Ligue-se a nós

Paraná

Provas do concurso da Polícia Civil serão aplicadas em fevereiro de 2021

São 400 vagas ofertadas

Publicado

no

O edital publicado no Diário Oficial do Estado, na quinta-feira (19), confirma as novas datas do concurso da Polícia Civil do Paraná (PCPR), que oferta 400 vagas. As primeiras provas serão aplicadas em 21 de fevereiro de 2021 e o exame de conhecimento específico para delegado será em 11 de abril.

São ofertadas 50 vagas para delegado de polícia, 300 para investigador de polícia e 50 para papiloscopista. O edital com o novo cronograma, que foi definido em conjunto pela comissão do concurso e a banca examinadora da Universidade Federal do Paraná (UFPR), pode ser acessado AQUI.

O calendário foi finalizado após a provação de um plano de biossegurança junto à Secretaria de Estado da Saúde, em 9 de novembro. O plano foi desenvolvido pela UFPR e normatiza as regras sanitárias que deverão ser seguidas no certame.

Da Agência Estadual de Notícias

Deixe seu comentário!

Paraná

Paraná terá toque de recolher para conter alta nos casos de coronavírus

Novas medidas devem ser anunciadas na quarta-feira (2)

Publicado

no

Por

Para conter o avanço da Covid-19, o Governo do Paraná irá implantar um toque de recolher e estuda fechar praças e parques em todo o estado. As novas medidas devem ser publicadas até quarta-feira (2).

De acordo com boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) de segunda-feira (30), o Paraná registrou 277.424 casos e 6.099 óbitos pela infecção desde o início da pandemia do novo coronavírus.

O secretário de Saúde, Beto Preto, afirmou nesta terça-feira (01/12) que o toque de recolher deve funcionar das 23h às 5h para evitar a circulação do vírus. Apesar disso, o horário ainda não foi confirmado.

“É necessário que possamos interromper em alguns momentos a circulação de pessoas. Uma das hipóteses que está sendo colocada a partir de hoje ou amanhã é o toque de recolher. Há hipótese até de fechamento de praças, parques, diminuição de festejos de Natal e ano novo por parte dos entes públicos”, afirmou.

Beto Preto confirmou toque de recolher

Beto Preto salientou ainda que os servidores que atuam nas repartições públicas estaduais devem voltar a trabalhar no regime de home office. Além disso, o governo irá recomendar que os municípios e outras esferas do poder adotem a mesma medida.

“Queremos diminuir o trânsito de pessoas. Precisamos tentar mais uma vez o isolamento social, uso de máscara e principalmente o distanciamento”, disse.

Segundo dados da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), o estado somou mais 56.156 casos e 628 mortes provocadas pelo coronavírus no mês de novembro.

Enquanto o número de mortes sofreu queda na comparação com outubro, o número de casos dobrou, conforme o levantamento.

LEITOS NOS HOSPITAIS

Em entrevista ao Bom Dia Paraná, da RPC TV, Beto Preto afirmou que a rede estadual de saúde está reativando leitos nas alas Covid-19 dos hospitais para atender a demanda.

O secretário estadual de Saúde reforçou que não há falta de assistência, mas disse que a rede pública está chegando ao limite da capacidade de atendimento.

“Estamos trabalhando para ampliar leitos. Estamos negociando com os hospitais e vamos colocar mais leitos. Vamos ampliar ou garantir a transferência de pacientes. Se não fizermos o nosso dever de casa é muito possível que falte leito no hospital. E não é porque deixamos de ofertar, mas é porque a rede está no limite”, afirmou.

Continuar Lendo

Paraná

Estado disponibilizará curso gratuito de inglês para 500 estudantes

Programa de Intercâmbio Internacional será lançado em breve

Publicado

no

Por

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte do Paraná disponibilizará aulas gratuitas de inglês para 500 estudantes do Ensino Médio da rede estadual que forem selecionados para participar do Programa de Intercâmbio Internacional Ganhando o Mundo, que será lançado em breve pela pasta.

A oferta do curso é resultado de um convênio entre a secretaria e a Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, responsável pela disponibilização das aulas.

O curso, que acontecerá ao longo do primeiro semestre de 2021, será na modalidade a distância (EaD) e em formato autoinstrutivo, baseado em desafios que consideram a perspectiva da aprendizagem por vivência social e cultural.

Assim, os estudantes poderão estar preparados para as experiências reais que vivenciarão durante o intercâmbio. O curso tem, ao todo, seis módulos de 40 horas cada um, totalizando 240 horas.

GANHANDO O MUNDO  Em sua primeira edição, o programa de intercâmbios Ganhando o Mundo selecionará, por meio do critério de notas, 500 estudantes do Ensino Médio da rede estadual para estudar durante um semestre em um país de língua inglesa: Estados Unidos, Canadá, Austrália ou Nova Zelândia.

Entre os 500 aprovados haverá pelo menos um de cada município dos 399 municípios paranaenses, além de vagas para estudantes beneficiários do Bolsa Família.

Todos os selecionados terão, obrigatoriamente, que concluir e serem aprovados no curso de língua inglesa ofertado pela Secretaria da Educação.

Além do desenvolvimento das habilidades linguísticas, outros objetivos previstos pelo programa são a contribuição com a formação integral dos estudantes e a consequente transformação social.

Da AEN
Continuar Lendo

Paraná

PSS da Educação registra 12 mil inscritos e prazo encerra na segunda-feira

Os interessados podem se inscrever até às 18 horas do dia 23

Publicado

no

Por

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte registrou, na quarta-feira (18), 12 mil inscritos no edital do Processo Seletivo Simplificado (PSS). O número foi alcançado uma semana após o início do período de inscrições, na quarta passada (11).

O processo conta com candidatos de todas as regiões do Brasil. Os dados são do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), empresa responsável pelo PSS 2021.

O processo prevê a contratação de pelo menos 4 mil profissionais para lecionar no ano letivo de 2021, com possibilidade de ampliação. Os interessados podem se inscrever até as 18h do dia 23 de novembro. (link abaixo)

Neste ano, o processo seletivo tem algumas mudanças. Será aplicada uma prova de conhecimento da área em que o candidato se inscreveu e em que pretende dar aula.

O tempo de serviço e a prova de títulos – critérios utilizados em anos anteriores – continuam compondo parte importante do processo de seleção.

Originalmente, estavam planejadas redação e banca avaliativa, mas após amplo diálogo com os professores foi decidido pela não utilização desses formatos de avaliação.

“Estamos aprimorando o processo de seleção dos profissionais da nossa rede, ao mesmo tempo em que mantemos a valorização dos profissionais que já contam com uma titulação e experiência, e que compartilham de uma caminhada com a gente”, disse o secretário estadual da Educação e do Esporte, Renato Feder.

Cada candidato deve se inscrever em apenas um Núcleo Regional de Educação (NRE), podendo optar por até dois municípios do núcleo. Na sequência, é permitido escolher uma ou duas funções, disciplinas, áreas do conhecimento ou eixos da educação profissional.

O edital e os comunicados contêm mais informações sobre as ofertas.

Para participar, os candidatos deverão pagar taxa que varia de R$ 60 (para uma disciplina) a R$ 105 (para duas disciplinas).

As provas serão aplicadas em 13 de dezembro nas cidades-sede dos Núcleos Regionais de Educação. No dia da avaliação serão adotadas normas rígidas de prevenção da Covid-19, seguindo protocolo da empresa que organiza a prova, além de determinações da Secretaria de Estado da Saúde.

TÍTULOS – Para facilitar as inscrições, o candidato deverá cadastrar seus documentos em ambiente virtual, que vai permitir anexação dos títulos. Esses documentos vão representar até 40 pontos do processo de seleção, valendo diplomas de pós-graduação, como de especialização, mestrado ou doutorado.

A prova de títulos vai compreender também o tempo de serviço. Cada ano de magistério vai contar três pontos, com o máximo de 21 pontos, dentro de um total de 40.

O número de questões das provas vai depender da quantidade de disciplinas/eixos tecnológicos selecionados na inscrição. O tempo máximo para realização da prova também vai variar de conforme as opções selecionadas na inscrição.

GRUPOS DE RISCO – Parte dos profissionais selecionados substituirá professores do grupo de risco da Covid-19 sem possibilidade de atuar presencialmente. Entretanto, a prova e a seleção estão abertas a todos os profissionais, inclusive aos candidatos do grupo de risco.

A realização da prova seguirá todo o protocolo de segurança determinado pela Secretaria de Estado da Saúde. A classificação do profissional do grupo de risco está garantida e mantida. Ele será chamado assim que acabar a situação emergencial da pandemia.

CLIQUE AQUI para se inscrever.

Da AEN
Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.