Ligue-se a nós

Paraná

Turista relata barulho no trem e vídeo viraliza

VIAGEM FOI DE CURITIBA A MORRETES

Publicado

no

Agora Litoral
O barulho excessivo em um dos vagões do trem que faz o passeio turístico entre Curitiba e Paranaguá (Morretes) incomodou muitos passageiros que fizeram a viagem no último sábado (17). Um vídeo gravado por um dos passageiros e postado nas redes sociais deixou clara a insatisfação dos turistas, que também reclamaram da falta de preocupação da empresa em receber as reclamações feitas após o passeio.

A situação deixou uma impressão ruim para quem queria diversão, cultura e tranquilidade em um dos pontos históricos do Paraná. Uma família de Porto Alegre foi a responsável pelo vídeo.

“Almoçamos em Morretes e fomos até a estação. Ficamos acomodados no vagão 4. Percebi que a movimentação era grande nos outros vagões até pela diferença de preço. Tem o popular, o especial e o turístico, este compramos dois bilhetes. Pagamos R$218 com direito a guia e lanche. O problema é que quando o trem deixou a estação, um barulho muito forte começou a incomodar todos os passageiros. Achamos até por ser no começo da viagem, que era normal. Mas não parava. E pior, o barulho aumentava e o passeio virou castigo”, relatou Carlos Fernando Wenzel.

Ao perceberem que o barulho não parava e o passeio estava em segundo plano, Carlos resolveu pedir para mudar de vagão com a sua mãe. No entanto, foi impedido pelo guia que cuida do vagão. “A pessoa disse que não era possível acomodar a gente em outro lugar. Isto nos revoltou. Não desci do trem porque minha mãe estava comigo. Não era mais possível aguentar aquilo na nossa cabeça”, relatou o turista.

Após a insistência de outros passageiros, o guia pediu auxílio para outros responsáveis pelo trem. Depois de meia hora de pedidos e sem fugir do barulho, mãe e filho foram encaminhados para outro vagão e terminaram a viagem com mais calma.

Mais reclamação
Gabriela Silva também se incomodou com o barulho. Moradora em Curitiba, ela costuma levar amigos para o histórico passeio sob trilhos pelo litoral do Estado. “É a terceira vez que faço, mas desta vez foi difícil. Tivemos muitos problemas e culminou com este do fim de semana. Eu e meu pai saímos do trem com o barulho na cabeça. Eu irei formalizar a reclamação e, dependendo do que ocorrer, não irei mais”, afirmou Gabriela.

Após chegarem na Rodoferroviária, Carlos e Gabriela foram até o guichê da Serra Verde Express, responsável pelo passeio. “Alí foi um descaso, pois um homem pediu para eu reclamar via site. Sei que o procedimento pode ser este, mas educação e bom senso ajuda. Infelizmente, não posso recomendar o passeio. Adoro Curitiba, tenho amigos na capital e no interior, mas o trem deixou uma péssima imagem”, finalizou o morador de Porto Alegre.

O que diz a empresa
Em nota oficial enviada para a reportagem, a Serra Verde Express informa que o ruído observado no vagão de número 4 neste sábado (17), ainda que não seja desejado ou comum, é possível de ocorrer devido ao tipo de operação nos trilhos. A empresa informa que as outras questões mencionadas sobre o atendimento do cliente dentro e fora do trem estão sendo apuradas internamente.

Da Tribuna do Paraná

Deixe seu comentário!

Paraná

Número de crianças infectadas pela Covid cresce no Estado

Confirmações de casos somente de julho foram maiores que os quatro meses anteriores juntos.

Publicado

no

Por

O número de crianças infectadas pela Covid-19 tem crescido consideravelmente no Paraná. Dados da Secretaria de Estado da Saúde apontam que as confirmações de casos somente em julho foram maiores que os quatro meses anteriores juntos.

Dentre os casos confirmados, 1.640 foram apenas no mês de julho, mais de 56% do total, considerando os dados recebidos até sexta-feira (31/07).

Para o secretário estadual da Saúde, Beto Preto, o aumento no número de casos está relacionado também à testagem em massa. “O Governo do Estado tem ampliado a capacidade de testes do Paraná continuamente, isso faz com que os números cresçam, mas também permite que o atendimento a estes infectados seja feito de forma mais rápida e resolutiva”, disse.

Ainda de acordo com o secretário, este crescimento de confirmações entre crianças também pode estar ligado à quebra do isolamento por parte de familiares, visto que as aulas escolares presenciais estão suspensas.

“O índice de isolamento domiciliar no Estado está abaixo do necessário, então pode ser que nesta quebra de isolamento e com mais pessoas circulando os familiares possam estar levando este vírus para dentro de casa e infectando as crianças”, afirmou.

DADOS – Desde março quando houve a confirmação do primeiro caso de coronavírus no Paraná, o Estado registrou, até julho, 2.908 casos e duas mortes em crianças menores de 12 anos.

CASOS E MORTES POR MÊS
MARÇO –
5 casos (4 meninos e 1 menina) – 0,17%.

ABRIL – 42 casos (24 meninos e 18 meninas) – 1,44%.

MAIO – 189 casos (102 meninos e 87 meninas) – 1 morte (menino) – 6,50%.

JUNHO – 1.032 (603 meninos e 429 meninas) – 35,49%.

JULHO – 1.640 (848 meninos e 792 meninas) – 1 morte (menina) – 56,40%.

De acordo com a Regulação de Leitos do Paraná, atualmente 33 crianças estão internadas em leitos exclusivos pediátricos no Estado.

A diretora de Atenção e Vigilância em Saúde, Maria Goretti David Lopes, faz um alerta à população, ao apelar para que os pais e responsáveis cuidem de si e das suas crianças, pois elas não devem sair de casa. O adulto que precisar sair, precisa se cuidar.

“Esta doença pode ser transmitida para qualquer faixa etária, por isso pedimos para que aqueles que precisem sair usem máscara, mantenham as medidas de higiene para proteção de todos e, em especial, das crianças”, afirma.

Da Agência Estadual de Notícias
Continuar Lendo

Paraná

Nota Paraná vai distribuir premiação recorde de R$15 milhões

Valor é resultado dos sorteios de agosto, de julho e junho, que haviam sido adiados devido à pandemia.

Publicado

no

Por

O programa Nota Paraná comemora cinco anos de existência nesta segunda-feira (3). E, no mês do aniversário, vai distribuir uma premiação recorde no valor total de R$ 15 milhões.

O valor é resultado dos sorteios de agosto, e também os de julho e junho, que haviam sido adiados por conta da suspensão da Loteria Federal devido à pandemia. A cada mês, R$ 5 milhões são sorteados.

Para os cidadãos, o primeiro prêmio é de R$ 1 milhão – este mês, portanto, o Paraná terá três novos milionários. Serão sorteados ainda seis prêmios de R$ 200 mil, 300 prêmios de R$ 10 mil e 120 mil prêmios de R$ 10. Para as instituições cadastradas, o prêmio máximo é de R$ 20 mil.

Os sorteios serão no dia 11, próxima terça-feira.

REPASSES – Além do sorteio, o programa Nota Paraná devolve valores aos contribuintes que colocam seu CPF na nota ao fazer compras, ou para as entidades sociais cadastradas no programa e indicadas pelo cidadão.

O valor a ser devolvido em agosto será conhecido na próxima semana. Em julho foram devolvidos R$ 8 milhões; em junho, R$ 8,5 milhões; em maio, R$ 17 milhões; e em abril o valor chegou a R$ 20 milhões.

NÚMEROS IMPRESSIONAM – Para se ter uma ideia do que representa o programa nestes cinco anos, já foram distribuídos R$ 1,9 bilhão para consumidores e entidades paranaenses (entre valores sorteados e devolução de créditos). O valor corresponde a 30% do ICMS efetivamente recolhido nestas transações.

São 3,2 milhões de paranaenses cadastrados, 181 mil estabelecimentos comerciais cadastrados e 1.442 instituições beneficiadas.

“O Nota Paraná tem obtido grande sucesso junto à sociedade paranaense, consolidando a cultura de exigência do documento fiscal no ato da compra”, diz a auditora fiscal Marta Gambini, que coordena o programa desde a sua criação.

“Ao mesmo tempo que estabelece um ambiente de concorrência saudável no mercado, combate a sonegação e fortalece o Estado para o cumprimento de suas ações em diferentes áreas, como saúde, educação e segurança”, afirma.

COMO SE CADASTRAR – Para se cadastrar no Nota Paraná é só acessar o site www.notaparana.pr.gov.br clicar na opção “cadastre-se” e preencher os dados pessoais, como CPF, data de nascimento, nome completo, CEP e endereço para criação da senha pessoal.

Para participar dos sorteios é preciso fazer adesão no site.

Toda primeira compra no mês gera um bilhete ao participante do programa para os sorteios mensais, independentemente do valor gasto nas compras. Depois, cada R$ 200,00 em notas fiscais dá direito a um novo bilhete, com validade apenas para o sorteio do seu respectivo período.

Da Agência Estadual de Notícias
Continuar Lendo

Paraná

Parcelamento do IPVA de 2020 já está disponível

Pagamento pode ser feito em 6 vezes, com valor mínimo de parcela de uma UPF/PR.

Publicado

no

Por

A Secretaria de Fazenda disponibiliza desde quinta-feira (30) o parcelamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores – IPVA/2020, não inscrito em dívida ativa. A medida é inédita e foi possível graças à Lei 20.263/20, proposta pelo Executivo, aprovada pela Assembleia e sancionada na semana passada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior.

A iniciativa leva em conta as dificuldades causadas pela pandemia do novo coronavírus..

Até então, o parcelamento da dívida do imposto só era permitido no exercício seguinte ao vencimento. Nessa nova e excepcional oportunidade de regularização de tributos, o parcelamento do IPVA 2020 de veículos adquiridos até 31/12/2019 poderá ser feito em até 6 vezes, com valor mínimo de parcela de uma UPF/PR.

O pagamento da primeira parcela deverá ser no primeiro dia útil após a realização do parcelamento  – exceto no último dia útil do mês, quando o vencimento será no mesmo dia. As demais parcelas deverão ser pagas até o último dia útil dos meses seguintes.

Para a formalização do parcelamento, basta acessar o portal da Secretaria da Fazenda (www.fazenda.pr.gov.br), em “serviços rápidos”, menu “IPVA”, com o número do Renavam do veículo, e realizar a consulta.

A data limite para formalização desse parcelamento é 17/08/2020.

O pagamento das guias de parcelamento deve ser em um dos bancos credenciados: Banco do Brasil, Itaú, Bradesco, Sicredi, Bancoob, Rendimento e Santander.

Da Agência Estadual de Notícias
Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.