaminhado à Delegacia da Polícia Federal em Paranaguá para os demais procedimentos legais.

Continuar Lendo

Polícia

Mulher é presa com munições de arma de fogo e pedras de crack em Paranaguá

Ação da PM foi na manhã desta quarta-feira, na Vila São Jorge

Publicado

no

Por

Material apreendido pelos militares

Policiais militares do 9º Batalhão prenderam, na manhã desta quarta-feira (15/9), Yorrana Mello da Costa, de 20 anos, que foi flagrada portando munições de arma de fogo e pedras de crack prontas para a comercialização. A ação foi realizada por uma equipe de Rádio Patrulha, durante uma abordagem na região da Vila São Jorge, em Paranaguá.

Por volta das 8 horas, militares estavam em patrulhamento de rotina pela Rua Paulo Borges Alves, quando, ao passarem na frente de um bar, que funciona junto com um depósito de ferro-velho, conhecido no meio policial por ser ponto de tráfico de drogas, desconfiaram de uma movimentação suspeita de alguns indivíduos que, percebendo a aproximação da viatura, se dispersaram.

Durante a observação os militares viram quando Yorrana tentou se esconder em um pequeno quarto, em anexo ao depósito de ferro-velho. Imediatamente a jovem foi abordada e verificado que ela tinha histórico em boletim de ocorrência por crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

Na sequência, foi possível verificar que a moça estava com um pequeno volume por baixo da sua blusa e, ao ser questionada sobre o que estava portando, ela retirou um pacote plástico contendo sete projéteis de arma de fogo calibre 38 e quatro pedras de crack, pesando 5 gramas cada.

A respeito do conteúdo ilícito no pacote, a jovem alegou ter pego com um desconhecido no município de Pontal do Paraná, admitindo que estaria realizando o comércio de drogas no local. Com a abordada os policiais ainda encontraram a quantia de R$ 30,00 em moedas.

Diante da situação Yorrana acabou conduzida para o plantão da Delegacia Cidadã, onde foi autuada em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de munição para arma de fogo.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.