Ligue-se a nós

PARANÁ

Polícia Civil prende suspeitos de praticar golpe do bilhete premiado

Na ação, foi apreendido um veículo em Maringá e recuperado cerca de R$ 35 mil de uma das vítimas em Guarapuava

Publicado

no

Imagem ilustrativa

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu dois suspeitos de estelionato e apreendeu um veículo, na quarta-feira (23/03), em Maringá, região Noroeste do Estado. Os indivíduos teriam aplicado o golpe do bilhete premiado.

Na quinta-feira (24/03), a Polícia Civil do Rio Grande do Sul, com auxílio da PCPR, prendeu um suspeito com mandado de prisão em aberto. Anteriormente outros suspeitos do crime também foram presos.

No dia 24 de fevereiro a PCPR prendeu em flagrante três suspeitos de estelionato e recuperou aproximadamente R$ 35 mil de uma vítima que caiu no golpe do bilhete premiado, em Guarapuava, na região Sul do Estado. O golpe teria sido feito na mesma data. Na ocasião, os golpistas subtraíram R$ 47 mil de uma vítima. Entretanto, a PCPR conseguiu bloquear e recuperar R$ 35 mil que foram enviados para uma casa de câmbio em Campinas/SP.

Durante essa ação foram apreendidos ainda um veículo, máquinas de cartões, celulares, dinheiro e objetos pessoais. Outros dois estelionatários conseguiram fugir durante a abordagem policial.

GOLPE – O golpe do bilhete premiado acontece quando uma vítima é abordada em via pública, o estelionatário se passa por uma pessoa humilde e fala que possui um bilhete premiado. Em seguida, outros golpistas aparecem e simulam uma ligação para o gerente de um banco que confirma o suposto bilhete como verdadeiro.

Após isso, os golpistas convencem a vítima a transferir valores, entregar cartões e outros itens financeiros para o falso vencedor como garantia para o recebimento do prêmio. A vítima, nesses casos, acredita que irá ficar com parte do prêmio.

A PCPR orienta que as pessoas que estejam atentas a esse tipo de abordagem e também a vantagens fáceis e ofertas irreais feitas por desconhecidos.

PARANÁ

Criança de três anos morre afogada após cair em máquina de lavar roupa

Caso foi registrado no sábado (7), em Cascavel, no Oeste do estado.

Publicado

no

Por

Uma criança de três anos morreu afogada após cair em uma máquina de lavar roupas. A menina foi encontrada por sua madrasta caída dentro da máquina, a qual estava com água. Ela retirou a criança do eletrodoméstico e gritou por socorro. O caso foi registrado no sábado (7/5) em Cascavel, no oeste do Paraná.

Os primeiros atendimentos foram na calçada em frente ao prédio onde a família mora. Os socorristas realizaram massagem cardíaca por mais de uma hora. Em seguida a menina foi levada para o interior da UTI móvel para ser encaminhada ao Hospital, mas não resistiu.

Familiares e vizinhos se uniram em orações durante os atendimentos à vítima no local.

A mãe da criança passou mal por conta da situação e o pai chegou a desmaiar. Os dois também precisaram ser socorridos. Conforme informações, a menina estava em companhia da madrasta e o pai havia recém saído de casa.

Do Catve

Continuar Lendo

PARANÁ

Leilão online com mais de 300 veículos está aberto para lances até 23 de fevereiro

São 301 motocicletas e automóveis divididos em 294 lotes

Publicado

no

Por

Foto: Divulgação/AEN

O novo leilão de veículos e sucata de veículos inservíveis, realizado pela Secretaria da Administração e da Previdência, que foi iniciado na segunda-feira (14/2) terá encerramento a partir das 9 horas dos dias 21, 22 e 23 de fevereiro, de acordo com o lote.

No total são 301 veículos divididos em 294 lotes, que vão de motocicletas com lances a partir de R$ 245,70 a automóveis com valores iniciais a partir de R$ 442,50.

Esses três lotes estão nos municípios de Marialva (lotes 01 ao 205); Londrina (lotes 206 ao 280 e 285 ao 294); e Maringá (lotes 281 ao 284). Mais informações também podem ser obtidas por meio do site do leiloeiro.

Em caso de dúvidas, entrar em contato com o leiloeiro oficial, Joacir Monzon Pouey, pelos seguintes números: (41) 99555-7864 / (41) 98505-5505, das 9h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira.

Continuar Lendo

PARANÁ

Saúde confirma mais 1.313 casos e seis óbitos pela Covid-19 no Paraná

Estado soma 1.549.090 casos e 40.291 mortos pela doença desde o início da pandemia

Publicado

no

Por

A secretaria estadual da Saúde (Sesa) divulgou neste domingo (31) mais 1.313 casos confirmados e seis mortes em decorrência da Covid-19 no Paraná. Os dados acumulados do monitoramento mostram que o Paraná soma 1.549.090 casos e 40.291 mortos pela doença, desde o início da pandemia.

Os casos confirmados divulgados neste domingo são de outubro (732), setembro (312), agosto (112), julho (56), junho (57) e maio (44) de 2021. Os óbitos são de outubro (4), agosto (1) e junho (1) de 2021.

Litoral tem 43.307 casos e 1.181 óbitos desde o início da pandemia

O Litoral do Paraná registra 43.307 casos e 1.181 óbitos desde o início da pandemia da Covid-19. Desse total, 41.866 já se recuperaram da doença.

INTERNADOS PARANÁ – Há 359 pacientes com diagnóstico confirmado internados. São 289 pacientes em leitos SUS (178 em UTI e 111 em enfermaria) e 70 em leitos da rede particular (43 em UTI e 27 em enfermaria).

Há outros 1.010 pacientes também internados: 574 em leitos UTI e 436 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão na rede pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

ÓBITOS – Os seis pacientes que tiveram falecimento relatado no informe são três mulheres e três homens, com idades que variam de 41 a 79 anos. Os óbitos ocorreram entre 14 de junho a 29 de outubro de 2021. Os pacientes residiam em Ponta Grossa (2) e um em cada um dos municípios de Curitiba, Cascavel, Campo Mourão e Araucária.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento registra 6.193 casos de residentes de fora do Estado, sendo que 218 pessoas foram a óbito.

Confira relatórios de exclusões e de correções de municípios

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.