Ligue-se a nós

Paraná

Convênios vão beneficiar mais de 100 municípios

CIDADES DO LITORAL ESTÃO NA LISTA

Publicado

no

Agora Litoral
O vice-governador Darci Piana e o secretário estadual da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, assinaram na quarta-feira (15), em Curitiba, convênios que beneficiam mais de 100 municípios e instituições. Convênios foram firmados durante evento no Teatro Guaíra em comemoração ao Dia Internacional da Família, e vão atender milhares de famílias em todo Estado. Participou também do evento a primeira-dama Luciana Saito Massa.

Os recursos vão permitir os repasses do Fundo da Infância e da Adolescência (FIA) para ações voltadas à proteção, garantia e defesa de crianças e adolescentes do Paraná; para o fortalecimento das ações voltadas à primeira infância e a expansão de vagas para acolhimento de crianças, adolescentes e jovens até 21 anos.

Foi assinado também o termo aditivo para requalificação urbana com municípios do programa Família Paranaense e a retomada do programa Caixa D’água, que beneficiará inicialmente cerca de 1,7 mil famílias.

De acordo com o secretário Ney Leprevost, os convênios com municípios que viabilizam recursos para famílias em situação de vulnerabilidade social são uma determinação do governador Ratinho Júnior para melhorar a qualidade de vida da população paranaense. O secretário apresentou a estrutura de toda a pasta com a palestra sobre “A inclusão social da família através da justiça e da cidadania”.

Para o vice-governador Darci Piana, a família é a sustentação de tudo, e esses recursos vão beneficiar aqueles que mais precisam, no intuito de amenizar as dificuldades e favorecer a população com moradia, saúde, educação oportunidade e cidadania.

BENEFÍCIOS – Um deles é um termo de fomento com Organizações da Sociedade Civil (OSCs) que prevê repasses do Fundo da Infância e da Adolescência (FIA) para ações voltadas à proteção, garantia e defesa de crianças e adolescentes no Paraná.

O valor chega a R$ 915 mil. Serão beneficiadas as seguintes instituições: Associação Beneditina da Providência Casa de Nazaré, Hospital Nossa Senhora das Graças – Mater Dei, Associação de Proteção à Maternidade, à Infância e à Família de Cambira, Centro de Atendimento Especial à Criança e ao Adolescente de Paranavaí, Associação Antônio e Marcos Cavanis – Casa da Criança e do Adolescente Padre Livio Dionati, Filarmônica Antoninense, Associação de Apoio à Criança e ao Adolescente (Acrica); Associação de Proteção à Maternidade e à Infância de Santa Mariana e Apae de Clevelândia.

Foi anunciado o termo que prevê o repasse de R$ 1,2 milhão, na modalidade fundo a fundo, para fortalecimento das ações que atendam a primeira infância nos municípios. Inicialmente, serão beneficiados com recursos as prefeituras de Corbélia, Matelândia, Jataizinho, Ribeirão do Pinhal, Agudos do Sul, Contenda, Salto do Lontra, Inácio Martins, Rio Azul, Cândido de Abreu, Faxinal, Tamarana, Antonina, Clevelândia, Ivaí e General Carneiro.

Também foi assinado um termo aditivo que permitirá a prorrogação do prazo de execução de convênios com o Hospital Pequeno Príncipe e com a Associação Paranaense de Apoio à Criança com Neoplasia (APACN).

Outra assinatura atende a deliberação do Conselho Estadual de Assistência Social (Ceas) e prevê R$ 300 mil para a expansão de vagas para acolhimento de crianças, adolescentes e jovens até 21 anos. Serão beneficiados os municípios de Araucária, Assis Chateaubriand, Campo Largo, Campo Mourão, Cascavel, Castro, Colombo, Curitiba, Faxinal, Fazenda Rio Grande, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Guarapuava, Guaratuba, Ibaiti, Irati, Palotina, Pato Branco, Ponta Grossa, Prudentópolis, Rio Branco do Sul e São Mateus do Sul.

Ao município de Mandirituba, localizado na região Centro-Sul do Estado, foi repassado um veículo adaptado com recursos do programa Família Paranaense. De acordo com o prefeito Luis Antonio Biscaia, o município já foi contemplado com o Paraná Cidadão e hoje recebe uma van adaptada para uso da população. “Mandirituba só agradece, pois com a parceria do Governo do Estado podemos levar diversos serviços e benefícios aos nossos moradores”, disse Biscaia.

REQUALIFICAÇÃO URBANA – Também foi assinado termo aditivo para requalificação urbana com municípios do programa Família Paranaense para a construção de unidades habitacionais no valor de R$ 34 milhões para os seguintes municípios: Barbosa Ferraz, Bituruna, Coronel Vivida, Corumbataí do Sul, Fernandes Pinheiro, Francisco Alves, Itapejara do Oeste, Manfrinópolis, Mangueirinha, Manoel Ribas, Marilândia do Sul, Novo Itacolomi, Quinta do Sol, Salgado Filho, Sengés, Teixeira Soares, Wenceslau Braz, Xambrê e Rebouças.

Segundo o prefeito de Mangueirinha, Elídio Zimemrman de Moraes, todos os projetos que vêm ao encontro das necessidades da população mais carente são fundamentais e necessárias para quem mais precisa. “Esses recursos vão fazer a diferença para nossa população com toda certeza”, disse o prefeito.

CAIXA D’ÁGUA – Com a Sanepar, a Secretaria assinou a retomada do programa “Caixa D’água”, que prevê R$ 15 milhões para a instalação do equipamento em casas de famílias atendidas pelo programa Família Paranaense. Inicialmente, o projeto vai atender cerca de 1,7 mil famílias paranaenses nos seguintes municípios: Almirante Tamandaré, Barbosa Ferraz, Bocaiúva do Sul, Campina da Lagoa, Campo do Tenente, Cândido de Abreu, Cantagalo, Castro, Catanduvas, Cerro Azul, Clevelândia, Contenda, Coronel Vivida, Corumbataí do Sul, Crujz Machado, Faxinal, Figueira, General Carneiro, Guaíra, Guapirama, Guaraqueçaba, Guaratuba, Imbaú, Imbituva, Inácio Martins, Inajá, Ipiranga, Iretama, Itaperuçu, Ivaí, Jardim Alegre, Laranjal, Lunardeli, Mandirituba, Mangueirinha, Marilândia do Sul, Mato Rico, Mauá da Serra, Moreira Salles, Nova Cantu, Ortigueira, Palmas, Palmital, Pinhão, Piraí do Sul, Piraquara, Pitanga, Prudentópolis, Rebouças, Reserva, Ribeirão do Pinhal, Rio Azul, Rio Branco do Sul, Roncador, Salto do Itararé, Santa Maria do Oeste, Santana do Itararé, Santo Antônio do Sudoeste, São João do Caiuá, São José da Boa Vista, São Sebastião da Amoreira, Sengés, Tamarana, Teixeira soares, Tibagi, Tijucas do Sul, Três Barras do Paraná, Tunas do Paraná, Turvo, Ventania e Vera Cruz do Oeste.

CAPACITAÇÃO – Foram firmados protocolos de intenção com municípios para cursos de qualificação por meio do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE). Além disso, uma parceria entre a Secretaria da Justiça e a Fomento Paraná permitirá que os prestadores de serviço de todo o Estado possam solicitar informações sobre linhas de crédito por meio do aplicativo Paraná Serviços.

INFÂNCIA E JUVENTUDE – No evento, o procurador de Justiça do Ministério Público do Paraná, Olympio de Sá Sotto Maior, especialista na área de infância e juventude, fez uma palestra dando enfoque ao evento da secretaria. “É uma proposta da inclusão das famílias por meio da justiça social e cidadania, por isso é bom que o Estado possa desenvolver políticas públicas capazes de interferir positivamente nas relações familiares”, disse.

Da AEN
Anúncio
Clique para comentar

Deixe um comentário!

Paraná

Pai mata suspeito de sequestrar e amordaçar a filha de 13 anos

Assassinato foi na noite de terça-feira (19)

Publicado

no

Por

Um jovem de 19 anos foi morto com quatro tiros na noite de terça-feira (19), no bairro São Gerônimo, em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba.

Segundo informações de policiais militares, Anderson Alves da Silva teria amordaçado, sequestrado e ferido uma adolescente de 13 anos com uma faca.

O pai da adolescente, então, perseguiu o carro onde o casal estava e atirou no rapaz. Há informações de que o jovem namorava a garota e estava em surto psicótico.

Quando chegaram ao local, os policiais já encontraram Anderson sem vida.

Continuar Lendo

Paraná

Motorista fica ferido em acidente na 277

Colisão entre caminhões foi na madrugada de hoje

Publicado

no

Por

Motorista ficou preso nas ferragens

Um acidente envolvendo dois caminhões, na madrugada desta quarta-feira (20), deixou uma pessoa ferida, na BR-277, em Balsa Nova, na região metropolitana de Curitiba. A colisão traseira aconteceu na pista sentido Ponta Grossa. A pista ficou interditada para o atendimento da vítima.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu por volta de 00h30. Um caminhão, que estava carregado com farinha, seguia em baixa velocidade pela pista da direita, quando outro caminhão, que seguia atrás e carregado com hortifrutigranjeiros, colidiu contra a traseira.

O motorista do caminhão que estava atrás ficou preso às ferragens, mas foi socorrido e encaminhado ao Hospital do Rocio com ferimentos leves.

A pista foi totalmente liberada por volta das 3 horas.

A PRF divulgou um vídeo:

Continuar Lendo

Paraná

Saúde confirma mais dois macacos mortos por febre amarela no Paraná

Casos foram registrados na região de Castro

Publicado

no

Por

Foto: Divulgação Sesa

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou nesta terça-feira (19) dois novos casos de macacos mortos por infecção do vírus da febre amarela no município de Castro, região dos Campos Gerais. As mortes aconteceram em 31 de outubro e em 1º de novembro, mas estavam em investigação. Castro já havia registrado outra morte no dia 26 de setembro.

“Os casos de morte de macacos sinalizam a presença do vírus da doença na região e alertam para a necessidade de se tomar a vacina contra a doença. As mortes em Castro chamam a atenção, pois é o terceiro caso confirmado neste período sazonal, de julho para cá”, disse o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

Segundo ele, a Secretaria da Saúde orienta a população da região e de todo o Estado sobre a importância de estar imunizado contra a febre amarela. “A vacina está disponível em todas as unidades de saúde; a dose é única e a pessoa fica protegida para toda a vida”, afirmou.

NÚMEROS – O Paraná registra de 1º de julho até agora 117 notificações de epizootias (doenças animais): 52 estão sendo investigadas, 31 por causas indeterminadas e outras 31 foram descartadas para a febre amarela. “Deste total de notificações, 19 estão em Castro e a região de Ponta Grossa soma 38”, diz o técnico da Divisão de Vigilância Ambiental da Secretaria, Ronaldo Trevisan.

Trevisan ressalta ainda que os macacos não são transmissores da febre amarela. “Como os humanos, eles também são contaminados pelo vírus”.

Em relação a casos da febre amarela em humanos neste período sazonal, a Divisão de Doenças Transmitidas por Vetores informa que são 37 casos notificados até a data de hoje. Nenhum caso da doença em humanos foi confirmado; dez casos estão em investigação e 27 foram descartados.

VACINA – A vacina contra a febre amarela faz parte do Calendário Nacional de Vacinação e deve ser recebida no nono mês de vida. Quem não foi vacinado nesta faixa etária, pode procurar uma unidade de saúde para a receber a dose.

Ronaldo Trevisan afirma que a Secretaria intensifica a vacinação no Estado e neste momento faz busca ativa verificando as cadernetas de vacinação de todos os usuários que procuram os postos de saúde. A recomendação é para que seja ofertada a vacina da febre amarela para quem ainda não está imunizado. “A vacina é a única forma de evitar a doença”, acrescenta.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.