Ligue-se a nós

Paraná

Jogos de Aventura e Natureza vão movimentar o turismo do Paraná

LANÇAMENTO SERÁ DIA 23 DESTE MÊS

Publicado

no

Agora Litoral
Natureza, esporte, aventura, turismo e cultura, tudo misturado. Essa é a essência dos Jogos de Aventura e Natureza, evento que vai movimentar o Paraná de ponta a ponta a partir de agosto. Dividido em cinco etapas, as ações esportivas seguem até dezembro, abrangendo três regiões e 26 municípios do Estado, área com uma população estimada de 830 mil habitantes. O lançamento será feito pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, dia 23 de julho.

MODALIDADES
Os Jogos reunirão 29 modalidades: pesca esportiva, bodyboard, canoagem, iatismo, stand up paddle, triathlon, canoa havaiana, wakeboard, surf, paraquedismo, parapente, balonismo, futevôlei, beach tênis, beach soccer, vôlei de praia, BMX, mountain bike, cicloturismo, jeep, rally, corrida de rua, slackline, escalada, skate, rugby, corrida de aventura, cross country e hand beach. A expectativa é a participação de 3 mil atletas por etapa, com 20 mil pessoas envolvidas.

“É um projeto inovador e arrojado, que coloca o esporte como uma das pontas de lança para o desenvolvimento do turismo do Paraná”, diz o governador Carlos Massa Ratinho Junior. “Os jogos vão evidenciar a riqueza natural do nosso estado, atrair atletas e visitantes e movimentar a economia”, afirma.

Os Jogos de Aventura e Natureza se incluem nas iniciativas do Governo do Estado para alcançar a meta de transformar o turismo em uma das principais matrizes econômicas do Estado. “O desenvolvimento deste setor é a forma mais barata de ampliar a geração de empregos. O Paraná nunca trabalhou o turismo de forma organizada e planejada, nunca usou seu potencial para fazer desse setor uma grande matriz econômica”, enfatiza Ratinho Junior.

Foto: Thiago Chas

VOCAÇÃO ESPORTIVA – Para o presidente da Esporte Paraná, Helio Wirbiski, os Jogos são uma oportunidade de desenvolver a vocação esportiva de cada localidade e ainda fomentar o turismo. “A ideia é movimentar os municípios, especialmente na baixa temporada, para que se gere renda. É uma vontade do governador Ratinho Junior desenvolver as regiões do Estado por meio do esporte, do turismo e da cultura”, disse.

“Vamos mostrar o Paraná por inteiro, do Litoral ao Interior, um turismo itinerante que passa por várias cidades. E com isso incrementar a economia, o turismo e o comércio”, ressalta João Jacob Mehl, presidente da Paraná Turismo.

Foto: Beto Pacheco

ESTREIA – A abertura ocorre no Litoral, entre os dias 10 e 19 de agosto. Os Jogos se dividem em três categorias: competição, apresentação e participação. A de competição reúne modalidades cujas inscrições são feitas via federações esportivas, muitas delas com premiações em dinheiro – além de troféus e medalhas.

“O valor de inscrição do atleta, para as modalidades que assim definirem, será revertido em premiação”, confirmou o coordenador dos Jogos, Tiago Campos, que ainda salientou: “essa parceria com as federações é fundamental para o fortalecimento do sistema esportivo paranaense e ainda permite prestigiar os atletas e atrair competidores de alto nível”.

A comunidade local também poderá participar diretamente do evento, em clínicas disponibilizadas em diversas modalidades, a exemplo do de stand up paddle, escalada, rugby, skate e slackline. Haverá ainda esportes de apresentações, caso do paraquedismo, balonismo, parapente e wakeboard.

Após a etapa de estreia, os Jogos migram para o outro lado do Paraná, a chamada Região dos Municípios Lindeiros, no Oeste. De 7 a 15 de setembro, será realizado nos municípios entre Guaíra e Entre Rios do Oeste. A terceira etapa, também no Oeste, será de 28 de setembro a 06 de outubro, na região entre Santa Helena e Foz do Iguaçu.

Depois disso, os Jogos voltam para o Litoral para a quarta fase, de 19 a 27 de outubro, fechando o cronograma em dezembro, em outra região, a Angra Doce, no Norte Pioneiro, de 23 de novembro a 1º de dezembro.

“Queremos que conheçam o potencial e as belezas do Paraná. Que os atletas e seus parentes, depois de competir, possam voltar para passar férias”, afirma Tiago Campos.

Foto Vinicius Araujo

CULTURA – Os Jogos de Aventura e Natureza têm também por premissa a valorização da cultura paranaense. Por isso, a cada etapa haverá shows de bandas e artistas locais, com atividades de recreação, culturais, de lazer e saúde. Na abertura, dia 10 de agosto, acontecem shows da Banda Que Voa, Milk N’ Blues e Denorex 80.

COMUNIDADE – A população local também poderá participar e até competir nos Jogos. Haverá eventos de cicloturismo, stand up paddle, slackline, entre outros, cujas inscrições serão feitas no momento do evento.

CIDADES – Região Angra Doce: Siqueira Campos, Salto do Itararé, Carlópolis, Ribeirão Claro e Jacarezinho; Região dos Municípios Lindeiros: Diamante D’Oeste, Entre Rios do Oeste, Foz do Iguaçu, Guaíra, Itaipulândia, Marechal Cândido Rondon, Medianeira, Mercedes, Missal, Pato Bragado, Santa Helena, Santa Terezinha do Itaipu, São José das Plameiras, São Miguel do Iguaçu e Terra Roxa; Litoral: Antonina, Guaratuba, Matinhos, Morretes, Paranaguá e Pontal do Paraná.

Da AEN
Anúncio
Clique para comentar

Deixe um comentário!

Paraná

Pai mata suspeito de sequestrar e amordaçar a filha de 13 anos

Assassinato foi na noite de terça-feira (19)

Publicado

no

Por

Um jovem de 19 anos foi morto com quatro tiros na noite de terça-feira (19), no bairro São Gerônimo, em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba.

Segundo informações de policiais militares, Anderson Alves da Silva teria amordaçado, sequestrado e ferido uma adolescente de 13 anos com uma faca.

O pai da adolescente, então, perseguiu o carro onde o casal estava e atirou no rapaz. Há informações de que o jovem namorava a garota e estava em surto psicótico.

Quando chegaram ao local, os policiais já encontraram Anderson sem vida.

Continuar Lendo

Paraná

Motorista fica ferido em acidente na 277

Colisão entre caminhões foi na madrugada de hoje

Publicado

no

Por

Motorista ficou preso nas ferragens

Um acidente envolvendo dois caminhões, na madrugada desta quarta-feira (20), deixou uma pessoa ferida, na BR-277, em Balsa Nova, na região metropolitana de Curitiba. A colisão traseira aconteceu na pista sentido Ponta Grossa. A pista ficou interditada para o atendimento da vítima.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu por volta de 00h30. Um caminhão, que estava carregado com farinha, seguia em baixa velocidade pela pista da direita, quando outro caminhão, que seguia atrás e carregado com hortifrutigranjeiros, colidiu contra a traseira.

O motorista do caminhão que estava atrás ficou preso às ferragens, mas foi socorrido e encaminhado ao Hospital do Rocio com ferimentos leves.

A pista foi totalmente liberada por volta das 3 horas.

A PRF divulgou um vídeo:

Continuar Lendo

Paraná

Saúde confirma mais dois macacos mortos por febre amarela no Paraná

Casos foram registrados na região de Castro

Publicado

no

Por

Foto: Divulgação Sesa

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou nesta terça-feira (19) dois novos casos de macacos mortos por infecção do vírus da febre amarela no município de Castro, região dos Campos Gerais. As mortes aconteceram em 31 de outubro e em 1º de novembro, mas estavam em investigação. Castro já havia registrado outra morte no dia 26 de setembro.

“Os casos de morte de macacos sinalizam a presença do vírus da doença na região e alertam para a necessidade de se tomar a vacina contra a doença. As mortes em Castro chamam a atenção, pois é o terceiro caso confirmado neste período sazonal, de julho para cá”, disse o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

Segundo ele, a Secretaria da Saúde orienta a população da região e de todo o Estado sobre a importância de estar imunizado contra a febre amarela. “A vacina está disponível em todas as unidades de saúde; a dose é única e a pessoa fica protegida para toda a vida”, afirmou.

NÚMEROS – O Paraná registra de 1º de julho até agora 117 notificações de epizootias (doenças animais): 52 estão sendo investigadas, 31 por causas indeterminadas e outras 31 foram descartadas para a febre amarela. “Deste total de notificações, 19 estão em Castro e a região de Ponta Grossa soma 38”, diz o técnico da Divisão de Vigilância Ambiental da Secretaria, Ronaldo Trevisan.

Trevisan ressalta ainda que os macacos não são transmissores da febre amarela. “Como os humanos, eles também são contaminados pelo vírus”.

Em relação a casos da febre amarela em humanos neste período sazonal, a Divisão de Doenças Transmitidas por Vetores informa que são 37 casos notificados até a data de hoje. Nenhum caso da doença em humanos foi confirmado; dez casos estão em investigação e 27 foram descartados.

VACINA – A vacina contra a febre amarela faz parte do Calendário Nacional de Vacinação e deve ser recebida no nono mês de vida. Quem não foi vacinado nesta faixa etária, pode procurar uma unidade de saúde para a receber a dose.

Ronaldo Trevisan afirma que a Secretaria intensifica a vacinação no Estado e neste momento faz busca ativa verificando as cadernetas de vacinação de todos os usuários que procuram os postos de saúde. A recomendação é para que seja ofertada a vacina da febre amarela para quem ainda não está imunizado. “A vacina é a única forma de evitar a doença”, acrescenta.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.