Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Notícias

Tribunal do Júri condena acusados de brutal homicídio em Paranaguá

LETÍCIA E JHONATA NO BANCO DOS RÉUS

Agora Litoral
Reunido nesta terça-feira (4), o Tribunal do Júri condenou à prisão os dois acusados de um homicídio ocorrido em Paranaguá no mês de abril de 2018.

O Tribunal do Júri foi presidido pela Juiza Cíntia Graeff, tendo na acusação a Promotora de Justiça Rosângela Rodrigues Strapasson, e na defesa dos acusados os advogados Ali Ahmad El Laden (Jhonata) e Felipe Strapasson (Letícia).

Letícia dos Santos Porto Marques, de 20 anos, e Jhonata Fragoso Padovany, de 26, foram condenados a 10 e 33 anos, respectivamente, pelo assassinato de Guilherme Galan Constantino, ocorrido na calçada da panificadora Pão e Vinho, no Centro da cidade.

A pena de Jhonata foi cumulativa, visto que ele, um dia após o homicídio de Guilherme, assassinou Kelvin Mendes dos Santos, de 19 anos – que havia ajudado a tirar Guilherme do interior da panificadora para Letícia matá-lo. A morte de Kelvin ocorreu na carceragem da 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá.

RELEMBRE O CASO

Acusados de matar homem em frente a Pão e Vinho vão a Júri Popular

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios